a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Cabestany- “esta é uma ...

Sexta-feira , Jan 24 2020
79

Miguel Vieira- “jogar o ...

Sexta-feira , Jan 24 2020
89

Raul Marín poderá estar ...

Sexta-feira , Jan 24 2020
153

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58061

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25940

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20671

FPP atualiza lista dos ...

Quinta-feira , Jul 05 2018
617

Taça CERS: HC Turquel ...

Domingo , Nov 27 2016
1018

Veja os jogos de ...

Quarta-feira , Abr 29 2015
1094

interioresCabeleireiro ESS Q

ganchas

O S Alenquer B informou esta terça feira, através de comunicado, que Diogo Ganchas já não é o treinador da formação da Vila Presépio.
Segundo o comunicado, a Comissão de Gestão do Clube entendeu ser a altura para mudar o rumo no projeto que tem para a equipa sénior tendo chegado a entendimento com Diogo Ganchas para a saída deste do comando técnico da formação principal do Alenquer.
Para além de Diogo Ganchas, sai também Tiago Falé, que acumulava as funções de treinador-adjunto e preparador físico.
Carlos Garção, o actual Coordenador do Hóquei de Competição do Clube, assumirá de forma interina o comando técnico da equipa sénior, que recorde-se perdeu na ultima jornada na deslocação ao Candelária, tendo descido para o 4.º lugar da classificação geral da zona sul da 2.ª divisão, mas mantem o objectivo de lutar pela subida ao escalão maior da modalidade.
Diogo Ganchas que fez todo o seu percurso, como jogador no S Alenquer B, e foi aqui que também iniciou o seu percurso como técnico, primeiro nas camadas jovens e posteriormente nos seniores. Seria posteriormente treinador do HC “Os Tigres” voltando à três temporadas ao seu S Alenquer B, onde se manteve até esta terça feira.
O Clube no referido comunicado, agradece a Diogo Ganchas todo o seu empenho e profissionalismo ao longo deste percurso no S Alenquer B.

o Diogo Ganchas, o Sport Alenquer e Benfica e todos os seus adeptos estarão sempre gratos pelo seu percurso exemplar, pelo seu profissionalismo, pela sua entrega e pelo amor que nunca escondeu ter pelo clube. Por essa razão, o SAB nunca terá a sua porta fechada ao ex-atleta e técnico que, dando sempre tudo em prol do clube, representa também o ADN do Sport Alenquer e Benfica.”

 

78348348 1014620215555116 3068412163400925184 o

No jogo mais importante da jornada nove da zona sul da 2.ª divisão, o Candelária a jogar na Ilha do Pico levou a melhor sobre o S Alenquer B, numa partida entre candidatos à subida.
Jogo predominantemente equilibrado e foi nos pormenores que a equipa açoriana se superiorizou frente a um Alenquer forte mas a não ter a eficácia que se lhe pedia, em particular nas bolas paradas, onde o conjunto de Diogo Ganchas desperdiçou as 3 oportunidades que dispôs.
O Candelária chegou ao intervalo a vencer por 1-0, golo apontado por Candeias.
Já na segunda metade e depois de “Marinho” ter desperdiçado uma GP, André Garção chegou ao empate, corria o minuto 10.
Seria de LD que o Candelária voltaria a ganhar vantagem quando João candeias fez o 2-1 aos 15 minutos e Pedro Afonso a aumentar para 3-1 aos 20 minutos.
O golo que fechou o placard deste encontro aconteceu aos 24 minutos apontado por Anderson Luís, praticamente selando a história deste jogo.
Esta vitória dos picarotos coloca novamente a formação açoriana na zona de subida numa luta onde estão vários intervenientes, entre os quais o S Alenquer B que com este desaire foi ultrapassado pelo Candelária na classificação geral.
Na próxima jornada o Alenquer recebe no seu reduto o SC Torres enquanto o Candelária faz mais uma viagem até ao continente defrontando o HC Sintra.

