a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

SC Tomar aceita convite ...

Quarta-feira , Jul 28 2021
268

Hélder Antunes chama 26 ...

Quarta-feira , Jul 28 2021
93

1ª e 2ª Divisão já tem ...

Quarta-feira , Jul 28 2021
68

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60557

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
28623

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22935

2.ª D- Norte- ...

Quarta-feira , Dez 04 2019
704

Taça de Portugal- ...

Segunda-feira , Mar 16 2015
1850

UD Oliveirense e FC ...

Domingo , Set 16 2018
1929

05 Barbeiro Completo

8ea4e32c 72ce 4d5e bdea d6d21fee06d1

Após a vitória Leonina frente ao HC Os Tigres (7-3), em jogo da 14.ª jornada da primeira fase do Campeonato Nacional, Paulo Freitas não escondeu o desagrado pela arbitragem no encontro.

“Foi péssima e com critérios desiguais, que não percebi”, disse o treinador verde e branco, comentando com ironia: “Tenho uma equipa muito violenta que hoje fez 15 faltas”.

Houve mau ajuizamento em variadíssimos lances. Por isso é que me exaltei como não acontecia há muito tempo e num ou noutro momento penso que não devia ter reagido como reagi porque, se estava a pedir aos jogadores para se focarem única e exclusivamente naquilo que estavam a fazer, não dei o exemplo. Peço desculpa por isso”, referiu.

Apesar disso, e também de um erro inicial, o Sporting CP venceu de forma justa e continua na liderança isolada do Campeonato Nacional.

“Foi uma vitória justa e clara da nossa parte. Deixámos o HC Os Tigres crescer logo desde início por causa de uma infantilidade, mas estivemos sempre à procura de passar para a frente do marcador. Tivemos algumas oportunidades, só que o Igor Alves fez uma excelente exibição, mas tivemos maturidade suficiente para não nos desunirmos. Fomos competentes e fomos com paciência à procura daquilo que tínhamos de fazer”, afirmou.

Fonte/Foto- Sporting CP

janeiro Pluriform 3