a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Duas Caras novas e uma ...

Domingo , Mai 31 2020
136

Paolo Dias vai reforçar ...

Sábado , Mai 30 2020
195

Luís Viana " Zorro " ...

Sábado , Mai 30 2020
242

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58777

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26629

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21236

TP- Sintra ameaçou mas ...

Sábado , Fev 14 2015
1289

Pedro Sampaio: "Estava ...

Domingo , Mai 08 2016
1523

"Plantel de hóquei em ...

Terça-feira , Jun 05 2018
2344

pluri unhas J

img 920x5182020 03 25 15 13 32 1679165

O Internacional Argentino explicou como é viver em Portugal onde as pessoas respeitam a quarentena, numa entrevista feita ao "Diário de Cuyo" e que o Jornal "Record" transcreve.
Lucas Ordoñez vive em Portugal com a família na qual se inclui a mulher Letícia Corrales, também ela jogadora do Benfica. O hoquista argentino abordou a forma como está viver o momento de combate à pandemia do novo coronavírus, deixadas para trás as competições nacionais.
"Até à paragem estávamos em primeiro no campeonato a faltar sete jornadas para o fim, mas agora deixo de lado o aspeto desportivo, isso não importa muito agora. Temos de dar primazia à saúde", vincou o jogador em declarações ao 'Diário de Cuyo' onde enalteceu a forma como os portugueses estão a encarar a quarentena obrigatória.
"As pessoas estão a encarar isto de uma forma muito séria, respeitam muito. Temos todos a ganhar, esta é a final mais dura que se pode jogar mas temos de dar o nosso contributo e o que podemos fazer é ficar em casa. Nós estamos bem e sem sintomas, que é o mais importante. Estamos há 14 dias em casa e há uma semana que não vou à rua, só fui para fazer compras. Respeito a quarentena sobretudo pela minhas filhas. Temos feito jogos e coisas que possam englobar os três e que não nos aborreça. São crianças mas seguramente quando forem crianças vão perceber", vincou Ordoñez, de 31 anos.

Fonte- Jornal “Record” * Foto – Fernando Ferreira / Jornal “Record”

1 Segunda