a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Cabestany- “esta é uma ...

Sexta-feira , Jan 24 2020
76

Miguel Vieira- “jogar o ...

Sexta-feira , Jan 24 2020
86

Raul Marín poderá estar ...

Sexta-feira , Jan 24 2020
152

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58061

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25940

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20671

Alfredo Santos reforça ...

Quarta-feira , Ago 01 2018
644

Fabien Savreux ...

Quarta-feira , Abr 11 2018
458

Nomeações de 5 a 22 de ...

Sexta-feira , Fev 15 2019
369

interioresCabeleireiro ESS Q

79775552 1529959497151814 7031083753879371776 n

Foi um OC Barcelos imponente aquele que se mostrou este sábado no Municipal de Barcelos frente ao campeão e título da prova, o Lleida que não encontrou antidoto, em particular para anular a inspiração do jovem internacional português que à sua conta fez quatro dos golos que a formação minhota brindou os catalães, com o resultado final a cifra-se me 5-1.
Mas nem tudo começou bem para o Barcelos que viu o Lleida inaugurar o marcador aos 13 minutos por Oriol Vives. O Barcelos chegou ao empate por “Alvarinho” aos 21 minutos, resultado que se manteve até ao intervalo.
Entrada decidida do conjunto orientado por Paulo Pereira que aos 2 minutos da etapa complementar ficou pela primeira vez na frente do marcador, após “Alvarinho ter feito o 2-1. Dois minutos depois seria Gonçalo Nunes a aumentar para 3-1.
A perder a formação catalã procurou sacudir a pressão até então exercida pelo Barcelos, mas a noite era decididamente de “Alvarinho” que aos 12 minutos fez o 4-1 e no minuto seguinte aumentou para 5-1, praticamente decidindo o desfecho do encontro.
Resultado que não sofre contestação e que deixa a equipa do Barcelos com margem suficiente para encarar a segunda mão dos oitavos de final com confiança.

Foto- Facebook OC Barcelos / Diogo Machado

Domingo

79147833 2634786133268587 1711817936613670912 o

A Juventude de Viana recebeu e venceu o Trissino, de Itália por 3-0 em jogo que contou para a primeira mão dos oitavos de final da Europe Cup.
Jogo onde os minhotos tinham pela frente uma equipa experiente, treinada por Sérgio Silva e que no seu plantel inclui os portugueses Reinaldo Ventura, Diogo Neves e o argentino Emanuel Garcia, sabiam das dificuldades que poderiam de aí advir.
Jogo pautado pela equipa da casa que defensivamente esteve muito bem e conseguiu chegar ao intervalo a vencer por 1-0 com golo de Luís Viana.
Com o Trissino a entrar no segundo período na busca do empate, a formação de André Azevedo soube gerir bem a vantagem e nos primeiros dez minutos da etapa complementar conseguiu mesmo chegar ao 3-0 com golos de Rémi Herman na marcação de um LD e pouco depois por Francisco Silva.
Até final, gestão por parte do conjunto de Viana do Castelo, a conseguir congelar o jogo da formação transalpina, com o resultado a não sofrer alterações até ao apito final da mesa.
Triunfo importante para a Juventude Viana que parte com uma vantagem que lhe pode ser determinante para encarar a segunda mão de forma mais confiante e poder assim seguir em frente nesta edição da Europe Cup.

Foto- Facebook Juventude de Viana 

Domingo

78863487 1838506012960116 8129972220555427840 o

O “Alfredo Bento Calado” recebeu este sábado a partida entre o Tigres de Almeirim e a Sanjoanense com o triunfo a sorrir aos forasteiros por 6-4, em partida que serviu de estreia para Hugo Santos, emprestado pelo FC Porto aos Alvinegros e que já começou a render na equipa orientada por Vítor Pereira, fazendo dois dos golos da formação da Sanjoanense.
Numa primeira parte equilibrada a equipa ribatejana chegou ao intervalo a vencer por 2-1 com os golos a serem apontados por Filipe Bernardino e Miguel Feio (HC Tigres) e “Alex” Mount pela Sanjoanense.
Segunda metade onde se manteve esse equilíbrio até ao golo do empate da Sanjoanense apontado por Hugo Santos. O mesmo jogador conseguiria a reviravolta no marcador aos 12 minutos ao fazer o 2-3.
Com o Tigres a procurar inverter a situação seria no entanto a equipa da Sanjoanense a dilatar o marcador chegando ao 2-5 depois dos tentos de “Alex” Mount e Pedro Cerqueira.
O HC “Os Tigres” reagiu, mas já havia pouco tempo para mudar as coisas. Filipe Bernardino fez o 3-5 e pouco depois seria Hernâni Domingos a fazer o 4-5. Com a formação local na luta pelo empate foi a equipa visitante a selar o resultado deste encontro depois de Facundo Navarro fazer o 4-6 a poucos segundo do terminus do encontro.
Triunfo importante da equipa da Sanjoanense num jogo frente a um adversário do seu campeonato e onde o Tigres só se poderá queixar da sua falta de eficácia, já que à sua conta desperdiçou 4 bolas paradas e que neste patamar paga-se caro e normalmente com derrotas.

