a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Edu Lamas- “Sinto falta ...

Sábado , Abr 04 2020
41

Relembrar... ...

Sábado , Abr 04 2020
26

Miguel Fortunato- ...

Sexta-feira , Abr 03 2020
302

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58464

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26348

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20978

3.ª D- Marinhense vence ...

Domingo , Jan 11 2015
1582

UD Oliveirense é Campeã ...

Sábado , Dez 15 2018
763

"Edo Bosch retira-se no ...

Quinta-feira , Mai 11 2017
2771

interiorespluri unhas J

84839010 643813913098679 5809058020776214528 n

A equipa do FC Porto deslocou-se à Capital do Móvel onde defrontou a Juventude Pacense com o triunfo a sorrir aos dragões por expressivos 12-2.
Jogo entre equipas de divisões diferentes com o FC Porto desde cedo a puxar das credenciais a controlar a partida, tentando evitar qualquer surpresa. E foi mesmo sem surpresas que a formação azul e branca chegou ao intervalo a vencer por 6-1 com os golos a serem apontados por Tiago Pimenta (JP), e pelo FCP “Poka”, Giulio Cocco, “Rafa”, Gonçalo Alves e Di Benedetto (2).
O FC Porto iniciou a segunda parte em alta velocidade e Giulio Cocco logo nos minutos iniciais fez mais dois golos colocando o placard em 1-8. Mantendo a pressão sobre a formação da casa, Sergi Miras e Giulio Cocco aumentaram para 1-10, tendo pouco depois João Marques reduzido para 2-10.
Já nos últimos minutos o FC Porto por intermédiod e Andrés Castaño e Reinaldo Garcia colocaram o marcador em 2-12, que selaria o resultado deste encontro, com o FC Porto a seguir assim em frente na Taça de Portugal.

Foto- Afonso Ferraz - MPx Sports / OK Porto

7Sabado

Alenquer Benfica1 New

O SL Benfica deslocou-se a Alenquer onde no Pavilhão “Zeca Carmo e João Lota” defrontou o S Alenquer B em jogo a contar para os 16 Avos de Final da Taça de Portugal com as águias a vencerem por 9-1 e a seguirem assim em frente na prova.
Com casa cheia, João Mendes destacou-se com importantes intervenções na baliza do Sport Alenquer e Benfica. O guarda-redes adiou o primeiro golo do SL Benfica, que foi apontado por Lucas Ordoñez aos 12', concluindo da melhor maneira, à boca da baliza, uma excelente jogada de Diogo Rafael na direita (0-1).
O mesmo Ordoñez elevou para 0-2 aos 17', aproveitando na área o endosso de Nicolía, que patinara pelo lado direito do rinque. Diogo Rafael, aos 20', iniciou e concluiu o desenho da jogada do 0-3, na qual Albert Casanovas também teve papel relevante na assistência.
Antes do intervalo, Pedro Henriques mostrou classe na baliza das águias, parando um penálti executado por Marinho.
Atrevido e a dar tudo no começo do segundo tempo, o Sport Alenquer e Benfica encurtou a diferença no resultado aos 31'. Francisco Contins stickou de longa distância e ficou a impressão de que Preto terá desviado subtilmente a trajetória do esférico em cima da baliza protegida por Pedro Henriques (1-3).
O Benfica repôs o desnível aos 33' numa exemplar finalização de Diogo Rafael, pelo buraco da agulha, depois de assistência de Lucas Ordoñez (1-4).
Dando maior expressão ao acerto no remate, Diogo Rafael aproveitou um livre direto para (à segunda stickada) faturar o 1-5 aos 40'. Edu Lamas rubricou o 1-6 pouco depois (41'), quando o adversário atuava em inferioridade numérica (duplo cartão azul a Pedro Lourenço).
Uma quebra na corrente elétrica deixou o pavilhão às escuras durante alguns minutos. Retomada a energia e reativada a iluminação artificial, o jogo foi reatado e o Benfica marcou o 1-7 por Diogo Rafael (42'), o 1-8 por Miguel Vieira (44') e o 1-9 por Albert Casanovas (50'). As águias apuraram-se para os oitavos de final da Taça de Portugal.

Fonte/Foto- SL Benfica

7Sabado

povoa scp sara

A equipa do Sporting CP segue em frente na Tça de Portugal ao vencer este sábado o CD Póvoa no “Pavilhão Fernando Linhares de Castro” na Póvoa do Varzim por 5-1 retornando assim aos triunfos depois de uma semana negra que abanou o HP leonino.
Um jogo onde a formação de Paulo Freitas desde cedo assumiu o seu favoritismo e ao intervalo vencia por 0-2 com golos de Verona e Gonzalo Romero.
Na segunda parte manteve-se sinal mais por parte dos leões e embora o CD Póvoa teha reduzido por Vítor Oliveira, a equipa do Sporting CP acabaria por dilatar o marcador nos minutos seguintes com os golos a serem anotados por Raúl Marin e Pedro Gil.

