a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Barça empresta 3 ...

Quinta-feira , Jul 02 2020
100

Sorteios dos Campeonatos ...

Quinta-feira , Jul 02 2020
177

Sergi Miras apresentado ...

Quinta-feira , Jul 02 2020
100

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58931

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26808

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21359

Nationale 1 Elite França ...

Domingo , Nov 22 2015
992

Calendário do Europeu ...

Domingo , Ago 02 2015
1425

Albert Casanovas- ...

Sábado , Out 27 2018
462

pluri unhas J

2-DIVISAO-SUL

A Zona Sul da 2.ª Divisão tem como líder uma das improváveis equipas que se podia considerar à entrada da sétima ronda. O HCP Grândola que na passada época atravessou agruras e só muito perto do final da prova conseguiria garantir a permanência, é esta temporada e para já, o comandante somando 15 pontos após seis jornadas.
Nelson Mateus continua a ser o timoneiro, os jogadores são praticamente os mesmos, apenas alterações na linha ténue que separa as derrotas das vitórias.
A formação da “Vila Morena” folga esta semana e poderá ver o Sintra ultrapassa-la na liderança. A equipa de Rui Vieira que vem de um triunfo importante fora de portas e na casa de um dos candidatos à subida, o SC Tomar, recebe no “Monte Santos” a formação da Salesiana que vem de dois triunfos. Jogo aguardado com expectativa aquele que sábado se desenrolará em Sintra.
O SC Tomar que perdeu a liderança na última ronda desloca-se a Sines onde terá que se haver com a formação do Vasco da Gama. Jogo importante para os objectivos leoninos, perante um conjunto onde a mescla entre a experiência e juventude está a dar bons resultados neste inicio de temporada.
O Nafarros que não jogou na ronda anterior por adiamento do jogo, a pedido do Oeiras, desloca-se este Sábado aos Açores onde defrontará a equipa do Marítimo SC.
A equipa insular vem de uma derrota contundente no jogo frente à Salesiana realizado no passado Sábado no Estoril e quererá redimir-se desse desaire. Pela frente no entanto está uma equipa que começou da melhor maneira a prova mas viu travada a sua invencibilidade no último jogo que realizou, onde perdeu por 7-3 em Grândola frente ao conjunto local.
O União FE depois da derrota na última jornada no Fidelidade perante a equipa B do SL Benfica, recebe este Sábado no “Albano Mateus” a formação do GD Sesimbra. Jogo com sinal mais para o conjunto de Pedro Nobre que já poderá contar com Nuno Nobre e quererá certamente voltar a somar pontos. Pela frente estrará uma equipa batalhadora e que não vai dar descanso aos pupilos de Pedro Nobre.
Em Alcobaça a formação local recebe o Benfica B num jogo onde o favoritismo recai para o conjunto encarnado. A equipa do Alcobacense que venceu a ultima partida no seu reduto, terá que se suplantar para bater o conjunto de Jorge Godinho que embora muito jovem tem na qualidade do seu plantel um dos principais trunfos.
Por fim em Alenquer joga-se um dos jogos mais importantes desta 7.ª jornada. A equipa liderada por Diogo Ganchas recebe a AE Física num jogo onde os três pontos poderão cair para qualquer dos lados. Duas equipas que vem de empates na última jornada e que aqui quererão somar os três pontos em disputa. Num rinque especial e sempre difícil para as equipas que a visitam, é um dos trunfos da formação da casa, no entanto a equipa de André Gil tem argumentos para poder aspirar a somar pontos neste encontro.

Resultados
Classificação Geral

raulmeca

O pavilhão do Parque das Tílias em Riba d'Ave recebe este sábado às 18.30h um dos jogos mais interessantes da sexta jornada.
A equipa minhota defronta o candidato à promoção, a turma do HA Cambra, separados neste momento na tabela por quatro pontos.
Em casa o Riba d'Ave apenas venceu o Mealhada por 9-4, tendo perdido com o Infante Sagres e Escola Livre.
Por parte do Cambra é a segunda visita ao Minho, onde em Braga perdeu por 5-3. Nos outros dois jogos venceu em Lavra e em Fanzeres.

