a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Leoas na Final da Taça ...

Sábado , Jul 02 2022
7

Sub-15- Fase Final- ...

Sábado , Jul 02 2022
7

Sub-19- Fase Final- ...

Sábado , Jul 02 2022
12

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62095

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30890

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25041

"II Copa Europa para ...

Terça-feira , Mar 28 2017
2168

SL Benfica renova com ...

Quarta-feira , Mai 27 2015
1983

“Os Águias", perdem na ...

Segunda-feira , Set 26 2016
1641

massagista inicial

hoquei2

A equipa do Sporting Clube de Portugal venceu a UD Oliveirense por 6-4, este sábado, em jogo da 16.ª jornada da fase regular do Campeonato Nacional. Com este resultado, os Leões ascendem ao segundo lugar da tabela com um total de 38 pontos.

Paulo Freitas apostou num cinco inicial com Ângelo Girão, Matías Platero, Gonzalo Romero, Alessandro Verona e João Souto para enfrentar este duelo entre candidatos ao título, que se adivinhava muito bem disputado e intenso após o empate 2-2 verificado na primeira volta.

O encontro arrancou morno, com as equipas a estudarem-se na pista do Pavilhão João Rocha e a ensaiarem as primeiras aproximações à baliza contrária. Ainda assim, foi o Sporting CP que inaugurou o marcador, à passagem dos 11 minutos, com Romero a facturar o 1-0 de penálti.

Em desvantagem, a UD Oliveirense esboçou uma reacção materializada em alguns lances de perigo, mas Girão mostrou-se sempre intransponível entre os postes. Ainda assim, aos 18 minutos, o guardião nada pôde fazer para travar o livre directo convertido por Nuno Araújo.

Nos últimos três minutos antes do período do descanso, os ânimos aqueceram, com várias faltas de parte a parte e protestos dos jogadores. Nuno Araújo falhou um livre directo para a UD Oliveirense e, pouco depois, Gonzalo Romero também não conseguiu concretizar após a décima falta dos forasteiros, o que condenou as duas equipas ao empate na primeira parte.

No regresso dos balneários, estavam decorridos apenas nove segundos quando os Leões se colocaram novamente na dianteira. De muito longe, Romero puxou o stick atrás e disparou uma autêntica bomba, que ainda bateu no ferro e ressaltou no guarda-redes antes de entrar.

O problema foi que, no espaço de apenas três minutos, os visitantes passaram pela primeira vez para a liderança do placard, com golos de Nuno Araújo e Franco Platero (irmão de Matías Platero), e obrigaram o Sporting CP a ir atrás do prejuízo quando faltava ainda muito tempo para jogar.

A resposta não se fez esperar e chegou por intermédio de Alessandro Verona, que assinou o 3-3 com nova bomba do meio da rua, só que a UD Oliveirense voltou a adiantar-se pouco depois, por Tomás Pereira, o que deixava tudo ainda por decidir à entrada para os dez minutos finais.

A precisar de marcar para reentrar na discussão do resultado, o conjunto verde e branco apostou tudo no ataque e, depois de várias tentativas goradas, conseguiu mesmo chegar ao 4-4 por João Souto, que finalizou de forma certeira um passe delicioso da autoria de Ferran Font.

Logo a seguir, a UD Oliveirense cometeu a 15.ª falta e ofereceu a Romero uma excelente oportunidade para passar novamente a formação da casa para a frente, cenário que o argentino confirmou ao apontar o terceiro golo da conta pessoal e fixar o 5-4.

Até ao final, Girão voltou a ser determinante ao parar mais um livre directo, assinalado na sequência da décima falta Leonina, e Souto fechou as contas do encontro ao assinar o ‘bis’, consumando uma justa mas suada vitória verde e branca a cerca de um minuto do término.

Fonte/Foto- Sporting CP

1 cabeleireiro unissexo