Foto- Sara Ferreira/ www.hoqueipatins.pt 

7Sabado

massagem desportiva uov

A massagem desportiva consiste numa série de movimentos profundos que têm como objectivo a reconstrução das fibras musculares, a prevenção de lesões e a regeneração física do atleta. A intensidade varia entre o ritmo forte e intenso, a uma massagem mais lenta e precisa conforme o objectivo em questão. No caso de uma recuperação de uma competição, as duas técnicas são aplicadas com finalidades distintas.

Mas os benefícios não se ficam por aqui. A massagem promete melhorar a circulação sanguínea e o consequente transporte de oxigénio para os músculos, diminuindo a fadiga e cansaço extremo. A drenagem linfática acelera o processo de regeneração mas ainda purifica o organismo através da eliminação de toxinas e resíduos metabólicos. A técnica previne o aparecimento de cãibras, melhora a mobilidade articular e reduz edemas e inflamações. Para além da regeneração, a massagem é relaxante o que vai promover o bom descanso do atleta após o treino.

A frequência ideal é de pelo menos uma vez por semana. Se faz desporto de competição o ideal será aumentar a frequência para duas vezes semanais ou até mesmo sempre após o treino. Isto poderá fazer diferença caso esteja a preparar-se para uma prova. Deverá ser realizada por terapeutas especializados na técnica e é contra indicada em caso de problemas de saúde como algumas doenças cutâneas, feridas, problemas circulatórios ou lesões agudas. Com o aumento significativo do número de pessoas que praticam desporto, seja de competição ou de pura manutenção, são cada vez mais procurados os profissionais em Massagem Desportiva.

Atenta ao mercado a Pluriform vai iniciar no próximo dia 2 de Março Formação em Massagem Desportiva. A duração varia entre as 25 e as 75 Horas, conforme conhecimentos prévios dos formandos e poderá ser administrada presencialmente ou em regime semi-presencial. Tem flexibilidade de horários e facilidades de pagamento. A formação é certificada. A formação é certificada

 

andgir1

Em cinco dias, os sportinguistas sofreram 11 golos contra os rivais diretos de Lodi e FC Porto, marcaram apenas um e ficaram a saber que não superam a fase de grupos da Liga Europeia. O desempenho no clássico, anteontem, mereceu duras críticas dos dirigentes do clube, mas o puxão de orelhas público aos jogadores e ao treinador não é consensual. «É a mesma equipa que venceu a Liga Europeia há menos de um ano. É muito fácil acusá-los», diz o antigo treinador dos seniores, Nuno Lopes, que ganhou a Taça CERS em 2014.

O Sporting perdeu com o FC Porto no Dragão Arena, anteontem, por 0-6, depois de afastado matematicamente dos quartos de final da Liga Europeia, sábado, quando defendia o título conquistado a 12 de maio do último ano. O diretor das modalidades, Miguel Albuquerque, acusou os membros da equipa de «não honrarem os valores e a história» do clube, argumentando ainda que «a qualidade individual e o investimento no hóquei em patins» justificam melhores desempenhos.

«A comunicação do Sporting não pode permitir que se atribuam medalhas de lata a treinador e jogadores campeões europeus há menos de um ano. São os mesmos. Não deixaram de honrar as camisolas e ainda estão na luta do título», frisa Nuno Lopes, agora treinador do Sporting de Tomar, bem encaminhado para o regresso à I Divisão. «Lideranças aglutinadoras são necessárias nestes momentos, acima de tudo. Nunca ouvi os dirigentes de Benfica e FC Porto criticarem as suas equipas em público. Resolvem tudo a nível interno. Isso é falar para os adeptos», reforça o técnico, recordando um episódio quando treinava a equipa e surgiu uma primeira notícia dando conta da sua substituição por Paulo Freitas, atual treinador. «O Bruno de Carvalho chamou toda a estrutura para comunicar que me manteria como treinador. As agendas próprias desapareceram e todos se uniram para conquistarmos a Taça CERS.»

Para Nuno Lopes, a fragilidade do Sporting não é nova. «Resultados inesperados da primeira volta condicionaram o percurso e não é fácil gerir plantel de 12 jogadores. O Ângelo Girão [guarda-redes] é determinante e aquele que conheço e deu títulos ao Sporting não é o mesmo do Lodi e do Dragão. Mas tem de haver forma de protegê-lo. Também não temos visto uma equipa alegre em pista.» A queda na Liga Europeia terá deixado marcas maiores e «como se levanta uma equipa para outro momento importante em apenas dois dias?»

Fonte/Foto - Jornal “A Bola” * Texto – Gabriela Melo

6Sexta

deolho no apito

A FPP publicou esta sexta feira as nomeações dos árbitros para as partidas oficiais que se realizarão de 21 a 28 de fevereiro.
Para além das partidas dos nacionais jovens destaque para os jogos dos 32 avos de final da taça de Portugal que se realizam este fim de semana.