Foto- Facebook HC “Os Tigres”/António Anacleto

Domingo

rdscp

O Sporting CP empatou a 3 bolas na deslocação ao recinto do Reus Deportiu em jogo que contou para a 3.ª jornada da Liga Europeia de Clubes, mantendo no entanto a liderança do seu grupo.
Os actuais Campeões Europeus inauguram o marcador nos minutos iniciais por intermédio de Pedro Gil, mas o Reus Deportiu conseguiu a reviravolta ainda antes do intervalo graças aos golos de Marc Julià e Pablo del Rio.
No segundo tempo, o conjunto catalão chegou mesmo ao 3-1 (tento de Romà Barcelos), mas Ferran Font, seria a peça importante na manobra ofensiva dos leões ao bisar e chegar ao empate a 3 bolas.
O Sporting CP é líder do Grupo A, somando sete pontos - mais um que AW Lodi (Itália), mais três que Reus Deportiu (Espanha) e mais sete do que o HC Dinah Quévert (França). A equipa de Paulo Freitas visita agora a AD Valongo para o Campeonato Nacional, com o jogo a realizar-se na próxima quarta-feira, 18 de Dezembro.

Fonte- Sporting CP * Foto- www.diaridetarragnona.com 

Domingo

IMG 20191214 WA0033 773x380

A Oliveirense somou a terceira vitória em outros tantos jogos ao vencer esta tarde de sábado o Forte Dei Marmi por 7-2 e mantem-se assim líder do Grupo D e está a um pequeno passo de confirmar a sua passagem aos quartos de final da prova.

Jogo intenso no Pavilhão Dr. Salvador Machado com a Oliveirense a realizar uma excelente partida e a ficar muito perto de atingir os quartos de final da Liga Europeia de Hóquei em Patins.
O primeiro golo do encontro foi marcado pelo inevitável Jordi Bargalló que teve frieza para bater o guarda-redes adversário quase a meio da primeira parte.
A 9 minutos fo intervalo o ferro impediu novo golo. Foi na sequência de um contra-ataque finalizado por Jorge Silva após passe de Marc Torra.
O Forte Marmi é sempre uma equipa complicada e aguerrida e a Oliveirense tinha de estar sempre alerta para o perigo. Nélson Filipe com três boas defesas manteve a baliza em branco durante a primeira parte.
Já perto do intervalo, Jordi Bargalló voltou a acertar nas redes italianas. Outra vez o sentido de oportunidade do catalão a ser a chave para chegar ao 2-0.
Os segundos 25 minutos voltaram a ser jogados a um ritmo intenso com os duelos individuais a serem disputados no limite. O Forte fez dois golos em dez minutos com Marti Casas a encurtar distâncias e Xavi Rubio a empatar o jogo 2-2.
Mas, a Oliveirense reagiu e voltou a saltar para a liderança. Marc Torra falhou um livre directo e na sequência da jogada sofreu grande penalidade. O próprio Torra assumiu a marcação e fez o 3-2. O marcador viria a sofrer nova alteração quando Xavi Barroso decidiu disparar um remate cruzado sem qualquer hipótese de defesa.
Este foi o período onde a União foi mais eficaz. Henrique Magalhães fez um belo golo com uma finta e finalização exemplares e aumentou para 5-2. Xavier Barroso foi mais um remate poderoso para o 6-2 e Magalhães via a finalizar uma excelente jogada da equipa para o 7-2 com que acabou o jogo.
Após esta jornada três que encerra a primeira volta da fase de grupos, a Oliveirense comanda com 9 pontos, seguido do Deportiu Liceo, com 6 (que foi a Saint Omer vencer a equipa francesa por 5-2), seguido do Saint Omer e Forte Dei Marmi, ambas com 1 ponto.

Fonte/Foto- UD Oliveirense

Sábado

benficabarcelona1

O Benfica sofreu, à 3.ª jornada, a primeira derrota na fase de grupos da Liga Europeia ao perder (2-4) em casa com o Barcelona.

Num jogo que decidia a liderança isolada do Grupo C, os encarnados correram sempre atrás do prejuízo com Lucas Ordoñez e Gonçalo Pinto a responderem aos golos catalães. Pablo Álvarez sentenciou o encontro nos instantes finais numa altura em que o Benfica apostava tudo no empate.

