a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Portugal vence França e ...

Sábado , Set 24 2022
11

Ricardo Ares- “Éramos ...

Sábado , Set 24 2022
4

Triunfo difícil mas ...

Sábado , Set 24 2022
6

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62374

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31267

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25368

Horários “Final-4 ” ...

Segunda-feira , Jun 08 2015
1795

Gonçalo Suíssas (Juv. ...

Sexta-feira , Mai 19 2017
1666

Paulo Freitas- “Foi um ...

Segunda-feira , Mai 06 2019
1263

Nail Art Nível I 19 Setembro

298760565 940844453500449 8755872429715667866 n

O Protocolo do Sistema de Revisão Vídeo (SRV), foi apresentado esta quarta feira no lançamento e sorteio da Elite Cup 2022 by Auditiv – 6ª Edição Masculina e 1ª Edição Feminina. O SRV vai ser utilizado, pela primeira vez em Portugal, nos 12 jogos da Elite Cup Masculina, que se realiza, de 2 a 4 de setembro, no Pavilhão Municipal Cidade de Tomar.

A apresentação esteve a cargo de Orlando Panza, presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da Federação de Patinagem de Portugal (FPP), que referiu que «este é um projeto que estamos a desenvolver na FPP, no âmbito do Conselho de Arbitragem, há mais de um ano e meio» e que «começou por uma recolha de informação, junto das Federações parceiras, das suas melhores práticas e de todo o trabalho desenvolvido nas outras modalidades. Passou também por algumas referências e pontos de contacto com os diversos clubes para perceber o que procuravam e o que estava em causa para os próprios clubes».

Panza explicou que «não estamos a falar num projeto puro de videoárbitro, mas de um Sistema de Revisão Vídeo. Um sistema de videoárbitro pressupunha que os jogos seriam acompanhados, de forma permanente, por um árbitro a ver vídeo. Não é isso que estamos a falar, mas sim da possibilidade de os árbitros em pista terem mais um recurso, que lhes vai permitir tomar melhores decisões. Daí termos um Sistema de Revisão Vídeo».

O pedido de revisão de uma situação de jogo poderá ser efetuado em qualquer altura da partida. As situações de jogo que podem ser revistas, por decisão dos árbitros, são as situações de linha de golo e as de conflito.

No que diz respeito às equipas, estas terão no máximo dois pedidos por jogo, nas situações assinaladas e por assinalar relativas a faltas graves e muito graves, penálti, livre direto e a falta de equipa a que corresponda livre direto, nos últimos cinco minutos do jogo. Em relação a esta última situação, Orlando Panza explicou que é assim «porque já temos esta referência com a retirada do guarda-redes para colocar mais um jogador de pista, como tal foi o nível utilizado para termos uma referência inicial».

Leia o documento completo do Protocolo do Sistema de Revisão de Vídeo (SRV).

Fonte- FPP * Foto- Sigmastars

Curso Design Sobrancelhas 25h ed