a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Paulo Freitas- ...

Sábado , Nov 28 2020
1

Nomeações de 27 de ...

Sexta-feira , Nov 27 2020
33

2.ª D- Norte- “Mochos” ...

Quinta-feira , Nov 26 2020
78

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59645

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27532

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21941

Fernando Jorge: “Temos ...

Quinta-feira , Jan 14 2016
1419

CE- Itália aplica a ...

Segunda-feira , Jul 11 2016
1504

Mundial Feminino do ...

Segunda-feira , Ago 08 2016
1156

Pluriform PP1

jpscm

O SC Marinhense deslocou-se a Paços de Ferreira onde defrontou no Pavilhão Municipal daquela localidade a Juventude Pacense com o triunfo a sorrir aos vidreiros por 6-2, somando, após esta ronda 8, sete vitórias, em outros tantos desafios realizados.
Perante um dos últimos classificados da prova e ainda sem qualquer vitória obtida a equipa do Marinhense não foi em “cantigas” e cedo procurou o golo, perante um Pacense sem medos e a tentar surpreender a formação visitante.
Gonçalo Domingues abriu as hostilidades logo aos 5 minutos fazendo o 0-1 numa fase onde a equipa do Marinhense explorava de forma eficiente os seus ataques. Foi sem surpresas que o Marinhense aos 10 minutos vencesse já por 0-3 com Pablo Gonzalez e Gonçalo Domingues a serem os autores dos golos.
A Juventude Pacense após estar a perder por 0-3 acabou por ser mais perigosa e esse compromisso rendeu um golo, apontado por Zé Braga aos 17 minutos e criou expectativas à formação de Paulo Morais.
Veio o segundo tempo e embora o Marinhense fosse mais perigosa nas manobras ofensivas a Juventude Pacense manteve-se sempre dentro de jogo até ao 1-4 apontado por Luís Silva aos 10 minutos.
Este golo sofrido pelo Pacense tirou discernimento à formação da casa que a partir daí nunca mias encontrou o rumo certo para poder incomodar a equipa de Nuno Dominguez. Já depois do Marinhense ter desperdiçado um LD após a 20.ª falta da JP, Luís Silva aumentou para 1-5 de GP à passagem do minuto 18, e dois minutos depois foi a vez de Juan Fontan aumentar para 1-6. João Marques já à entrada do ultimo minuto reduziu para 2-6.
Um triunfo sem mácula da formação da Marinha Grande que mantem a liderança na prova, agora ainda mais destacada, fruto da derrota do Cambra e Carvalhos, as formações que seguiam atrás da equipa vidreira.
Na próxima jornada o Marinhense recebe na Embra o C Infante Sagres com a Juventude Pacense a deslocar-se até Valença.

Curso Cabeleireiro