Para Raul Meca, o Riba d'Ave vai lutar pelos três pontos
" A luta pela vitoria é o nosso desejo e certamente o mesmo por parte do Cambra. As duas equipas vão querer dar uma boa resposta aos mais recentes resultados no campeonato. Para nós Riba d'Ave o triunfo perante os nossos adeptos é importante para atingirmos o mais rápido possível o nosso objectivo. Em nossa casa temos de assumir o jogo. O Cambra é um forte opositor e tem outras ambições. Estamos precavidos para o jogo do Cambra e para o seu valor. Vamos tentar fazer o nosso jogo e claro vencer."

foto:DR

 

OC BarcelosNa sequência dos incidentes ocorridos no jogo de hóquei em patins realizado entre o Óquei Clube de Barcelos e o Sport Lisboa e Benfica, no passado dia 25 de Outubro de 2014, no Pavilhão Municipal de Barcelos, e em face do comunicado do Sport Lisboa e Benfica, cuja versão dos factos vem sendo divulgada nos mais diversos meios de comunicação social, entendeu o Óquei Clube da Barcelos, SAD emitir o seguinte

COMUNICADO:

- "O Óquei Clube de Barcelos SAD promove e prossegue uma prática desportiva orientada por princípios de ética, lealdade e fair-play, fomentando nos seus representantes, colaboradores, técnicos, atletas, adeptos, e demais pessoas associadas, a adopção de um comportamento revelador do respeito pelas regras desportivas, e do respeito pela amizade e consideração pelo outro, assim procurando contribuir para a promoção e desenvolvimento com êxito do desporto.

- E, por isso mesmo, não pode o Óquei Clube de Barcelos, SAD deixar de condenar a existência de quaisquer actos de violência que ocorram em recintos desportivos (como sucedeu já no Pavilhão do Sport Lisboa e Benfica em que ocorreu a agressão de um adepto, cometida na pista de jogo, a um atleta do Sporting), nem pode deixar de lamentar que tenham ocorrido incidentes no jogo de hóquei em patins em causa.
- Não obstante, e contrariamente ao que o Sport Lisboa e Benfica propala, o Óquei Clube de Barcelos, SAD não se revê nas acusações de falta de segurança do recinto desportivo onde decorreu aquele jogo, nem se revê nas acusações de agressividade de adeptos seus ou na exaltação de ânimos por parte de atletas.
- Dir-se-á, em primeiro lugar, que o Óquei Clube de Barcelos, SAD, na organização do jogo, tomou todas as medidas de segurança exigíveis, para garantir a integridade física das equipas, adeptos e público em geral, tendo a segurança do recinto sido entregue a uma empresa de segurança privada, devidamente credenciada, que destacou para o evento elementos de segurança em número suficiente para o efeito.
- Os incidentes e escaramuças ocorridos nas bancadas decorreram da atitude indecorosa de uma atleta do Sport Lisboa e Benfica que, aquando da sua substituição (encontrando-se o jogo empatado a 4-4), ao dirigir-se ao seu banco de suplentes, virou-se para a assistência, fazendo gestos obscenos, em clara provocação a quem assistia ao jogo, o que originou reacção de repúdio por parte dos assistentes.
- A esta recção verbal de repúdio reagiram os adeptos do Benfica, com violência, partindo para a agressão física de adeptos do Óquei de Barcelos, o que naturalmente motivou a sua reacção de defesa.
- No decurso destes factos, os elementos destacados para a segurança do jogo, bem como vários elementos da Direcção do Óquei de Barcelos, intervieram no sentido de acalmar os ânimos, o que conseguiram, circunscrevendo os incidentes por forma a que os mesmos não se propagassem pelo recinto do jogo.
- Aquando dos incidentes, o jogo foi interrompido pelos árbitros, tendo sido retomado imediatamente após a sanação dos mesmos, constatada que foi pelos árbitros a existência de condições para o seu prosseguimento até final.
- Não fora aquela atitude provocatória por parte do atleta do Benfica, certamente que os incidentes não teriam ocorrido, sendo certo que o jogo decorreu até esse momento com total normalidade, como certo é que o jogo terminou sem quaisquer novos incidentes.
- É falso, pois, que não houvesse segurança no recinto de jogo. E foi essa segurança que garantiu as condições necessárias a que os jogadores do Benfica, após o terminus do jogo, tivessem confraternizado e dialogado com os seus adeptos no recinto do jogo, onde permaneceram largos minutos após o final do mesmo.
- Lamenta-se a versão fantasiosa transmitida em comunicado subscrito por um dirigente do Benfica, cujo propósito se desconhece, não deixando ainda de referir-se que o Óquei Clube de Barcelos SAD, antes, durante e após o jogo, sempre tratou o Sport Lisboa e Benfica, com respeito e consideração, garantindo que a sua comitiva não tenha sido maltratada por quem quer que seja.
- Dir-se-á, aliás, que o Óquei Clube de Barcelos, SA sempre demonstrou fair-play para com o Sport Lisboa e Benfica, nomeadamente, acedendo aos pedidos prévios do Sport Lisboa e Benfica para antecipar a hora de jogo das 21:30 para as 18:00 e permitindo a sua transmissão televisiva através do Benfica TV, que colheu as imagens do mesmo".

