a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª D- Girão negou a ...

Terça-feira , Out 22 2019
261

3.ª D- Sul- Boliqueime ...

Terça-feira , Out 22 2019
84

3.ª D- Centro- Juventude ...

Terça-feira , Out 22 2019
114

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
57427

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25377

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20229

SC Tomar apresenta-se ...

Segunda-feira , Set 12 2016
1374

Campeonato Regional ...

Quinta-feira , Set 25 2014
2117

Camp. Nac. Norte – 2.ª ...

Terça-feira , Jun 02 2015
948

interioresinteriores

diogo rafael 1 new

O Internacional Português do SL Benfica fez a antevisão do jogo que abre o campeonato nacional da 1.ª divisão, partida que os encarnados recebem no “Fidelidade a equipa da AD Sanjoanense, que esta temporada regressa ao principal campeonato luso.
O internacional português Diogo Rafael, na antevisão à primeira jornada, destacou a dificuldade do encontro frente à equipa de São João da Madeira.
"A Sanjoanense é um histórico do hóquei português. É uma equipa que vai querer mostrar que merece estar entre os melhores de Portugal. É uma formação jovem que faz da sua casa uma fortaleza e, desta vez, vem jogar a nossa casa e vai querer surpreender o Benfica e conquistar pontos", afirmou à BTV.

Fonte/Foto- SL Benfica

Quarta Feira

5d9c7cdd0c285pq7VCYIHFS8z8CbH

A Supertaça “António Livramento” já se encontra no Museu do FC Porto.
Esta terça-feira, o plantel portista deslocou-se ao Museu FC Porto e entregou o troféu a Pinto da Costa, que enalteceu a dinâmica de vitória da equipa comandada por Guillem Cabestany, campeã nacional em título.

Pinto da Costa
Vocês já são visitantes assíduos, o que é muito bom sinal. É sinal que continuam a vencer. O trabalho desta secção tem sido notável e são já 23 Supertaças conquistadas, as quatro últimas de forma consecutiva. Isto resulta de uma grande união, de um grande sentido de responsabilidade e de um grande amor à modalidade e ao FC Porto. Reafirmo mais uma vez a minha satisfação e o meu orgulho em vos ter como parte importante do FC Porto na modalidade em que me iniciei nas minhas lides desportivas há mais de 50 anos. Muitos parabéns a todos, as maiores felicidades e que voltemos aqui esta época.”

Guillem Cabestany
Tenho a sorte de ter conquistado as quatro Supertaças que disputámos desde que sou treinador do FC Porto. Isso significa que preparámos bem as pré-épocas para chegarmos aos jogos oficiais num nível muito bom. É o primeiro título nacional que se disputa todas as épocas. Não é o nosso máximo, mas permite-nos competir muito bem nas Supertaças. O trabalho de todos é premiado com estas conquistas. Uma das coisas que exigimos a quem chega é visitar o Museu para sentirem a história do FC Porto. Mas é ainda melhor quando visitam o Museu para entregar troféus. É essencial sentirem a grandeza do clube.

Reinaldo García
Já tive a sorte de vir aqui muitas vezes e espero vir muitas mais. É bom mostrar aos novos o que é o FC Porto enquanto clube. É um clube muito grande, mundialmente conhecido. É importante sentir o que é ganhar títulos e sentir o que é o clube. Espero que possamos vir cá mais vezes esta época, pois seria um ótimo sinal. Estas conquistas refletem o trabalho que temos vindo a fazer. Desde que o Guillem Cabestany está aqui, mudaram vários jogadores, mas o trabalho é sempre igual e o nosso grupo é sempre forte e unido. Temos de continuar a trabalhar para conquistar mais títulos, pois este clube vive disso. Estamos bem e preparados para continuar a ganhar.”

Fonte/Foto- FC Porto

Quarta Feira

71554092 1190164081175240 8637718349435895808 n

A UD Oliveirense publicou esta terça feira no seu site oficial um comunicado onde mostra toda a indignação e a falta de respeito, segundo o Clube, para com a equipa de hóquei em patins, tudo isto relacionado ainda com o jogo da Supertaça que se disputou no passado sábado em Coimbra.
Num extenso comunicado o Clube, desmonta uma a uma as incidências que no seu ver foram prejudiciais para a equipa e decisivas no desfecho da partida, com criticas contundentes direcionadas, em particular à dupla de arbitragem que dirigiu este encontro.
Deixamos aqui e na integra o comunicado tornado público esta terça feira pela UD Oliveirense

Comunicado

ESPOLIADOS, INDIGNADOS E ATENTOS: QUE FUTURO PARA O HÓQUEI EM PATINS?