Foto- Facebook Candelária SC

Terça Feira

IMG 0932

O Oeiras foi até Campo Ourique vencer a formação local, o CA Campo Ourique por 7-4 regressando assim aos triunfos depois de três jogos onde averbou dois empates e uma derrota.
Num jogo onde a formação da linha entrava como favorita, os cinquenta minutos de jogo acabou por confirmar aquilo que se esperava.
Ao intervalo a equipa de Miguel Dantas vencia 2-3 num período onde houve algum equilíbrio mas na segunda metade as mais valias do conjunto da linha acabaram por vir ao de cima conseguindo um triunfo confortável.
Do lado do CACO marcaram André Lopes (2), Fabien Waridel, Augusto Cachucho e do lado da AD Oeiras, Miguel Sardinha (2), Diogo Neves (2), Gonçalo Sardinha, Rafael Ogura e André Inácio.
Após esta jornada 9 o Oeiras ocupa a 6.ª posição com 15 pontos e o CACO mantem-se abaixo da linha de água ocupando a penúltima posição com 4 pontos.
Na próxima jornada o CA Campo Ourique vai até ao Estoril onde defrontará a Juventude Salesiana e o Oeiras recebe o lanterna vermelha, o GD Sesimbra.

Foto- Luísa Robalo

Terça Feira

78552799 439914553597484 8878253487427682304 o

O Famalicense foi até Valença do Minho vencer o Valença HC por 4-2 numa partida que apenas se decidiu nos minutos finais do encontro.
A formação de Valença entrou melhor e chegou à vantagem de 2-0 ainda na primeira parte (golos de Diogo Sá e Manuel Neves), aproveitando alguma apatia do conjunto orientado por Vitor Silva.
A segunda metade teria uma história diferente e que sorriu ao conjunto visitante. Logo aos três minutos Pedro Silva reduziu para 2-1 e aos sete minutos o mesmo jogador chegou ao empate, logo após o Valença, por intermédio de Manuel Neves ter desperdiçado um LD.
Num segundo tempo onde qualquer das formações dispôs de bolas paradas para alterar o marcador seria já no penúltimo minuto que o Famalicense conseguiria a reviravolta com Hugo Costa a fazer o 2-3. A poucos segundos do final do encontro Gabriel Silva faria o 2-4 com que selou o resultado deste jogo.
Triunfo difícil num recinto sempre complicado para quem o visita, fruto da qualidade da formação de Valença, mas nesta partida a eficácia e o sortilégio do jogo estiveram de mãos dadas com o Famalicense.
O Valença com este desaire desce ao 8.º lugar, mantendo os 14 pontos, enquanto o Famalicense mantem o 3.º lugar agora com 19 pontos.

