a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Hugo Santos cedido à ...

Terça-feira , Dez 10 2019
102

2.ª D- Sul- SC Tomar foi ...

Segunda-feira , Dez 09 2019
81

CN Feminino – Sporting ...

Segunda-feira , Dez 09 2019
87

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
57726

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25632

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20405

"Torneio de Verão 3x3 ...

Segunda-feira , Jul 18 2016
788

SL Benfica vence AD ...

Sábado , Mai 09 2015
1112

João Rodrigues: "O que ...

Domingo , Out 16 2016
960

interioresinteriores

deolho no apito

A FPP publicou as nomeações para as partidas oficiais, dos vários campeonatos nacionais assim como para as provas regionais que disputam os respectivos campeonatos com vista ao apuramento para os nacionais jovens.

Nomeações

Sexta Feira

OCB FCPorto

Fantastico jogo de hoquei entre o OC Barcelos e o FC Porto! Uma jornada depois de vencer o Sporting, no João Rocha, o Óquei de Barcelos recebeu e venceu mais um candidato ao título, o FC Porto., desta vez por 7-4

Tal como no jogo com o Sporting, o OC Barcelos soube aproveitar bem o facto de marcar e estar na frente do resultado.
Logo aos 2' Ezequiel Mena abriu o marcador, vantagem que seria anulado aos 8' por Gonçalo Alves.
Depois de Mena e Luís Querido terem falhado lances de bola parada, Alvarinho aos 21' deu nova vantagem aos minhotos.
Uma vez mais o FC Porto antes do descanso e já com o cronometro a zero, Gonçalo Alves fez nova igualdade de livre direto.

No segundo tempo, aos 6' de grande penalidade, Luís Querido passou o OC Barcelos de novo para a frente do marcador.
Tentou reagir o FC Porto, mas seria a turma barcelenses a aumentar e a disparar o resultado para 6-2 por Tato Ferruccio, Ezequiel Mena e Alvarinho.
O FC Porto ainda chegou ao 6-4 por Sergi Miras e Gonçalo Alves a cinco minutos do fim.
Aproveitando o desespero do FC Porto, Luís Querido fechou o resultado em 7-4 aos 22' de grande penalidade.
Um triunfo justo dos barcelenses que até podia ter sido mais alargado se tivessem aproveitado seis lances de bola parada.

foto:FB OC Barcelos

fonte:Hoquei Minhoto

ADS SCP

No regresso ao Campeonato Nacional, depois de mais uma vitória europeia, a equipa de principal de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal empatou a duas bolas em casa da AD Sanjoanense em jogo da sexta jornada.

João Souto abriu o marcador, aos 11 minutos, a favor dos Leões, mas, aos 24 minutos, João Lima também marcou e levou a partida empatada (1-1) para o intervalo.

Na segunda metade, a equipa da casa voltou a marcar, por Alex Mount, e esteve a vencer, mas a vantagem no placar durou pouco. Apenas dois minutos depois do 2-1, Pedro Gil restabeleceu a igualdade no marcador, selando o resultado.

O Sporting CP volta a jogar no sábado, às 21h30, no Pavilhão João Rocha diante da AE Física.

bragabenf1

O SL Benfica empatou a quatro golos frente ao HC Braga, em partida atrasada da 6ª Jornada.

Perante uma equipa que à entrada desta partida era sétima, com 7 pontos, a turma lisboeta até começou bem e abriu uma vantagem de 2-0 (golos de Carlos Nicolía e Jordi Adroher), mas já na segunda metade acabaria por permitir a reviravolta mercê de três golos de Pedro Delgado. Lucas Ordoñez empatou, aos 46', e Edu Lamas deu nova cambalhota no marcador já no derradeiro minuto, antes de Ângelo Fernandes, nos derradeiros instantes, fixar o empate final a quatro.


Com este resultado, as águias continuam a liderar e a ser a única equipa sem derrotas no campeonato, agora com 16 pontos, defrontando o FC Porto no proximo domingo pelas 15:00 no Dragão Arena.

Foto/fonte: record.pt/abola.pt

PauloFreitas

Na antevisão da partida de quarta-feira frente à AD Sanjoanense, o treinador da equipa de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal, Paulo Freitas, referiu que os Leões são favoritos mas alertou para as qualidades do adversário.
“Não fugimos da nossa responsabilidade nem do facto de nos sentirmos favoritos para este jogo, embora tenhamos de passar esse aspecto para dentro da pista. O grande segredo vai ser o respeito que temos pelo adversário. Se pensarmos que a AD Sanjoanense ocupa os últimos lugares da tabela, vamos aumentar substancialmente as nossas dificuldades. O que temos de perceber é que o adversário é uma equipa muito jovem, que joga um hóquei positivo e que não actua com as linhas muito baixas. Joga o jogo pelo jogo e vai querer demonstrar que tem qualidade e que o lugar que ocupa não condiz com a qualidade do plantel. Acima de tudo, temos de respeitar o adversário. Se estamos preparados para vencer equipas do topo da tabela, também temos de estar preparados para ganhar a este adversário”, começou por dizer.

