a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
53

Calendário da Elite Cup ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
79

WSE Continental Cup será ...

Quarta-feira , Ago 10 2022
62

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62217

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31085

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25228

2.ª Sul- Oeiras vence e ...

Segunda-feira , Mar 07 2022
237

GDC Fanzeres aplica-se ...

Segunda-feira , Nov 12 2018
1080

2.ª Edição do Eurockey ...

Quinta-feira , Set 24 2015
2104

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

facsis

O Famalicense recebeu no sábado o C Infante Sagres com o triunfo a sorrir à equipa de Famalicão por 9-5 e onde Hugo Costa esteve em plano de evidência ao fazer quatro dos golos da equipa treinada por Vítor Silva.
Um jogo intenso com as duas a equipas, desde o minuto inicial a procurar surpreender o adversário e foi o infante de Sagres a inaugurar o marcador logo aos 2 minutos por Bernardo Marques. Responderia a equipa do FAC com Hugo Costa e pouco depois Carlos Loureiro a colocarem a equipa minhota em vantagem por 2-1. Tomás Castanheira empatou pouco depois mas até ao intervalo mais três golos para o FAC apontados por Hugo Costa.
Em vantagem a equipa do Famalicense geriu o jogo e acabaria por fazer mais dois golos, estes da autoria de Juan Lopez e Rui Silva, colocando o placard em 7-2.
Vítor Silva mexeu na equipa e disso se aproveitou o Infante de Sagres que reduziu para 7-3 por Tomás Castanheira. Rafael Almeida marcaria logo de seguida, para o Famalicense (8-3), mas a irreverência da formação do Porto renderia mais dois golos, estes apontados por Diogo Silva e Bernardo Marques, que colocavam o marcador em 8-5. E seria mesmo o Infante de Sagres a poder reduzir mas Bernardo Marques e Carlos Dias a desperdiçarem um LD e uma GP, e viram Rafael Almeida, de LD (15.ª falta do SIS) a fechar a contagem neste encontro ao fazer o 9-5 final.
Um troiunfo justo do Famalicense, perante um Infante de Sagres que nunca se “encolheu” frente a um dos candidatos à subida, acabando por ser penalizada pela falta de eficácia nas bolas paradas, já que o conjunto de Jorge Ferreira desperdiçou quatro bolas paradas neste encontro.
Na próxima jornada, a 6.ª, o Famalicense viaja até Paços de Ferreira onde defrontará a Juventude Pacense com o Infante de Sagres a receber no seu recinto o HC Maia.

04 Curso Barbeiro 250h