Foto- Facebook Famalicense AC

Terça Feira

69381551 2440637272711610 2789852198173933568 n

O SC Marinhense recebeu no passado sábado a Académica de Espinho e venceu por 5-3, regressando desta forma às vitórias depois do desaire sofrido na deslocação a Valongo.
Jogo entre o líder e uma das formações que ocupa lugares cimeiros da classificação, mas a equipa vidreira a não facilitar e a manter a concorrência à distância, nesta luta pela subida.
Foi mesmo a formação forasteira a ganhar vantagem quando “Fred” Saraiva fez o 0-1 aos 9 minutos.
A equipa de Nuno Domingues não se acomodou e depois de “Nico” Carmona ter desperdiçado uma GP, Juan Fontan e David Costa conseguiriam a reviravolta no marcador ainda antes do intervalo.
“Fred” Saraiva logo ao início da etapa complementar voltou a marcar, fazendo à passagem do minuto 4 o empate a 2 bolas, mas o Marinhense respondeu à letra com David Costa e Angel Vera a colocarem o placard em 4-2 no minuto seguinte.
Fase de jogo aberto permitiu ao Espinho reduzir logo depois por Ricardo Ramos, que fez o 4-3 deixando a incerteza no desfecho da partida.
Sempre com sinal mais do Marinhense, Gonçalo Domingues desperdiça um LD aos 7 minutos e dois minutos depois Carlos Cantó, de GP faz o 5-3. Juan Fontán no minuto seguinte poderia ter aumentado o score mas Cláudio Bessa, o guardião forasteiro defendeu o LD correspondente à 10.ª falta do Espinho.
Até final várias oportunidades para o marcador se alterar mas tanto o guarda redes do Espinho, Cláudio Bessa como Marco Gaspar, o guardião vidreiro, foram determinantes ao defenderem algumas bolas paradas que determinaram o desfecho deste jogo.
Triunfo importante para a equipa da Marinha Grande que manteve a distância para os seus mais imediatos perseguidores e mantem assim o grande objectivo, o da subida, vivo, quando nos aproximamos do final da primeira volta do campeonato.
Após esta jornada o Marinhense lidera com 24 pontos, mais 3 que a AD Valongo “B”, e a AA Espinho manteve a 4.ª posição com 16 pontos.
Na próxima ronda o Marinhense desloca-se ao recinto do CH Carvalhos naquele que é um dos jogos mais importantes da 10.ª jornada e o Espinho jogará no seu reduto onde será anfitrião da Juventude Pacense.

Foto- Miguel Rodrigues

Terça Feira

72651931 1408085789368865 5946413548803457024 o

Hugo Santos, avançado do FC Porto foi cedido pelos Dragões à AD Sanjoanense, por empréstimo, até ao final da época.
Este jovem goleador, de 19 anos, e natural de S. João da Madeira, que tem contrato com o FC Porto até ao final da temporada 2021/22, regressa assim a uma casa que já representou e é uma aposta grande na equipa sénior dos alvinegros que tem como treinador Vítor Pereira.

Foto-facebook FC Porto

Terça Feira

78392746 2560589490656919 7170605680590585856 o

A equipa do SC Tomar manteve a liderança isolada da zona sul da 2.ª divisão ao vencer no “Zeca Afonso” o HCP Grândola por 4-1, num jogo onde esteve quase sempre na mó se cima justificando em pleno os três pontos em disputa.
Ivo Silva abriu o marcador cedo, logo aos três minutos, colocando os leões em vantagem e o mesmo jogador aumentaria para 0-2 aos oito minutos, numa fase de grande pressão leonina e onde os ferros da baliza defendida por Tiago Pereira viram a bola embater por várias vezes adiando o 3.º golo dos ribatejanos.
Iago Torres reduziria ao minuto 12, numa das poucas situações de golo criada pela equipa da casa. O jogo baixou, nesse período, de qualidade mas seria o SC Tomar a fazer o 1-3 por “Xanoca” a dois minutos do intervalo.
Segunda parte a manter-se um Sporting Mais perigoso, embora o jogo tenha ficado mais aberto permitindo situações de apuro para os dois lados.
Tiago Pereira foi nesta etapa complementar o homeme em maior evidência “roubando” por várias vezes o golo nabantino que chegaria no entanto, por intermédio de Hernâni Dinis aos 8 minutos.
Até final várias situações de golo mas que acabaram por ser desperdiçadas, uma pela intervenção dos guardiões, outras por inépcia dos jogadores envolvidos.
Na próxima jornada o SC Tomar recebe o BIR com o HCP Grândola a deslocar-se até ao “Fernando Lopes Graça” onde enfrentará o Parede FC.

