a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

OC Barcelos com criticas ...

Domingo , Set 19 2021
12

Rui Neto- “Encontrámos ...

Domingo , Set 19 2021
15

Paulo Freitas – “O grupo ...

Domingo , Set 19 2021
10

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61021

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
29243

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
23568

Resumo Taça CERS 1/16 ...

Segunda-feira , Nov 06 2017
1067

2.ª Divisão-Sul- Física ...

Terça-feira , Mar 28 2017
1786

Seleção não esqueceu ...

Quarta-feira , Jul 17 2019
2152

05 Barbeiro Completo 500h Pluriform

218358163 4660397440654633 2901940624316741851 n

Ao vencer esta tarde no Municipal de Paços de Ferreira o SC Tomar por 5-1, a AD Valongo fez história ao conquistar a primeira edição do CN de SUb-23, prova instituída esta época pela FPP.
Um jogo onde o conjunto treinado por Vítor Oliveira “Viti”, em particular no primeiro tempo foi superior em quase todos os aspetos do jogo. Colocou intensidade, muita pressão sobe o adversário e aproveitou os erros criados pelos ribatejanos para chegar ao intervalo a vencer por 3-0, com golos de Gabriel Azevedo (2) e Diogo Barata.
Uma segunda parte o SC Tomar foi diferente, para melhor, mas sem nunca encontrar o caminho certo para a baliza defendida por Bernardo Mendes. Um Valongo mais maduro, mais matreiro e sempre à espreita de um erro adversário rendeu logo aos quatro minutos da etapa complementar mais um golo, este apontado por “Gabi” Azevedo, que assinava nesse momento um hat-trick na sua conta pessoal.
Diogo Barata aos 9 minutos aumentou para 5-0, depois de Lucas Santos ter desperdiçado um LD que poderia ter reduzido o marcador. Pedro Batista do SCT reduziu pouco depois para 5-1 e até final foi o SC Tomar que poderia mesmo ter encurtado a distância no marcador, mas a não conseguir dar o melhor caminho à bola nas três situações de bola para que dispôs.
Um triunfo da equipa que entrava como favorita nesta final, e que no computo dos cinquenta minutos da partida deixou claro a justiça na conquista deste título.

02 Unhas de Gel 16h