a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Argentinos Platero e ...

Sábado , Nov 28 2020
0

Paulo Freitas- ...

Sábado , Nov 28 2020
1

Nomeações de 27 de ...

Sexta-feira , Nov 27 2020
33

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59645

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27532

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21941

Jorge Silva- “para nos ...

Sexta-feira , Out 11 2019
1140

João Rodrigues lembra ...

Sexta-feira , Jul 15 2016
1217

Taça Portugal: Cambra ...

Segunda-feira , Jan 16 2017
1197

Pluriform PP1

ef1541db b92e 4f43 9fb9 1484a06bb0df

A equipa principal de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal recebe, nesta sexta-feira, a AD Valongo em jogo da décima jornada do Campeonato Nacional. O encontro está marcado para as 20h30 no Pavilhão João Rocha.

Depois do empate diante da AJ Viana, Paulo Freitas só pensa em vencer, comentando ainda esse resultado em Viana do Castelo.

“Não foi falta de atitude, só nos faltou concretizar as oportunidades que criámos sobretudo na primeira parte porque na segunda não tivemos tantas”, disse o treinador verde e branco, sublinhando que o campeonato é competitivo e que nenhum jogo se pode dar por vencido: “Essa foi a ideia que eu próprio já tinha transmiti no início da época, que há muito equilíbrio, e prova disso são os resultados”.

Nesse sentido, Paulo Freitas referiu que só “o melhor Sporting CP” poderá vencer a AD Valongo: “A AD Valongo é um adversário desinibido, com qualidade, com a lição bem estudada e com orientações bem definidas. Vai-nos criar mais dificuldades do que a AJ Viana e jogar olhos nos olhos com o Sporting CP, como já fez com outros candidatos ao título”.

Por saber isso mesmo, Paulo Freitas disse que cabe aos Leões “serem mais eficazes”, uma vez que o objectivo verde e branco é claro e o foco é sempre o mesmo.

“O nosso foco é sempre o jogo que se segue. Nunca tiramos os pés do chão, nem nunca nos colocamos em bicos de pés, mas nunca nos escondemos porque deixamos tudo lá dentro. Podemos não ter a mesma eficácia, nem conquistar os três pontos, mas nunca defraudamos o símbolo que trazemos ao peito. Por isso, queremos continuar a nossa caminhada e queremos conquistar mais três pontos. O nosso objectivo é muito claro e para isso temos de crescer todos os dias”, sentenciou.

Fonte- Sporting CP

Curso Estaticista Essencial