Exigimos respeito pela União Desportiva Oliveirense, exigimos respeito pelos nossos atletas e treinadores, exigimos rigor e verdade.
Depois de muito ponderar, é impossível à UD Oliveirense ignorar os factos ocorridos, no último sábado, em Coimbra, no jogo da Supertaça António Livramento, entre a nossa equipa e o Futebol Clube do Porto. A nota de maior destaque deste jogo vai para a dupla de arbitragem composta pelos senhores Luís Peixoto e Miguel Guilherme. Os dois árbitros adulteraram a verdade desportiva e prejudicaram cirurgicamente a Oliveirense.

1. Uma falta de equipa foi transformada em grande penalidade. Jorge Silva fez falta sobre o adversário Rafa, mas, a irregularidade foi claramente cometida fora da área. A equipa de arbitragem decidiu marcar grande penalidade e o FC Porto passou para a frente do jogo (2-1). Decisão incompreensível, tanto mais que o árbitro Luis Peixoto marcou falta de equipa e o árbitro Miguel Guilherme assinalou grande penalidade.

2. O nosso adversário Reinaldo Garcia usou o stick aos 5 minutos da 2° parte para enganchar o nosso jogador Xavier Barroso. O duo de juízes esqueceu-se de assinalar livre directo e exibir o cartão azul, tal como se impunha. Ao não assinalar a falta, o Porto manteria as 9 faltas que tinha até esse momento, sofreria livre directo e suspensão temporária, e, não se marcaria logo a 10° falta.

3. Na 3ª situação que apresentamos, na parte final do primeiro tempo, Jordi Bargalló foi punido por simulação quando a imagem mostra que há falta no momento em que o jogador da Oliveirense iria isolar-se. Mesmo que a falta não existisse, Jordi é julgado por simular, facto que não aconteceu.

4. Já na 2ª parte, com o resultado em 3-3 é averbada uma falta incompreensível a Jorge Silva. Foi a 9° falta da equipa, numa decisão marcada por excesso de zelo. Na sequência da jogada Marc Torra não libertou a bola e foi averbada a 10° falta. Ou seja, o critério da equipa de arbitragem foi diferente do utilizado com a equipa adversária.

5. Logo depois, Marc Torra sofreu falta do guarda-redes adversário. A equipa de arbitragem assinalou falta técnica, mas, quanto a nós, o lance era merecedor de grande penalidade, porquanto, de forma intencional e deliberada o guarda-redes do FC Porto atinge o jogador da Oliveirense.

6. Por último, a dualidade de análise da equipa de arbitragem fica clara a 1 minuto e 30 segundos do final quando Jordi Bargalló toca na bola e a equipa de arbitragem entende o oposto e decide que o jogador fez falta quando o adversário seguia isolado. Este lance deixou a União a jogar com apenas 4 elementos, numa altura em que se preparava para jogar com 5 elementos de campo e apostar tudo para chegar ao empate.

Pelo exposto, e por mais algumas situações recentes, como o golo invalidado na época passada a Marc Torra quando a bola estava um palmo dentro da baliza do SL Benfica, a União Desportiva Oliveirense está apreensiva e promete estar atenta e vigilante ao longo de toda a época e em todas as competições.
Estamos, como sempre estivémos, empenhados em honrar a modalidade que praticamos e em dar brilho ao Campeonato Nacional da 1ª Divisão, o melhor campeonato do Mundo. O nosso investimento económico e desportivo é avultado e o dos outros clubes também. Não andamos a brincar, somos profissionais e queremos competir. Os nossos atletas e treinadores merecem respeito e igualdade de tratamento.
Não podemos ignorar todos os acontecimentos que fizeram saltar a arbitragem para as manchetes. Um facto que está a sobrepor-se em mediatismo aos grandes protagonistas da modalidade, os jogadores. Sentimo-nos prejudicados, os jogadores e treinadores estão revoltados e os adeptos incrédulos.
Queremos as melhores condições para os árbitros e também queremos o melhor de cada um deles. Nós desejamos a dedicação de todos, a aplicação de cada um nas suas tarefas e a consciência de que damos o máximo. Estamos expectantes sobre o futuro. Estamos preocupados e não podemos ser condicionados pelos caprichos de quem decide. Seremos zelosos da modalidade e vigilantes jornada após jornada.”

