a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Reinaldo Garcia após o ...

Sábado , Jul 02 2022
14

Paulo Almeida- “Elas não ...

Sábado , Jul 02 2022
10

Águias garantem final ...

Sábado , Jul 02 2022
8

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62096

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30890

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25042

David Nogueira de saída ...

Segunda-feira , Jun 19 2017
2253

Hernâni Diniz renova com ...

Quinta-feira , Abr 26 2018
1504

Forte dei Marmi ...

Terça-feira , Fev 28 2017
1763

massagista inicial

Valongo não desarma e leva a eliminatória prá negra

O Benfica entrou a perder frente ao Valongo, empatou e, no prolongamento, saiu derrotado por 5-2, no jogo 2 dos quartos de final do play-off do Campeonato Nacional.

AD Valongo e SL Benfica discutiram o jogo 2 dos quartos de final do play-off do Campeonato Nacional de hóquei em patins no Pavilhão Municipal de Valongo. As águias ainda igualaram a partida, mas, já no prolongamento, a equipa da casa conseguiu a vitória, por 5-2, e empataram a eliminatória (1-1), que obriga a terceiro e decisivo jogo que se disputará na Luz.

Depois do triunfo no prolongamento por parte do Benfica esta deslocação dos encarnados ao “San Ciro” redundou numa derrota por 5-2 já no decorrer do prolongamento, deixando claro que esta formação orientada por Edo Boch é uma das mais complicadas e irreverentes neste nacional da 1.ª divisão.

Início equilibrado, com várias oportunidades de parte a parte e as duas equipas a testarem a atenção dos guarda-redes.
Aos 11', com a equipa a perder a profundidade, Jorge Vieira pediu desconto de tempo e ajustou a marcação a Álvarez. Numa saída em transição e superioridade numérica, Facundo Bridge percorreu o campo e colocou o Valongo em vantagem. A partir daqui as águias ficaram mais passivas na condução do jogo e, até ao intervalo, não alteraram o resultado de 1-0.
A segunda parte trouxe um Benfica e para melhor. Mais intenso e pressionante, SL Benfica acumulou vários intentos até conseguir igualar a contenda. Aos 33', assistido por Pol Manrubia, que no minuto anterior havia mandado uma bola à barra, Diogo Rafael fez o 1-1. E o 1-2 não tardou... Surpreendendo Rui Mendes, Carlos Nicolía colocou a bola no primeiro poste e deu a superioridade às águias.

Estava mais intenso o encontro e, sem facilitar, Rafael Moreira, aos 39', com um remate de meio-campo, igualou em 2-2. Na resposta, Carlos Nicolía esteve perto do golo, mas levantou a bola muito acima da baliza. No último minuto do tempo regulamentar (49'), destaque para Pedro Henriques, a ser essencial para a ida da partida a prolongamento.

O prolongamento acabaria por fazer desequilibrar a balança a favor do Valongo. A precisar de vencer para seguir na luta pela passagem às meias finais o Valongo foi eficaz e nos primeiros cinco minutos deste período colocou-sse em vantagem com golos de Facundo Navarro e Rafael Bessa. Este jogador já no minuto final do prolongamento fecharia as contas do encontro ao apontar o 5-2 final.

Um triunfo justo da equipa que mais procurou a vitória levando assim para a negra a decisão destes quartos de final entre SL Benfica e AD Valongo.
Quarta feira, joga-se o terceiro jogo no Fidelidade.

Fonte- SL Benfica * Foto- SL Benfica (Arquivo)

barbeiro