Barcelos 31 de outubro de 2014
Óquei Clube de Barcelos, HP SAD

SLB HPatins PedroNunes Turquel 22Outubro2014 V

Está tudo em aberto na Europa! A equipa liderada por Pedro Nunces concentra-se, agora, na recepção aos italianos do Bassano Hockey, na 2.ª jornada da Fase de Grupos. Depois do empate diante do FC Barcelona, a uma bola, no mítico Palau Blaugrana, as contas continuam por fazer no grupo A da fase de grupos da Liga Europeia, onde ainda tudo pode mudar.
É sempre bom regressar às competições europeias, nomeadamente frente aos nossos adeptos. Sabemos que vai ser difícil, porque o Bassano é uma boa equipa, com história. São organizados tacticamente e temos de ser fortes no ataque e na defesa”, analisou o técnico Pedro Nunes, em declarações à BTV.
Estará longe de ser um jogo fácil. Por um lado, temos um Bassano Hockey que na liga italiana ocupa o 5.º posto da tabela classificativa, com duas vitórias, um empate e uma derrota. Por outro, temos um Benfica que quer repetir a conquista de 2012/2013 – quando se sagrou, pela primeira vez, Campeão Europeu – e os três pontos são fundamentais nesta caminhada europeia que se espera longa. “Um dos factores a ter em conta terá de ser a paciência. Temos de ter clarividência nas tomadas de decisão, mas vamos estar empenhados na vitória. O Benfica tem de olhar para todos os jogos com exigência e os encontros em casa podem ser preponderantes nas contas finais. A equipa estará à altura”, garantiu.
O encontro entre SL Benfica e Bassano está agendado para as 16h00 deste sábado, 1 de Novembro, no Pavilhão Fidelidade.

Fonte / Foto: www.slbenfica.pt

 

fac

Após o mau inicio de prova com três derrotas nas primeiras três jornadas, o Famalicense conseguiu recompor-se e venceu os dois últimos jogos, somando assim os seus primeiros pontos no campeonato em casa diante o Escola Livre por 8-1 e na Mealhada por 2-1.
Este sábado às 19.00h novo jogo diante os seus adeptos desta vez para medir forças com o primeiro classificado do campeonato, o Infante Sagres, equipa que ainda não perdeu tendo apenas permitido um empate em Braga nos jogos disputados ate ao momento.
Será uma partida que colocará à prova o factor casa onde os pupilos de Fernando Almeida vão procurar somar um resultado positivo.
Em relação ao Infante Sagres comandado por Paulo Castanheira, vai jogar para manter a primeira posição que ocupa com mais três pontos que o segundo classificado, a equipa da AA Espinho que joga na Mealhada.
Um ponto a ter em atenção ao conjunto de Famalicão é o numero de golos marcados pelo Infante Sagres na prova, trinta e três golos, a segunda equipa com mais tentos a seguir ao Riba d'Ave.

