a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Marlene Sousa- “A Liga ...

Sexta-feira , Fev 03 2023
8

Nil Roca- “Temos de ...

Sexta-feira , Fev 03 2023
11

Alejandro Dominguez- ...

Sexta-feira , Fev 03 2023
10

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62980

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31841

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25826

Paulo Machado - AP Minho ...

Quinta-feira , Mai 28 2015
1880

Taça Jorge Coutinho: 2.ª ...

Quinta-feira , Set 10 2015
1797

Rui Pedro fecha Plantel ...

Segunda-feira , Jul 28 2014
3306

4 Tec Massagem 27 Fev

hoq1 1

O SL Benfica venceu o Sporting CP por 4-3, esta quinta-feira, no fecho da 12.ª jornada da fase regular do Campeonato Nacional, num jogo onde a emoção e adrenalina estiveram ao máximo durante toda a partida.

A partida arrancou a um ritmo bastante baixo, com ambas as equipas a arriscarem pouco e a estudarem-se nos momentos iniciais, mas foi ganhando maior intensidade com o avançar do cronómetro. Ainda assim, e apesar de ambas as formações terem ensaiado vários remates de longa distância, as ocasiões flagrantes teimaram em não aparecer, num início sem balizas.

Com quase 15 minutos, os Leões beneficiaram de uma das melhores situações na primeira parte através de Matías Platero, que apareceu em posição frontal, mas o disparo esbarrou no guarda-redes Pedro Henriques. Na outra baliza, Ângelo Girão também foi chamado a intervir algumas vezes, mas revelou sempre estar à altura com boas paradas.

A cerca de quatro minutos do período de descanso, o juiz da partida excluiu Gonzalo Romero por alegada falta sobre Carlos Nicolía e, na conversão do livre directo, Lucas Ordoñez atirou para enorme defesa de Ângelo Girão, que voltou a dizer presente. Em inferioridade numérica, a turma de Alvalade ainda aguentou o cerco encarnado, mas Gonçalo Pinto acabou mesmo por fazer o 1-0. Pouco depois, na sequência de uma transição rápida, Lucas Ordoñez assinou o 2-0.

A segunda parte trouxe mais emoção à partida e também o primeiro golo verde e branco. Logo aos três minutos, Gonzalo Romero atirou de longe e serviu João Souto, que encostou à boca da baliza para o 2-1. Depois seguiu-se a décima falta Leonina, da qual saiu o 3-1 para as águias, desta feita num livre directo de Carlos Nicolía.

Apesar do golo sofrido, o Sporting CP não baixou os braços e continuou a pressionar em busca de reduzir, numa altura em que o jogo estava cada vez mais partido. João Souto foi o primeiro a tentar, num remate à queima-roupa travado pelo guardião da casa, e, pouco depois, Ferran Font acertou com estrondo no ferro, mas seria Gonzalo Romero, com um remate do meio da rua, a colocar novamente a turma de Paulo Freitas à distância de um golo aos 13 minutos.

À entrada para a recta final, tudo estava ainda por decidir e a situação podia ter-se complicado quando Ferran Font foi excluído, mas Ângelo Girão voltou a destacar-se ao travar o livre directo de Carlos Nicolía e, logo a seguir, o penálti batido por Diogo Rafael, segurando a margem mínima. Com menos de três minutos para jogar, o SL Benfica atingiu a décima falta e colocou Gonzalo Romero frente-a-frente com Pedro Henriques, com o argentino a fazer o 3-3.

Nos últimos instantes, quando o Sporting CP tentava chegar pela primeira vez à dianteira, e parecia estar mais perto de consegui-lo que o adversário, Ordoñez fez o 4-3. Apesar do pouco tempo que restava, os Leões ainda ficaram muito perto de voltar a igualar o placard. Primeiro, Toni Pérez criou perigo com um remate forte, e depois Ferran Font teve tudo para marcar através de um livre directo originado pela exclusão de Diogo Rafael, mas não concretizou.

O Sporting CP mantém-se assim na segunda posição da tabela classificativa com 28 pontos. Os Leões voltam a entrar em acção já no domingo, dia 12 de Dezembro, deslocando-se a São Pedro do Sul, casa do Termas OC, para disputar os 32 avos-de-final da Taça de Portugal.

Fonte- Sporting CP – Foto- João Pedro Morais/ Sporting CP

4 Barbeiro