a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª D- Resumo do CD Paço ...

Sexta-feira , Jan 28 2022
15

Fim de semana de jogos ...

Sexta-feira , Jan 28 2022
14

FPP- Nomeações de 28 ...

Sexta-feira , Jan 28 2022
19

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61651

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30173

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24466

Bruno e Roberto Di ...

Sexta-feira , Mai 05 2017
1687

“Muito “orgulho” e ...

Quinta-feira , Mai 24 2018
1120

Francisco Contins ...

Domingo , Nov 29 2015
1827

3 cabeleireiro inicial

Terronia

maria sofia silva new

Benfica consentiu um empate a três bolas na recepção ao Sporting CP em jogo da 8.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional feminino de hóquei em patins (Zona Sul).

O Benfica empatou (3-3), este domingo, 5 de dezembro, com o Sporting, em desafio relativo à 8.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional feminino de hóquei em patins (Zona Sul).
Equilibrado nos primeiros minutos, o dérbi conheceu o primeiro ato de relevo aos 7', quando Rute Lopes, com um disparo de longe, inaugurou o marcador. Ficou a ideia de que a irmã Rita Lopes, ambas antigas jogadoras do Benfica, terá tocado na bola, antes desta escapar à ação de Maria Vieira. Estava feito o 0-1 para as visitantes.

Aos 10', Marlene Sousa viu o seu stick "travado" na área e Raquel Santos, chamada a converter a penalidade assinalada, atirou ao lado da baliza de Cláudia Vicente.

Rita Lopes, aos 12', com um trabalho individual sobre Maria Sofia Silva, aumentou a vantagem leonina para 0-2.

O Benfica, individualmente, pressionou, aproveitando o recuo do Sporting e, aos 15', Beatriz Figueiredo, na terceira recarga reduziu para 1-2, batendo Cláudia Vicente. O Sporting procurava então explorar o contra-ataque para levar perigo ao último reduto encarnado, mas nenhuma das estratégias teve efeitos práticos no marcador até ao descanso.

No regresso dos balneários, o Benfica continuou a insistir na procura de desequilíbrios através de lances individuais, perante um bloco defensivo contrário cerrado e coeso.

Aos 30', excelente trabalho de Cata Flores, entrando na área, oferecendo o golo do empate a Beatriz Figueiredo, estava feito o 2-2.

O jogo abriu a partir daí, o Benfica cresceu e, aos 43', uma excelente jogada coletiva permitiu a Cata Flores, a passe de Marlene Sousa, encostar a bola para a baliza contrária, estabelecendo o 3-2.
Aos 47 minutos Sofia Moncóvio, no coração da área, bateu Maria Vieira, fixando o 3-3. A cinco segundos do final, Rute Lopes, na conversão de um livre direto, viu Maria Vieira a superiorizar-se entre os postes.

O dérbi terminou com um empate, o primeiro jogo em que a equipa do Benfica não conseguiu vencer na presente edição do Campeonato Nacional. As encarnadas somam sete triunfos e um empate na competição que lideram.

Fonte/Foto- SL Benfica

4 Barbeiro