a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“Carlitos” Silva assina ...

Sexta-feira , Mai 29 2020
27

Paulo Almeida- “Ainda ...

Sexta-feira , Mai 29 2020
68

Comunicado Conjunto das ...

Sexta-feira , Mai 29 2020
100

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58770

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26624

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21229

1.ª D- Tigres-Candelária ...

Sexta-feira , Mar 06 2015
1434

Pedro Gil renova pelo ...

Sexta-feira , Jan 04 2019
675

FPP- Curso de ...

Segunda-feira , Out 26 2015
1050

pluri unhas J

paulofreitas

«Mais jogos, maior incerteza sobre o campeão nacional, mais espetáculo, mais receitas, mais transmissões televisivas e mais atenção por parte dos media», são os ingredientes da opinião favorável do treinador do Sporting, Paulo Freitas, à alteração do modelo competitivo da I Divisão, com sistema de play-off e uma competição nova no final da primeira volta, a partir de 2020/21.
«Era importante o hóquei apresentar soluções e conseguiu-se isso com o contributo massivo de todos os clubes. Não entendo que o calendário fique sobrecarregado, pois continuo a pensar que treinamos muito e jogamos pouco. É preciso gerir bem a época», defende, em declarações a A BOLA.
Apesar da renovação na modalidade, «paira ainda a incerteza do timing» do regresso do campeonato, devido à pandemia, nas palavras do técnico. Também o Sporting «entrou de imediato no período de férias» com a paragem da atividade, «uma decisão transversal a todas as modalidades» a inviabilizar a retoma dos treinos. Mas a equipa ambicionava «levar as competições até ao fim, caso as condições sanitárias o tivessem permitido».
Paulo Freitas dá voz à «grande convicção» do grupo na conquista da I Divisão: «Dependíamos apenas de nós para o conseguirmos e estávamos muito focados, não só no campeonato como também na Taça de Portugal e na Taça intercontinental.»

Fonte/ Foto- Jornal “A Bola” * Texto – Gabriela Melo

4 Quinta