foto: Famalicense

joão simões

Sábado o Pavilhão do Turquel recebe mais uma noite europeia, desta feita frente ao Igualada.
A sorte foi madrasta para o Turquel, aliás para a maioria das equipa lusas na Taça CERS, e calhou ao HC Turquel uma das mais fortes formações espanholas. A equipa de João Simões perdeu por 6-0 na primeira mão em Igualada, e recebe no “Caldeirão” a formação catalã num jogo onde terá que se transcender se quiser sonhar com a passagem à fase seguinte.
Parafraseando António Gedeão “O sonho comanda a vida”, será aquilo que deverá ir no pensamento dos jogadores alvinegros quando entrarem em cena numa casa especial e com um público especial.
João Simões é um técnico realista e sabe bem os passos que poderá dar e aquilo que se poderá esperar da formação do Turquel. Na conversa que mantivemos com o técnico do Turquel e lhe perguntamos o porquê do desfecho final na Catalunha, João Simões não se escondeu em subterfúgios.
Se quer a minha opinião pessoal, acho que nos equivalemos a eles. A diferença esteve nos pormenores. São exímios na finalização, nota-se claramente que há um trabalho bem feito em termos colectivos, e nós tivemos oportunidades que desperdiçamos e eles em situações similares não perdoaram. É uma equipa tipicamente espanhola, bem organizada e com uma excelente atitude para com o jogo, ou seja competitiva, à imagem do campeonato espanhol”.
O que poderemos esperar do Turquel este Sábado, foi a questão seguinte.
Depois da derrota por 6-0 na primeira mão teremos um jogo complicado em Turquel. Frente a uma equipa muito bem organizada, temos as nossas chances, mas será, sinceramente muito difícil anular esta desvantagem.
No entanto ninguém espere um Turquel acomodado no próximo Sábado. Sabemos o que valemos e vamos dar o nosso melhor, não só para mostrar o nosso valor mas também para deixar uma imagem, que é real, de um grupo trabalhador e de grande entrega.
Vamos lutar para vencer, espero vencer, mas também sei que será muito difícil ultrapassar os seis golos que vem da primeira mão.
Vamos sim dar ao nosso público o prazer de nos ver dar o nosso melhor e a querer oferecer o triunfo a eles”.

vitor fortunato

A UD Oliveirense recebeu no Pavilhão “Salvador Machado” no passado dia 18 de Novembro o Cerceda de Espanha em jogo que contou para primeira mão da 1.ª Eliminatória da Taça CERS. Triunfo da equipa de Vitor Fortunato por 6-3, numa partida onde a qualidade de jogo protagonizado pelos jogadores da Oliveirense acabou por ser fundamental para o triunfo e por números que permitem alimentar a esperança de manterem-se na competição.
O CP Cerceda que ocupa actualmente a 5.ª posição na Ok Liga em Espanha, venceu na passada terça-feira no seu reduto, o Vendrell por 4-3 somando 13 pontos, menos 2 que o Liceo da Corunha que ocupa a segunda posição da classificação geral.
Vitor Fortunato tem consciência das dificuldades que vai encontrar, mas mostra-se optimista para o desfecho desta eliminatória.
É um jogo de uma competição diferente a eliminar, cá o jogo correu-nos bem, ganhamos com três golos de vantagem, agora vamos iniciar um novo jogo, e como é natural o objectivo é ganhar e depois com o decorrer do jogo é que poderemos e devemos ter que gerir essa vantagem de forma a garantir a passagem á fase seguinte. A intensão principal é claramente a vitória e jogar para ganhar”.
A partida realizar-se-á no “el Pazo de Deportes Presidente González Laxe”, na localidade corunhesa de Cerceda, estando agendada para as 19 horas (locais) e terá a dirigir este jogo M.Galoppi e F.Ferrari de Itália.

