a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CNF- Leoas carimbam ...

Segunda-feira , Jun 14 2021
11

Sanjoanense tem cinco ...

Segunda-feira , Jun 14 2021
860

Cabestany- “A final do ...

Segunda-feira , Jun 14 2021
73

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60359

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
28383

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22734

Liga Europeia: UD ...

Sábado , Fev 06 2016
1463

Manuel Coimbra reforça ...

Segunda-feira , Jun 25 2018
1758

HC Braga soma a primeira ...

Terça-feira , Nov 24 2020
281

10

198321093 186114220183830 7828662085430811712 n

O hóquei em patins do FC Porto entra em pista esta quinta-feira, no Pavilhão João Rocha (14h00, FC Porto TV/Porto Canal), para defrontar o Sporting no segundo jogo da final do campeonato. Na antecâmara da viagem a Lisboa, com uma vitória de avanço na bagagem, Xavier Barroso perspetivou uma deslocação “muito difícil”, porém os Dragões farão “tudo para ganhar”. Para o catalão, manter a calma vai ser essencial para os azuis e brancos levarem de vencida o quinto clássico consecutivo: “Vamos jogar tranquilos, como estamos a fazer desde o terceiro jogo contra o Benfica, e sabemos que se fizermos o nosso trabalho podemos surpreende-los”.

Espírito de equipa e coesão
É verdade que estamos num momento muito bom. Esse momento chegou na altura certa da época, que era quando precisávamos de estar bem, a jogar bem e a saber gerir todos os aspetos do jogo. Acho que estamos muito unidos, coesos, sabemos que precisamos todos uns dos outros e o que temos de fazer é continuar assim esta quinta-feira, em Lisboa, para podermos trazer uma vantagem maior para o Dragão Arena. Oxalá seja assim.”

Vantagem de 1-0 não garante nada
“Já vimos que tudo pode acontecer numa série de play-off. Até ganharmos os três jogos nada está decidido. Sabíamos que era muito difícil ir a Lisboa ganhar dois jogos contra o Benfica e também sabemos que é muito difícil ir ao João Rocha e ganhar um jogo lá. Vamos fazer tudo para ganhar, mas ainda não está nada fechado. O nosso trabalho é ganhar na quinta-feira, ganhar no domingo e fechar a final o mais rápido possível.”

Trunfos na manga
“Temos que saber gerir todos os momentos do jogo, não podemos cair no jogo deles nem nas guerras que queiram fazer. Vamos jogar tranquilos, como estamos a fazer desde o terceiro jogo contra o Benfica, e sabemos que se fizermos o nosso trabalho podemos surpreende-los. Já tivemos uma sessão de vídeo e vamos alterar algumas coisas para tentarmos surpreender. O que fizemos durante a época tem-nos dado alegrias e vai continuar a ser assim.”

Fonte/Foto- FC Porto

15