Fonte/ Foto- UD Oliveirense

Quarta Feira

71641905 10219447234669757 8673648375091953664 o

Artur Pereira, assumiu o compromisso de ser o selecionador distrital das equipas de HP da AP Setúbal.
Após uma época de interregno (esteve à frente da equipa sénior do GD Sesimbra durante algumas épocas, tendo abandonado o cargo no final de 2017/2018), Artur Pereira não foi insensível ao convite formulado pelos responsáveis da Associação de Setúbal, tendo assumido este cargo de selecionador distrital, onde terá a colaboração de João Carlos Babarra.
Foi na sua página pessoal do Facebook que Artur Pereira anunciou este novo projecto na sua carreira como treinador.
Era para fazer umas férias do hóquei em patins, mas não me deixaram, a verdade é que o bicinho é mais forte que eu, por isso quero agradecer ao Ricardo Fernando Santos, primeiro o convite para o ajudar na preparação dos campeonatos da APS e posteriormente para assumir o cargo de selecionador distrital da APS”, começou por dizer.
Uma nova etapa, uma nova realidade, mas quem me conhece sabe que irei dar não 100%, mas 200%. Irei fazer as minhas escolhas, e possivelmente não irei agradar a todos. As metas que tenho é tentar fazer o melhor que sei e ajudar na evolução do hóquei e dos atletas do nosso distrito. Irá fazer equipa comigo o João Carlos Babarra um jovem treinador que vive e sente o Hóquei com alma”, concluiu.

Terça Feira

69638893 10214396752728475 7435624502991519744 o

Goleada do Liceo na receção ao CH Palafrugell por 13-0, num inicio de temporada para os galegos, fortíssimo, com destaque neste encontro, referente à 3.ª jornada para “Dava” Tores autor de 5 dos golos da formação de La Corunh, com a formação da Galiza a liderar isolada a OK Liga.
O Barcelona foi até ao Pavilhão do Taradell, tendo vencido por 5-0, com João Rodrigues e Hélder Nunes a marcarem 2 e 1 golo, respetivamente.
Para além do Barça, que venceu fora de portas, destaque também para os triunfos em casa alheia do Reus Deportiu, Igualada e CE Lleida, que foram ao CH Caldes, CP Voltregá e CP Vic vencer por 5-4, 6-2 e 5-2, respetivamente.
O Girona que recebeu o CE Noia venceu por 3-2 e o CP Lloret não foi além de um empate a 2 bolas na receção ao CP Calafell.
Ap
Os esta ronda 3, o Deportiu Liceo lidera isolado com 9 pontos, seguido de um grupo de cinco equipas com 6 pontos (FC Barcelona, Girona CH, Igualada HC, CH Palafrugell e Reus Deportiu.
O CP Vic ocupa a lanterna vermelha sem qualquer ponto somado até ao momento.

Resultados da 3ª jornada:

Girona CH - CE Noia 3-2
CP Taradell - FC Barcelona 0-5
CH Caldes - Reus Deportiu 4-5
CP Voltregà - Igualada HC 2-6
CH Lloret - Club Patí Calafell 2-2
Deportivo Liceo - CH Palafrugell 13-0
CP Vic - CE Lleida 2-5

Foto- Luís Velasco/RFEP

Terça Feira

nicolia new

O Internacional Argentino Carlos Nicolía está fora das contas de Alejandro Dominguez, para o jogo que abre a época 2019-2020, que se disputará na Luz no próximo fima de semana frente à AD Sanjoanense.
Segundo o departamento clínico do Clube encarnado, Carlos Nicolía tem um “Traumatismo do joelho esquerdo com contusão óssea”, o que o impossibilita de dar o seu contributo à equipa nas próximas semanas.

