a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Bernardo Ramalho reforça ...

Segunda-feira , Jul 04 2022
58

Termas OC com 3 reforços

Segunda-feira , Jul 04 2022
97

Francisco Beirante é ...

Segunda-feira , Jul 04 2022
65

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62103

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30893

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25046

David Nogueira é reforço ...

Sábado , Jul 22 2017
1647

Hóquei NO Feminino - OK ...

Quinta-feira , Jan 28 2016
1520

FPP atualiza lista dos ...

Sexta-feira , Mar 10 2017
2219

massagista inicial

marlene sousa news

O nono título nacional consecutivo está mais próximo

Fora de casa, mas amparada pelo apoio dos adeptos, a equipa do Benfica bateu o Sporting por 2-3 no jogo 1 da final do play-off do Campeonato.

Com o nono título nacional consecutivo no pensamento, a equipa feminina de hóquei em patins do Benfica teve uma entrada autoritária no jogo 1 da final do play-off do Campeonato, neste domingo, 19 de junho. Fora de portas, no Pavilhão João Rocha, marcou três golos ao Sporting em 17 minutos e, depois, soube administrar a vantagem e conter a reação do rival, levando a melhor por 2-3.
Inspiradas, as encarnadas aceleraram na direção da baliza verde e branca e adiantaram-se no marcador aos 5' numa bela finalização de Marlene Sousa (0-1).

A capitã do Benfica também deixaria a sua marca no lance do segundo golo das águias, fazendo a assistência para a conclusão de Cata Flores ao minuto 14 (0-2). As comandadas de Paulo Almeida estavam imparáveis e conseguiam aproveitar os espaços para criar oportunidades e convertê-las. Marlene Sousa originou novo momento de celebração aos 17', stickando para o 0-3.

Antes do intervalo, a equipa da casa ainda reduziu a diferença (1-3) por intermédio de Rita Lopes (22'). Intensidade, vontade de assumir o jogo e constante procura do golo foram condimentos que se repetiram na segunda parte do dérbi, mas a eficácia na finalização caiu na bola corrida (houve apenas um golo, de Ana Catarina Ferreira, aos 32', a rubricar o 2-3)... e manteve-se nula nas bolas paradas (o Benfica, note-se, dispôs de três livres diretos e de um penálti, mas não capitalizou nesses momentos).

Os derradeiros instantes da partida foram entusiasmantes, e o Benfica agarrou bem o golo de vantagem para, numa final à melhor de três, dar um passo largo na direção do ambicionado eneacampeonato. No próximo sábado, 25 de junho, uma vitória selará o objetivo das águias. O jogo que pode valer mais um sucesso será disputado no Pavilhão Fidelidade, com início aprazado para as 20h00.

Fonte/Foto- SL Benfica

esteticista inicial