DSC 0023

Teve inicio esta quinta-feira a 3.ª Edição do Eurockey em Sub-15 que se está a realizar em Vilanova- Catalunha e que se prolongará até Domingo, dia 2 de Novembro.
As duas formações que estão a representar Portugal nesta edição e que reúne as melhores equipas europeias deste escalão ditou sortes diferentes para a AE Fisica e o Sporting CP.
A equipa de Torres Vedras, a AE Física que está inserido no Grupo A, venceu o RSC Uttigen, segundo classificado do campeonato suíço na passada temporada por 3-1.
O triunfo português só ficou garantido na segunda parte do desafio. Ao intervalo registava-se uma igualdade a uma bola mas na segunda metade do encontro e depois de a formação suiça ter desperdiçado um LD a castigar um CA mostrado a um jogador da AE Física, a formação torreense adiantou-se no marcador e seria mesmo a equipa de Bruno Goucha que faria o 3-1 por intermédio de Miguel Fortunato a aproveitar um erro na defesa do Uttigen e a garantir assim os 3 pontos em disputa.
A formação leonina que na passada edição disputou a final que perderia para o Réus, entrou com o patim “Esquerdo” na competição ao perder frente ao conjunto Catalão e vice-campeão espanhol, o SHUM por 3-1.
A exemplo do que aconteceu com a equipa da AE Física, a formação leonina encontrava-se empatada a 1 bola quando recolheram aos balneários, mas com um início da etapa complementar algo atípico, sofreria dois golos no espaço de um minuto que acabaria por ditar a derrota à formação orientada por João Baltazar.
David Roch, Isaac Fernández y Adrià Oliveras foram os autores dos três golos catalães com Gustavo Pato a ser o autor do único golo da equipa verde e branca.

5-GRUPS-PARTITS4

Tourcoing2014
A Seleção Nacional Feminina de Hóquei em Patins, foi hoje afastada das ½ finais da competição, após perder com o Chile por 3-4, em jogo dos quartos de final. Depois de uma fase grupo menos conseguida, em que Portugal se apurou no 3.º lugar, as “meninas” lusas conseguiram ultrapassar, brilhantemente, a Espanha, tendo vencido por 3-1, no 1.º jogo da 2.ª Fase. Ainda assim, o facto de se terem apurado no 3.º lugar, fez com que apanhassem a fortíssima seleção Chilena, que acabou por vencer a partida e arredar Portugal das decisões finais. Nas partidas de hoje, encontraram-se os restantes semi-finalistas, que juntamente com o Chile disputarão o ceptro de Campeão Mundial de Hóquei Patins Feminino. Assim, Argentina, Alemanha, França e Chile irão, nos próximos dias jogar para encontrar o grande vencerdor da Prova. Amanhã, a seleção orientada por Carlos Pires, irá discutir com a Colômbia, um dos jogos de classificação do 5.º ao 8.º lugar. Caso vença a partida poderá ficar no 5.º ou 6.º lugar, caso perca, ficará no 7.º ou 8.º lugar do Campeonato do Mundo Tourcoing '2014

Resultados ¼ final:
Argentina 4-0 Itália
Suíça 0-4 Alemanha
França 4-0 Colômbia
Portugal 3-4 Chile

Jogos 9.º ao 12.º lugar:
Espanha - Índia
Inglaterra - Estados Unidos

Jogos 5.º ao 8.º lugar:
Itália - Suíça
Portugal - Colômbia

Calendário ½ final:
França – Chile
Argentina – Alemanha

tuco

Esteban Abalos também conhecido no meio hoquista como “Tuco” falou à Benfica TV sobre o embate este sábado frente ao Hockey Bassano, Clube que este experiente Internacional Argentino de 34 anos conhece bem, pois representou esse Clube transalpino entre 2008 e 2010 antes de ingressar no SL Benfica.
Respeito muito a camisola do Bassano. Ganhei muitos títulos lá e tenho boas recordações”, lembrou o argentino aos microfones da BTV.
O camisola 6 disse também que esta é uma formação diferente do seu tempo, mas acredita no triunfo do Benfica. “É uma equipa diferente do meu tempo, está mais organizada. Foi importante empatar em Barcelona, mas agora temos de fazer o nosso papel em pista, com rigor, tranquilidade para conseguir os três pontos”, considerou.

Fonte: www.slbenfica.pt

Foto: Catarina Maria