a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Bernardo Ramalho reforça ...

Segunda-feira , Jul 04 2022
63

Termas OC com 3 reforços

Segunda-feira , Jul 04 2022
101

Francisco Beirante é ...

Segunda-feira , Jul 04 2022
68

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62103

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30893

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25047

Reações à conquista da ...

Quinta-feira , Abr 30 2015
1819

3.ª D- Centro- ...

Terça-feira , Mar 08 2016
2258

Liga Europeia – Resumo ...

Domingo , Out 21 2018
1182

massagista inicial

poka 1

O Benfica visita o FC Porto no Dragão Arena para disputar o jogo 3 da fase decisiva do Campeonato Nacional, agendado para as 20h00 desta quarta-feira, 22 de junho. Poka fez a antevisão ao clássico após a vitória por 3-0 no Pavilhão Fidelidade.

O empate na final do play-off do Campeonato Nacional de hóquei em patins será desfeito nesta quarta-feira, 22 de junho, no Dragão Arena, a partir das 20h00, quando o Benfica defrontar o FC Porto no jogo 3 da fase decisiva da prova, que Poka, sublinhou, pretende ver a cair para os lados da Luz. Para que os encarnados vençam, enaltece, é preciso "união e coesão".

O defesa do Benfica, em declarações à BTV, diz que o grupo está "mentalmente" ciente de quem tem de vencer pelo menos um jogo fora de portas para conseguir alcançar o desejado Campeonato Nacional. Por isso, sublinha Poka, não falta ambição. "Queremos ir buscar a vitória, temos trabalhado muito a parte física, que vinha muito sobrecarregada da meia-final com o Sporting. Vai ser um jogo de extrema dificuldade, frente a um FC Porto vencedor da fase regular com um trajeto imaculado em casa, com os seus adeptos, e nós temos de contrariar isso. Temos de ser muito unidos e coesos em campo", disse.

Poka promete entrega, de um grupo motivado pela força adicional dos adeptos no último clássico, no jogo 2 (3-0).

"O apoio dos adeptos não foi só no final, em casa os adeptos tornam-se no sexto elemento. Não teremos os adeptos, mas sabemos que para sermos campeões nacionais temos de vencer um jogo no Dragão Caixa. Vamos querer três vitórias, vamos trabalhar para isso. Já passámos por muitos obstáculos. Temos crescido muito enquanto coletivo e grupo. Batemos muito com a cabeça na parede, mas temos ficado mais fortes", rematou.

Fonte- SL Benfica * Texto- Rui Miguel Gomes * Foto- Isabel Cutileiro / SL Benfica

cabeleireiroa inicial 1