a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CNF- Benfica aplica ...

Sábado , Jun 03 2023
13

Lucas Ordoñez- “Temos ...

Sábado , Jun 03 2023
14

Nuno Resende- “O fator ...

Sábado , Jun 03 2023
10

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
63473

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
32394

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
26250

1.ª Div: AD Valongo e UD ...

Sábado , Mai 28 2016
2278

CN Sub-20 – Benfica ...

Domingo , Jun 11 2017
1973

2.ª Div. – Zona Norte – ...

Segunda-feira , Mar 23 2015
2266

68 20230420 090719 000225

tnev

O treinador que esteve duas temporadas ausentes volta para orientar o HC Braga, assumindo um projeto que vai ao encontro de um desejo antigo

Aos 54 anos, Tó Neves volta a assumir o comando de uma equipa da I Divisão, depois de se ter estreado como técnico na Oliveirense, onde foi jogador/treinador e onde permaneceu durante oito épocas e meia. Depois disso, esteve quatro temporadas no FC Porto e no currículo soma um título nacional, duas Taças de Portugal (uma no FC Porto e uma na Oliveirense), uma Supertaça (FC Porto) e uma Taça Continental (OLiveirense). Não treinava desde 2018/19, altura em que saiu de Oliveira de Azeméis a meio da época para dar lugar a Renato Garrido (atual selecionador nacional), e é com o HC Braga que regressa. "Apareceu uma equipa jovem para poder treinar, um projeto diferente de todos os que tinha tido e aderi, porque sempre aspirei a treinar um grupo de jovens", explica Tó Neves, referindo: "Foram dois anos de ausência, em que no início as coisas custam, porque temos de criar novas rotinas, mas consegui colmatar essa questão jogando nos veteranos, jogando padel e futebol... mas o bichinho do hóquei fica sempre. Há sempre jogos na televisão e tem-se vontade de voltar."

Atento ao campeonato, o técnico sublinha "o equilíbriob e os resultados inesperados", apontando "o Barcelos como a maior surpresa", sendo que para ele, "era expectável que o Braga tivesse mais pontos nesta altura." "Olhando à classificação parece que a equipa está num lugar um pouco desajustado da sua qualidade", reforça Tó Neves, que não aponta objetivos concretos: "Neste momento, não dá para olhar muito para a frente. Tenho de sentir a equipa, conhecer os jogadores" e depois aplicar a velha expressão "jogo a jogo". "As dinâmicas vão surgindo consoante os resultados". A Tó Neves, o presidente do HC Braga, Luís Botelho, apenas "pediu trabalho" e as ambições do treinador passam por "potencializar a forma desportiva destes atletas e fazê-los crescer individualmente e coletivamente."

No lugar de Hugo Azevedo, que saiu no final da primeira volta do campeonato, Tó Neves vai orientar uma equipa com uma média de idade de 24 anos, da qual saiu o avançado argentino Fabrízio Ciocale, emprestado pelo Liceo e que os espanhóis fizeram regressar. OHC Braga, que ocupa o 11.º lugar vai tentar manter-se na I Divisão e pode ainda atingir o play-off (top 8) e a um lugar europeu (top 9).

Fonte- Jornal “O Jogo” * Fotografia-Paulo Brandão

calendario Pluriform 3