Nomeações

Fonte- FPP

6Sexta

cartaz inter regioes fem 2020 768x1086

O Pavilhão Municipal do Luso, na Mealhada, vai acolher mais um grande evento de hóquei em patins.
Esta edição vai acontecer no fim-de-semana de Carnaval, entre 22 e 24 de fevereiro de 2020 e contará com a participação das Seleções Regionais de Aveiro, Coimbra, Porto, Alentejo, Lisboa e São Miguel.
Trata-se da primeira edição do Torneio Inter-Regiões Feminino, numa iniciativa da Federação de Patinagem de Portugal, com o apoio da Associação de Patinagem de Aveiro e da Câmara Municipal da Mealhada.
Nota de referencia para a Seleção do Alentejo que é composta por atletas da AP Alentejo, AP Setúbal e AP Minho (O regulamento permite a inclusão de jogadoras de outras associações para completar a equipa), numa prova que se espera seja a primeira de muitas a partir desta edição, e é em simultâneo a confirmação por parte da FPP na dinamização do HP Feminino em Portugal.

Fonte- AP Aveiro

6Sexta

img 4370

A FPP entregou a responsabilidade da realização do 44.º Torneio “Inter-Regiões Páscoa”- 2020 à AP Porto, que será disputado na Cidade transmontana de Bragança tendo como palco o Pavilhão Municipal daquela cidade e que se realizará entre os dias 2 e 5 de Abril próximo.
O sorteio deste Torneio será realizado no Luso, durante o Torneio “Inter-Regiões Carnaval” 2020.

Fonte- FPP

6Sexta

86773294 1321619388029708 2800487348947648512 o

A UD Oliveirense recebeu no “Dr. Salvador Machado” o seu vizinho e rival AD Sanjoanense com o triunfo a sorrir ao conjunto de Oliveira de Azeméis por 7-5 num jogo de muitos golos e emoção qb.
Primeira parte de maior domínio da equipa de Renato Garrido que chegou ao intervalo a vencer por 3-1. Até foi a formação alvinegra a inaugurar o marcador por Pedro Cerqueira mas até ao intervalo a equipa da casa a dar a volta ao resultado com golos de Jordi Bargalló, Jorge Silva e Henrique Magalhães.
Etapa complementar a mostrar uma Sanjoanense decidida e a aproveitar alguma passividade da Oliveirense que permitiu ao conjunto de Vitor Pereira empatar a partida. Facundo Navarro e pouco depois Pedro Cerqueira de GP, colocavam a equipa da Oliveirense em sentido, quando surgiu o empate.
A Oliveirense acordou, reagiu e chegou ao 5-3 com tentos de Jordi Bargalló e Marc Torra, este de GP.
O jovem argentino Facundo Navarro reduziu para 5-4, mas mais uma vez a maior experiência a assertividade da formação da Oliveirense voltou a ser decisivo com Jordi Bargalló e Marc Torra a colocarem o placard em 7-4. Hugo Santos ainda reduziu para 7-5, corria já o ultimo minuto da partida mas inconsequente para o resultado final.
Valeu uma Oliveirense mais madura e que soube contrariar a irreverência do conjunto da Sanjoanense.
A Oliveirense após esta jornada subiu um lugar por troca com o OC Barcelos, ocupando agora o 4.º lugar com 38 pontos com a Sanjoanense a manter-se no 9.º lugar com 19 pontos.
Na próxima jornada a jogar-se a 29 de fevereiro a Oliveirense desloca-se a Torres vedras onde defrontará a AE Física D e a Sanjoanense recebe no seu reduto o CD Paço Arcos.

Foto- Facebook UD Oliveirense

5Quinta

87035817 3401124839917012 2026860552348762112 o

O HC Braga recebeu esta quarta feira a equipa do Valongo e venceu por 4-3 num jogo onde apenas na parte final da partida conseguiu fazer a remontada que garantiu os três pontos aos minhotos.
Primeira parte a terminar com o nulo no marcador embora Braga e Valongo tenham desperdiçado bolas paradas que poderiam ter aberto o marcador nas “Goladas”.
Seria o Braga a inaugurar o placard por intermédio de Joca Guimarães aos 5 minutos, golo que abriria as hostilidades no jogo com a emoção a tomar conta da partida.
O Valongo conseguiria dar a volta ao marcador com Diogo Fernandes, de LD a empatar aos dez minutos e dois minutos depois por Guilherme Silva de GP a colocar a equipa visitante na frente.
O Braga respondeu quase de imediato pro “Bekas”.
O Valongo responderia aos 18 minutos por Nuno Araújo, que de LD (10.ª falta do HCB) colocou mais uma vez o Valongo na frente do marcador por 2-3, mas essa vantagem duraria pouco já que após um Azul mostrado a Pedro Mendes, Ângelo Fernandes empatou de LD e já no decorrer do minuto final da partida Rampulla faria o 4-3, que selou o resultado deste encontro.
O HC Braga após a 17.ª jornada mantem a 6.ª posição com 25 pontos, com a AD Valongo a ocupar o 8.º lugar com 19 averbados.
Na próxima jornada o HC Braga volta a jogar nas “Goladas” onde será anfitrião do FC Porto, e a AD Valongo joga no “San Ciro” onde defrontará o SL Benfica.

Foto- Facebook AD Valongo

5Quinta