a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CNF- Leoas carimbam ...

Segunda-feira , Jun 14 2021
11

Sanjoanense tem cinco ...

Segunda-feira , Jun 14 2021
843

Cabestany- “A final do ...

Segunda-feira , Jun 14 2021
71

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60359

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
28383

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22734

42ª Inter Regiões - AP ...

Sexta-feira , Mar 23 2018
843

Resumo Taça CERS 1.ª mão ...

Domingo , Dez 18 2016
2024

1.ª D- CD Paço Arcos ...

Segunda-feira , Nov 25 2019
876

10

agir

No final do triunfo sobre o FC Porto na final da Liga Europeia, este domingo, que significou o Bicampeonato Europeu para a equipa de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal, Ângelo Girão marcou presença na conferência de imprensa e começou por elogiar todos os participantes na final four, que teve lugar no Luso.

"Ter uma final four 100% portuguesa é sinal de que o hóquei em Portugal está muito bem. Parabéns às quatro equipas. À UD Oliveirense e ao SL Benfica por terem sido dignos vencidos ontem e, hoje, ao FC Porto. Podia ter caído para qualquer uma das quatro equipas. Não sou talismã. Tenho tido sorte por poder trabalhar com esta gente que adora o hóquei e que me protege muito. Estou muito contente por ter ganho este ano", começou por dizer aos jornalistas.

Claramente emocionado, o guarda-redes Leonino explicou a importância que este título tem neste momento.

"Fizemos história hoje num ano difícil. (Choro) Um ano que não começou bem e era muito importante, para mim, ganhar este ano. Dou tudo sempre. Tenho defeitos, como toda a gente. Faço coisas erradas, sou humano, mas entrego tudo a este Clube e a este grupo de trabalho. Este ano queria ganhar muito", admitiu.

Ângelo Girão lembrou ainda o percurso que tem feito no Sporting CP, onde chegou em 2014, e não esqueceu os Sportinguistas pelo apoio que continuam a dar aos atletas.

"Quando vim para o Sporting CP fui muito criticado. Saí de uma equipa campeã nacional para um projecto em construção, à pressa, com um peso de três ou quatro milhões de adeptos em cima. Ainda esta semana vimos a dimensão e a grandeza do Sporting CP nos festejos do Campeonato Nacional de futebol. Sabia que ia ser um passo difícil, mas não sabia que ia chegar a este patamar tão cedo, achava que ia ser mais complicado. Felizmente, o Sporting CP reforçou a estrutura, a equipa técnica e o plantel e continuou a fazer uma aposta. O hóquei é uma modalidade querida no nosso Clube, os adeptos estão sempre ao nosso lado. Ainda agora, no Marquês, nos festejos do futebol, fui extremamente acarinhado. As pessoas seguem a modalidade e gostam de nós. Só posso agradecer aos adeptos porque este sucesso é muito deles. Obrigado aos nossos Sócios e adeptos e à direcção por continuar a apostar em nós. Já agora: obrigado ao Nuno Dias e aos seus rapazes porque eles também são o nosso talismã. Para o ano, que sejam campeões europeus outra vez", desejou.

Fonte- Sporting CP

massagistaessencial cartaz