Com este resultado, o Barcelona isola-se no primeiro lugar do grupo, com 9 pontos, mais três que o Benfica, que está seguro no segundo posto.

foto/fonte:record.pt

FCPorto

O FC Porto sofreu este sábado a primeira derrota na edição deste ano da Liga Europeia, ao perder por 6-4 na visita ao reduto dos espanhóis do CE Noia, em partida da 3.ª jornada do Grupo A.

Num duelo no qual tinha pela frente uns espanhóis com 4 pontos (contra os 6 dos dragões), a formação portuense até começou a ganhar com um golo de Gonçalo Alves, mas depois acabou por ser superada pela reação do Noia, que chegou ao triunfo com tentos de Sergi Aragonés (2), Ferreti (2), Pol Manrubia e Xavi Costa. Pelos dragões Gonçalo Alves marcou mais dois golos - Carlo Di Benedetto fez o outro -, mas de pouco valeria aos pupilos de Guillem Cabestany.

Com este resultado, os portistas descem ao segundo lugar, a um ponto do Noia.

fonte:record.pt

69249374 1060794807447238 1085399018076372992 n

A equipa principal de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal joga, este sábado, em casa do Reus Deportiu em jogo da terceira jornada do Grupo A da Liga Europeia. Frente a frente os dois primeiros classificados num encontro em que os Leões querem vencer, também, para continuar na liderança isolada do grupo.
No entanto, Alessandro Verona disse ao Jornal Sporting que não será uma partida fácil: “O Reus Deportiu tem uma equipa muito boa e forte ofensivamente. Temos de estar muito concentrados, fazer o nosso trabalho e aquilo que treinámos durante a semana”.
Ainda assim, a qualidade do adversário não será a única dificuldade que o Sporting CP enfrentará: “A pista deles é muito diferente da nossa e isso vai tornar o jogo mais difícil para nós. O piso vai dificultar a forma de patinar e de travar.
O certo é que, sejam quais forem as adversidades, a formação Leonina entrará focada em ganhar: “Somos o Sporting CP e o Sporting CP entra sempre para ganhar”.

Fonte- Sporting CP

Sexta Feira

deolho no apito

A FPP divulgou a lista das nomeações dos árbitros desde esta sexta feira até à próxima quinta feira, dia 19 de dezembro.

Lista das nomeações

Sexta Feira

74523234 1425562284287882 6187535100155002880 o

O Capitão do FC Porto anteviu a deslocação até ao pavilhão do Noia, em jogo a contar para a terceira jornada do Grupo B da Liga Europeia (sábado, 15h00)
O FC Porto Fidelidade regressa este sábado aos compromissos europeus com a viagem até ao pavilhão do Noia (15h00, Porto Canal e FC Porto TV). Os azuis e brancos venceram os dois primeiros encontros da Liga Europeia, mas o jogo da terceira jornada do Grupo B será a “deslocação mais difícil” para os Dragões de Guillem Cabestany. Quem o diz é o capitão Reinaldo García, que espera um jogo complicado, no qual os campeões nacionais têm de entrar “concentrados e muito compactos” para conseguirem os três pontos na Catalunha.
Com seis pontos, o FC Porto Fidelidade lidera o Grupo B. Já o Noia é segundo classificado, com quatro pontos.

Crescimento ao longo da temporada
Desde o início da época, a equipa tem enfrentado alguns altos e baixos. Precisávamos de ser mais constantes e, através das últimas vitórias, conseguimos ganhar mais confiança. Estamos a conseguir fazer o nosso jogo e estamos a crescer jogo a jogo, tanto no ataque como na defesa, por isso regressamos à Liga Europeia com boas sensações.

O Noia
Já fui jogar ao pavilhão do Noia muitas vezes e é uma equipa que é muito forte em casa. Com o passar dos anos, a equipa muda, mas o estilo de jogo é sempre o mesmo. É uma equipa sempre muito pressionante, que defende muito bem e que disputa os 50 minutos com muita intensidade, estando a ganhar ou a perder. Vai ser a deslocação mais difícil e esperamos dificuldades.

Concentrados na vitória
Precisamos de estar no nosso melhor para vencer este jogo, sobretudo a nível defensivo. Temos que estar muito concentrados e muito compactos. Acredito que os pequenos pormenores no ataque podem fazer a diferença. Vamos jogar num pavilhão que terá um ambiente muito bom, com muitos adeptos nas bancadas, e o rinque também é muito diferente do nosso, por isso temos de estar concentrados e no nosso melhor para conquistar os três pontos.

Coletivo à frente do individual
É sempre bom marcar, principalmente porque ajudo a equipa dessa forma, mas preferia fazer três assistências do que marcar um golo. O mais importante é a equipa e a vitória.”

Fonte/Foto- FC Porto

Quinta Feira