a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Telmo Sousa vai falar de ...

Terça-feira , Jan 19 2021
203

OC Barcelos em Turquel ...

Terça-feira , Jan 19 2021
138

FPP- Formação- ...

Terça-feira , Jan 19 2021
108

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59914

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27843

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22203

Rodrigo Fernandes troca ...

Segunda-feira , Set 10 2018
1004

Campeonato Nacional de ...

Sexta-feira , Out 20 2017
1875

OK Liga: Barcelona ainda ...

Quarta-feira , Fev 08 2017
1056

janeiro Pluriform 2

nicolia 2 new

O primeiro jogo de 2021 para o hóquei em patins do Benfica será fora de casa e frente ao FC Porto. Em declarações à BTV, Carlos Nicolía anteviu dificuldades, mas expressou a ambição de conquistar a vitória, tal como aconteceu na 1.ª volta do Campeonato Nacional.
O novo ano arranca com a segunda volta do principal escalão da modalidade, com as águias a enfrentarem o FC Porto a partir das 14h00 deste sábado, dia 9 de janeiro, na 14.ª jornada do Campeonato. Na Luz, a 26 de setembro do ano passado, o Benfica bateu os azuis e brancos por 7-3 e o objetivo é poder sair com a vitória do Dragão Caixa.

"Sabemos que é um jogo muito difícil, é um pavilhão complicado em todos os sentidos, mas estamos muito bem e penso que temos de aproveitar o impulso que nos deu a Taça 1947", argumentou.

A equipa de hóquei em patins não vencia um troféu desde 2017 e, por isso, a conquista da 1.ª edição da nova competição foi importante para o grupo de trabalho, que quer prosseguir com a sua caminhada bem sustentada.
"Queremos continuar numa fase positiva e poder alcançar os três pontos", vincou, sobre a meta para o próximo duelo.

A COVID-19 continua na ordem do dia no País e no mundo, e Carlos Nicolía recordou os efeitos que isso teve no plantel.
"Começámos com dois colegas que tinham o vírus. Foi um impacto muito forte na equipa, sabíamos que tínhamos de parar e ficar isolados, isto com o Campeonato a decorrer e com pouco dias para a Taça 1947. Foi muito duro", relembrou.

O hoquista argentino destacou o enorme apoio do Clube em toda a situação que viveram no ano passado.
"Sempre nos protegeram, ficámos descansados, o Benfica faz tudo para que o atleta esteja tranquilo", frisou Nicolía, que converteu a grande penalidade que deu a vitória na Taça 1947.

O conjunto treinado por Alejandro Domínguez entra em campo no 5.º lugar da classificação (23 pontos), no entanto, tem ainda menos um jogo no Campeonato. O FC Porto, por seu lado, está na 3.ª posição com 26 pontos, mas conta com 12 encontros realizados.

Fonte/foto- SL Benfica

janeiro Pluriform 4