Quanto à vitória na Liga Europeia frente aos franceses do HC Dinan Quévert, o técnico lembra que foi o regresso à normalidade para a turma de Alvalade.
Voltámos aquilo que é a nossa matriz e dinâmica de vitórias que foi interrompida no jogo frente ao OC Barcelos, uma partida de má memória para a nossa equipa. Tivemos que trabalhar os erros que cometemos e perceber que não podem voltar a acontecer. Esta vitória em França, apesar de difícil, foi importante para continuarmos a conquistar pontos na Liga Europeia. Além disso, foi bom percebermos que o desaire para o campeonato não pode acontecer. Ficámos triste com o resultado mas estamos focados no próximo adversário porque nem estávamos deprimidos antes nem estamos eufóricos agora”, garantiu.

Por fim, Paulo Freitas revelou qual o mote que deu aos seus atletas para a partida em São João da Madeira.
Passei uma mensagem positiva. Temos por base dizer que não vivemos dos títulos que já conquistámos, vivemos sim do presente e perspectivamos o futuro. Tal como digo aos jogadores que não podemos ficar agarrados às vitórias, também não podemos ficar presos a uma derrota. Aquilo que temos de fazer é retirar as devidas ilações e fizemos isso logo nos primeiros dias da semana passada. O que disse aos meus jogadores foi que não queremos que isso volte a acontecer, temos de trabalhar com mais qualidade e foco porque nesse jogo vimos uma equipa diferente do habitual no que diz respeito ao aspecto colectivo. Queremos retomar rapidamente no campeonato o nosso curso normal de dinâmica de vitórias”, concluiu.

Fonte/Foto- Sporting CP

Quarta Feira

59713593 2424064810979353 803039046174507008 o

Bruno Guia, um dos guarda redes da formação da Juventude de Viana deixou a sua antevisão para a partida que a Juventude de Viana irá disputar frente ao Riba D´Ave HC, jogo a realizar-se no “Zé Natário”, em Viana do Castelo, esta quarta feira a partir das 21H30.
Sobre o adversário e aquilo que espera afirmou que será “complicado, sabemos que temos de fazer tudo para conseguirmos os três pontos, estamos a jogar em casa, queremos dar essa alegria ao nosso público porque eles merecem, estão sempre connosco", começou por dizer.
A vontade de somar os três pontos é grande e a equipa está “a trabalhar bem e estou convicto que vamos atingir o nosso objectivo que é a vitória”.
Por fim palavras para o público afecto ao Clube que é “sem dúvidas, são o nosso sexto elemento, até agora tem sido incansáveis e nós temos que lhes dar essa alegria, porque eles merecem”, concluiu

Fonte- Juventude Viana * Foto- Facebook pessoal de Bruno Guia

Quarta Feira

lucas ordonez 2 new

O avançado lançou o embate da 6.ª jornada do campeonato nacional, a realizar em Braga.
Depois de uma vitória frente ao Hockey Sarzana para a Liga Europeia, os encarnados voltam a concentrar baterias no Campeonato Nacional de Hóquei em Patins com uma deslocação ao reduto do HC Braga. O jogo está marcado para esta quarta-feira, dia 20 de novembro, às 19h30.
Em declarações à BTV, Lucas Ordoñez perspetivou o encontro diante do atual 8.º classificado do campeonato.
Vamos defrontar uma formação muito difícil, que está a jogar bem. É um campo sempre complicado, onde perdemos pontos na época passada. Temos de estar concentrados os 50 minutos para conseguirmos conquistar os três pontos que é o mais importante”, afirmou.
Sobre o atual momento de forma do conjunto benfiquista, o internacional argentino considera que o segredo está na luta diária que todos os atletas têm nos treinos e nos jogos.
A equipa está com confiança, mas temos de continuar a trabalhar como temos vindo a fazer até agora. A nossa motivação vem jogo a jogo. Durante a semana esforçamo-nos muito para que seja possível no fim de semana estarmos em boas condições físicas para alcançarmos mais uma vitória”, frisou.

