a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Paulo Freitas- ...

Sábado , Nov 28 2020
1

Nomeações de 27 de ...

Sexta-feira , Nov 27 2020
33

2.ª D- Norte- “Mochos” ...

Quinta-feira , Nov 26 2020
78

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59645

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27532

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21941

CN Sub13 Norte 2.ª Fase ...

Domingo , Jun 04 2017
1444

David Pereira treinador ...

Terça-feira , Jul 30 2019
885

Cartaipense apresenta-se ...

Sábado , Set 30 2017
967

Pluriform PP1

125859887 10158129768481378 2547115054238790737 o

O Cambra somou a segunda derrota na prova ao perder em Lordelo do Ouro, no Pavilhão do Infante de Sagres por 5-2, perante um Infante de Sagres que termina a semana com sorriso de orelha a orelha, já que depois de ter vencido o Paredes na passada quarta feira, em jogo que se encontrava em atraso, somando aí o seu primeiro triunfo na prova.
O CIS ganhou-lhe o gosto e frente a uma das equipas que se perfila para lutar por uma das vagas de acesso à 1.º divisão, votou a superiorizar-se e a mostrar que também poderão contar com ela para ocupar os lugares cimeiros da classificação.
Mais eficaz no primeiro período da primeira parte do jogo a formação do Porto chegou ao 2-0 com golos de Bernardo Marques e André Freitas tendo já perto do intervalo visto o Cambra reduzir por intermédio de Miguel Oliveira na marcação de uma GP.
Já na etapa complementar Tiago Garcia aos 5 minutos, de GP não consegue converter mas no minuto seguinte Bernardo Marques de LD, faz o 3-1. O Cambra volta a reduzir poucos minutos depois por Miguel Costa à passagem do minuto 9, fazendo o 3-2 deixando no ar a incerteza no resultado.
Já nos últimos minutos da partida é que volta a gritar-se golo, quando Tomás Baldaque faz o 4-2, corria o minuto 22. O HA Cambra não desarmou mas a eficácia era pouca. Tiago Oliveira desperdiça no minuto seguinte um LD e acaba mesmo por ser o CIS a aumentar para 5-2 aos 24 minutos selando aí o destino do encontro.
Um triunfo do Infante de Sagres que premeia a tenacidade e eficácia da formação de Tiago Pacheco, perante um Cambra que não encontrou antídoto para travar a formação da casa, atrasando-se assim na luta pela liderança com o SC Marinhense.
Na próxima ronda o C Infante de Sagres tem obstáculo complicado já que viaja até à Embra onde enfrentará o atual líder, o SC Marinhense, enquanto o HA Cambra recebe no seu reduto o estreante, nestas andanças da 2.ª divisão, USC Paredes.

Foto- Facebook C Infante Sagres (arquivo)

Curso Barbeiro Completo