a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

3.ª D- Série C- ...

Terça-feira , Jan 31 2023
14

3.ª D. Série B- CP ...

Terça-feira , Jan 31 2023
10

Liga Placard- Resumo CD ...

Terça-feira , Jan 31 2023
14

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62972

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31833

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25818

3.ª D- Zona B – ...

Segunda-feira , Fev 20 2017
1822

LE – FC Barcelona ...

Domingo , Mai 13 2018
1700

Valter Neves renova por ...

Quarta-feira , Mai 08 2019
1309

4 Tec Massagem 27 Fev

imgS620I222583T20180602182139

No rescaldo do empate deste domingo diante da AJ Viana, o treinador da equipa de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal, Paulo Freitas, considerou que este foi um encontro “com duas partes distintas e algumas curiosidades”.

Na primeira parte o jogo foi mais repartido em todos os momentos, tanto nas transições ofensivas e defensivas como na posse de bola. Ainda assim, tivemos alguma clarividência e conseguimos criar oportunidades de golo, mas fomos incapazes de concretizá-las. Na segunda parte estivemos claramente por cima no jogo, mas não tivemos a clarividência para criar situações diferentes. Ou seja, todas as que criámos permitiram algum conforto ao adversário”, começou por dizer, analisando em seguida a exibição da AJ Viana.

Jogaram num bloco muito baixo, às vezes com quatro jogadores dentro da área. Exploraram única e exclusivamente o erro do Sporting CP e gastaram o tempo de ataque. Quanto a nós, faltou-nos a clarividência da primeira parte. Tivemos intensidade e não faltou vontade ao longo de todo o jogo, mas acaba por ser um resultado que não esperávamos e que nos penaliza em demasiado. Não temos qualquer problema em assumir que perdemos dois pontos”, referiu.

Por fim, Paulo Freitas frisou que esta percalço “não belisca em nada o que a equipa tem vindo a fazer”. “Não estamos em bicos de pés nem andamos escondidos. Às vezes conseguimos e outras vezes - felizmente são poucas - não conseguimos atingir o objectivo a que nos propormos. Temos a consciência e a responsabilidade de assumir que perdemos apenas e tão só dois pontos. Noutras alturas já ganhámos três, portanto, isto não vai beliscar rigorosamente nada. Vai apenas despertar-nos para continuarmos a trabalhar com a mesma seriedade com que temos vindo a fazer e não temos qualquer dúvida de que vamos dar sequência às vitórias que vínhamos conquistando”, concluiu.

Fonte- Sporting CP

Tecnico de Massagem