a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
58

Calendário da Elite Cup ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
86

WSE Continental Cup será ...

Quarta-feira , Ago 10 2022
66

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62220

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31085

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25230

Áustria vence Israel e ...

Sábado , Ago 30 2014
2945

Liga Europeia: UD ...

Sábado , Fev 06 2016
1799

Vítor Pereira (HA ...

Quarta-feira , Out 19 2016
1718

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

21 foto

A equipa masculina de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal realizou esta quarta-feira os habituais exames médicos, dando a ‘stickada’ de saída na pré-temporada 2022/2023.

Sem caras novas na equipa, os Leões mantêm o núcleo que tem conquistado vários troféus ao longo das últimas temporadas.

Na Clínica CUF Alvalade, o Sporting CP – agora treinado pelo argentino Alejandro Domínguez e com o espanhol Quim Pauls como coordenador – contou com a presença de Ângelo Girão, Zé Diogo Macedo, Gonzalo Romero, Matías Platero, Henrique Magalhães, Ferran Font, Alessandro Verona, João Almeida, João Souto e Toni Pérez.

Ângelo Girão, capitão e guarda-redes, falou à Sporting TV e explicou o sentimento de voltar ao trabalho. Para o internacional português, o "grupo coeso e montado há muitos anos" tem tudo para ser uma das chaves do sucesso. "Não houve contratações, pelo que a comunicação foi fácil. Tínhamos saudades uns dos outros. Tivemos um breve contacto com a equipa técnica e vamos dar as boas-vindas às novas pessoas. Que seja o começo de mais uma era ganhadora", afirmou.

Sobre a nova equipa técnica e o novo coordenador da modalidades, Ângelo Girão não escondeu a vontade de trabalhar em conjunto para adicionar troféus ao Museu Sporting: "As pessoas que vêm para o Sporting CP, como o Alejandro [Domínguez] ou o Quim Pauls, têm um histórico vencedor, o que nos traz esperança para que possamos, juntos, ganhar coisas para o Clube. É com esse intuito que vamos começar a trabalhar".

Por fim, o guardião de 32 anos frisou que o pretendido é "voltar a construir uma equipa que é uma família". "Sempre foi o nosso lema e queremos continuar assim", garantiu.

João Souto, também ele hoquista verde e branco, também se mostrou feliz por dar o arranque de 2022/2023.

"O grupo é o mesmo e já temos uma relação muito boa e longínqua. Já tínhamos muitas saudades de estarmos juntos. Vai ser, certamente, uma época de sucesso porque a família está reunida. Queremos que esses laços sejam cada vez mais fortes", disse à Sporting TV.

Trabalhar com Alejandro Domínguez vai significar, admitiu João Souto "ideias vão novas e diferentes, mas o grupo está disposto a trabalhar e a absorver essas novas ideias, assim como a receber o corpo técnico da melhor forma". "Neste Clube só pode haver uma forma de estar, que é ganhar, e é por isso que vamos lutar", reforçou.

Para concluir, o João Souto não escondeu que o facto de o grupo não ter sofrido alterações "pode ser uma vantagem", uma vez que "todos se conhecem e têm o feedback uns dos outros".

Fonte/Foto- Sporting CP

Curso Refrescamento Barbeiro 100h ed