Foto- Facebook SC Tomar

Segunda Feira

94

A equipa de hóquei em patins feminino do Sporting Clube de Portugal recebeu e venceu o CR Antes por 21-1, em jogo referente à 10.ª jornada do Campeonato Nacional.
Andreia Barata aproveitou esta partida frente à última classificada e rodou a sua equipa, deixando de fora algumas das habituais titulares, num jogo onde se esperava pouca réplica por parte da formação visitante.
E foi o que aconteceu com o resultado a registar ao intervalo 11-0.
Segunda parte quase no mesmo registo, com o Sporting CP a manter-se quase sempre no meu rinque da formação do Antes com o resultado a subir de forma gradual e sem surpresas.
Os golos foram marcados por Eva Lavado (5), Adriana Valero (5), Inês Florêncio (3), Maria Duarte (2), Diana Pinto (2), Adriana Costa (2), Inês Sobral (1) e Rita Carvalho (1). O golo de honra da equipa do CR Antes teve a chancela de Mariana Duarte.
Nas restantes partidas desta ronda 10, nota de referência para o facto de à excepção do jogo do Sporting CP- CR Antes, todas as equipas visitantes venceram as respectivas partidas. A Académimca da Feira venceu no recinto da AF Arazede por 5-2, a Sanjoanense foi vencer a Coimbra a “Briosa” por 4-1, o CH Carvalhos foi vencer a Campo de Ourique o CACO por 6- e a UD Nafarros na deslocação ao Tojal, venceu o APAC Tojal por 4-2.
O jogo UD Vilafranquense- SL Benfica foi adiado para o próximo dia 17 de dezembro. O SL Benfica lidera a prova com 24 pontos seguido pelo Sporting CP, Académica Coimbra e CH Carvalhos, todas com 21 pontos.

Segunda Feira

78713892 3117734105119298 2922005837905920000 o

O GD Sesimbra chegou a acordo com Diogo Dias para reforçar a equipa sénior do Clube até ao final da temporada.
É um regresso de Diogo Dias ao Clube da Vila Piscatória, depois de na ultima temporada ter representado o Murches.
Com 27 anos, natural de Setúbal, representou entre outros o Sporting CP, SL Benfica e HC “Os Tigres” (nas camadas jovens), tendo posteriormente representado o HC Sintra, GD Sesimbra e GRF Murches, já como sénior.

Fonte/ Foto- GD Sesimbra

Segunda Feira

78314852 2897766606920491 469268466063376384 o

A Sanjoanense recebeu e venceu no passado sábado a Física em jogo da 9.ª jornada do nacional da 1.ª divisão, saindo assim da zona de descida.
Num jogo entre equipas que lutam pela manutenção, foi mais eficaz a formação de S. João da Madeira que conseguiu os 3 pontos num jogo equilibrado e onde Facundo Navarro, o jovem internacional argentino, emprestado pelo Sporting CP à Sanjoanense esteve em plano de evidência ao fazer dois dos golos do conjunto alvinegro.
Seria a equipa de Torres Vedras a primeira a marcar, por intermédio de Mathias Arnáez, à passagem dos 12 minutos, mas a formação da casa responderia a essa desvantagem com Facundo Navarro a empatar ainda nesse minuto e a fazer o “bis” aos 16 minutos, e que colocava a Sanjoanense pela primeira vez na frente do marcador.
A três minutos do intervalo, Xavier Cardoso ampliou a vantagem ao fazer o 3-1.
Segunda parte co a Sanjoanense a gerir a vantagem no placard perante uma Física mais perigosa, mas a não conseguir furar a defesa alvinegra.
O 3-2 surgiria já na parte final do encontro, golo apontado pelo argentino Arnáez mas que seria insuficiente para a formação de André Gil somar pontos.
Após esta ronda a Sanjoanense sobe ao 11.º lugar, com 7 pontos, enquanto a Física mantem-se na ultima posição com apenas um pinto somado.
Na próxima jornada a Sanjoanense viaja até ao ribatejo onde jogará frente ao Tigres em Almeirim com a Física a receber no seu reduto o campeão em título, o FC Porto.

Foto- Facebook AD Sanjoanense/ António Anacleto

Segunda Feira