Fonte/Foto- SL Benfica

Terça Feira

203675 i0qo82d7l82Sfw1UTtjI155imqNM6pOd2x

O FC Porto irá jogar os três primeiros jogos em casa, no Pavilhão Municipal de Fânzeres, fruto da interdição por 3 jogos do “Dragão Caixa”, imposto pelo Conselho de Disciplina da FPP, na sequência dos desacatos na partida entre Sporting CP e FC Porto da época transata.
Assim a partida que abre a época e que opõem a equipa azul e branca à Juventude de Viana, a contar para a primeira jornada do nacional da 1.ª divisão, será disputado no Pavilhão de Fânzeres, que a formação portista utilizou durante algumas épocas (até à conclusão do Dragão Caixa) e onde habitualmente jogam as camadas jovens do F Porto.
Para além deste encontro, serão ali disputados também os jogos frente à AD Valongo e HC Braga

Fonte- FCP

Terça Feira

71962038 779919175774923 6956132202287464448 o

Realizou-se no passado fim de semana a final a quatro do Torneio de Abertura da AP Lisboa, esta temporada, denominado Torneio “Carlos Garrancho”, que teve a UD Vilafranquense como a grande vencedora ao levar a melhor na final sobre o APAC Tojal por 7-5.
Disputado no Pavilhão do FC Alverca a equipa de Vila Franca de Xira venceu no Sábado a formação do FC Alverca por 8-2, enquanto a equipa da APAC Tojal levava a melhor sobre a Stuart HC Massamá por 7-3.
NO domingo disputou-se a ansiada final e mais uma vez a formação treinada por João Graça a não facilitar e a levar de vencida a equipa do Tojal por 7-5, onde o destaque deste encontro foi para Pedro Morais, autor de cinco dos tentos da formação do Vilafranquense.

Segunda Feira

sofpp

Inicialmente agendado para esta terça feira, dia 8 Outubro, o Sorteio da 1ª eliminatória da Taça de Portugal, foi adiado e realizar-se-á no próximo dia 15 de outubro, às 18h, na sede da FPP.
Nesta eliminatória vão a sorteio as equipas da 3ª Divisão e outras de inscrição livre, e será disputada a 9 de Novembro próximo.

Fonte/Foto- FPP

Segunda Feira

71742314 2548952101829960 1497484242316165120 n

Disputou-se este domingo a 8.ª edição do Torneio “Cidade do Entroncamento/Simef”, evento organizado pelo União Futebol Entroncamento, com a equipa do Termas OC a ser a vencedora do evento ao bater na final a equipa do União FE por 3-1.
Com as bancadas do “Albano Mateus” a terem uma boa assistência, os presentes tiveram a oportunidade de acompanhar 4 bons jogos, entre equipas que irão disputar o nacional da 3.ª divisão, e que neste fim de semana que agora terminou, deram também por terminada a pré-época, já que o campeonato nacional arranca já no próximo fim de semana.
O União FE- HC Santarém abriu as hostilidades deste torneio com a formação da casa a vencer pela margem mínima (2-1) e a seguir para a final.
A outra partida colocou a Juventude Ouriense e o Termas OC, duas das formações que se espera, serem das mais fortes da Zona Centro da 3.ª divisão, frente a frente com o conjunto de S. Pedro do Sul a vencer por 3-2, nas GP, depois de um empate a duas bolas no final do tempo regulamentar.
Na final da tarde de domingo disputou-se o jogo de apuramento dos 3.º/4.º lugar e aí a equipa de Ourém a ser mais forte que a formação que viajou da Capital do Ribatejo, o HC Santarém, com o conjunto treinado pro Jorge Godinho a vencer por 6-3.
Na final, e num jogo pautado pelo equilíbrio, o Termas OC a ser mais eficaz e a vencer o União FE por 3-1, e a vencer esta 8.ª edição do Torneio que o Clube da Cidade Ferroviária levou a efeito.

Resultados
União FE – HC Santarém 2-1
Termas OC – Juventude Ouriense 3-2

3° e 4° lugar:
HC Santarém - J. Ouriense 3-6

Final
UFE- OC Termas 1-3

Foto- União FE

Segunda Feira