Fonte/Foto- SL Benfica

Quarta Feira

77032344 1436728659837911 5553567364278124544 o

O avançado italiano fez a antevisão do encontro da sexta jornada do campeonato, que dita um duelo no pavilhão do Óquei de Barcelos (quarta-feira, 20h00)
A goleada ao Biasca, na Suíça, é passado e o FC Porto já prepara o próximo compromisso doméstico. Na sexta jornada do campeonato, os Dragões deslocam-se até ao pavilhão do Óquei de Barcelos, uma equipa que “tem muita qualidade, tanto a nível individual como coletivo”. Quem o diz é Giulio Cocco, que anteviu um encontro equilibrado, no qual os Dragões precisam de estar na máxima força para conquistar os três pontos.
À entrada para esta jornada, os azuis e brancos ocupam o quinto posto do campeonato, com dez pontos, e têm a oportunidade de, em caso de vitória, ultrapassar o Óquei de Barcelos na classificação (12 pontos, quarto lugar).

Mudar para o chip nacional
“Será um jogo diferente. Pensamos sempre jogo a jogo e só estamos focados no jogo frente ao Barcelos. Trabalhamos muito ao longo destes dias e ainda temos a oportunidade de limar mais uns detalhes para estarmos preparados para o jogo.

O Barcelos
É uma excelente equipa, que tem muita qualidade, tanto a nível individual como coletivo. Os novos jogadores estão a interiorizar-se muito bem e estão a fazer um início muito bom de temporada. Sabemos que precisamos do melhor FC Porto para chegar a Barcelos e vencer. Será um grande jogo, mas o importante é que temos que estar à frente no marcador quando o jogo terminar. O FC Porto luta sempre pelos três pontos e vamos a Barcelos para vencer.

Rivalidade e amizade
Eu e o Luís Querido jogamos um ano no Lodi e é um amigo fora da pista. É sempre bom jogar contra amigos, porque a rivalidade vivida dentro de campo é sempre especial.”

Fonte/Foto- FC Porto

Quarta Feira

68812170 10156142486181923 6204821347088990208 n

O Sporting CP viaja até S. João da Madeira onde defrontará a equipa da Sanjoanense em jogo referente à 6.ª jornada. Depois da derrota caseira frente ao OC Barcelos, a equipa leonina é favorita neste encontro, mas como diz Telmo Pinto, à Sporting TV, é preciso cautela.
Teoricamente o Sporting CP é quase sempre favorito nos jogos do campeonato mas na última jornada perdemos no Pavilhão João Rocha e, por isso mesmo, não podemos subestimar nenhum adversário. Ainda para mais, a AD Sanjoanense vai jogar em casa, perante um público de mais de duas mil pessoas que lhe dá muita força”, começou por dizer.
O jogador dos Leões recordou ainda a derrota no encontro da jornada anterior frente ao OC Barcelos mas prometeu uma reacção forte.
“Depois de uma derrota é normal que a equipa passe uma fase menos boa e que procure uma vitória logo no jogo seguinte. Foi o que fizemos, ainda que não tenha sido uma partida muito bem conseguida da nossa parte. Apesar disso, trouxemos os três pontos e isso é muito bom para o aspecto psicológico”, garantiu.
Quanto ao trabalho desenvolvido para ultrapassar esse desaire, Telmo Pinto não teve dúvidas.
“Nas derrotas, tal como nas vitórias, enfrentamos a situação em grupo. Individualmente não vamos ganhar nada e todos sabemos que apenas com uma equipa tão forte como a que temos é que vamos conseguir mais títulos”, sublinhou.
Por fim, o atleta Leonino deixou o mote para a partida frente à AD Sanjoanense: “O campeonato é o nosso foco e objectivo máximo. É com toda a motivação que na quarta-feira vamos a São João da Madeira lutar pelos três pontos”.

Fonte/Foto- Sporting CP

Quarta Feira

Diogo Carrilho

Aos 27 anos Diogo Carrilho regressa a Sintra e ao Hockey Club de Sintra depois da aventura europeia, sendo o grande reforço de inverno.
Produto da formação sintrense onde esteve durante 19 anos, experimentou durante 2 épocas o campeonato alemão, pelo TUS Dusseldorf-Nord onde foi vice-campeão, vice-campeão da supertaça e 2 meias finais, regressa agora ao seu Clube do coração, “para ajudar a equipa garantir a sua permanência, subir na classificação e contribuir para que o Clube atinga o patamar que merece e tem direito no hóquei português. É aqui que me sinto bem”, afirmou.

Foto/Fonte – Nuno de Sousa

Terça Feira