a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Entrevistas

À conversa com Sergi ...
SergiPunset
Foto CS Candelária - Serig Punset Estivemos à conversa ...
Ler
À conversa com João ...
JoaolealGulpilhares
Foto Facebook ACD Gulpilhares Estivemos à conversa com ...
Ler
À conversa com Miguel ...
MiguelFreitas
Miguel Freitas esteve à conversa com a Plurisports e falou ...
Ler
À conversa com Diogo ...
DiogoFernandes
Estivemos à conversa com o jovem guarda-redes Diogo ...
Ler
À conversa com André Gil
AndreGilFisica
Estivemos à conversa com o treinador da AE Física, André ...
Ler
À Conversa com João Costa
João Costa
João Costa esteve à conversa com a Plurisports e falou da ...
Ler
  • Hot
  • Top
  • Outras

Sai Agulhas…. entra ...

terça , Jun. 19 2018
24

Carlitos Silva regressa ...

terça , Jun. 19 2018
22

GDS Cascais promove ...

terça , Jun. 19 2018
11

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
23271

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
18618

Saiba quais os 10 ...

sexta , Ago. 19 2016
14207

“Ursos” entram a vencer

segunda , Jul. 28 2014
1801

Do Hóquei Feminino – ...

sábado , Set. 23 2017
567

AP Lisboa- Já começou a ...

sexta , Fev. 09 2018
267

Portucale

35781700 2041895816073484 1624069413999214592 n

Cristiano Agulhas é o novo treinador dos Seniores do HCP Grândola.
Após o anúncio de alterações na equipa técnica, a Direção do Hóquei Clube Patinagem de Grândola dá as boas vindas a Cristiano Agulhas, o novo treinador dos SENIORES.
No regresso do HCPG à 2ª Divisão, o ex-treinador das camadas jovens do Stuart HCM vem orientar a equipa alentejana. Admite ter “boas referências” do HCPG e que essa foi uma das razões para ter aceite este desafio “aliciante”. Cristiano recebeu o testemunho do seu irmão, José Agulhas, que orientou esta equipa durante a época passada.
Para a próxima época, o treinador quer “estar sempre nos lugares cimeiros e batalhar em cada jogo pela vitória, procurando aliar os resultados à qualidade de jogo”.
Aos adeptos, Cristiano deixa a seguinte mensagem: “Venho com vontade de trabalhar e de vos dar ainda mais motivos para apoiarem e acreditarem que tudo iremos fazer para honrar a camisola. Espero que me recebam bem. Serei mais um a ajudar este clube!

Fonte/Foto- HCP Grândola

35292340 1964652223569282 8754528343056973824 n

O jovem guarda redes Carlos Silva, está de regresso ao seu Clube de origem.
Natural da cidade nabantina, foi no SC Tomar que iniciou a sua carreira desportiva, tendo ingressado no SL Benfica na temporada 13/14 ainda como Sub-17. Faria no Clube da Luz o resto da sua formação, e na temporada que agora termina, a primeira como sénior, ingressou no Valença HC, Clube que disputou o nacional da 1.ª divisão, tendo no entanto descido.
A saída de Marco Gaspar do plantel leonino abriu uma vaga na baliza, com os responsáveis do Clube Ribatejano a convidarem este jovem da sua “cantera” a preencher. Não foi difícil a concretização deste desejo, para ambos os lados, com Carlos Silva a voltar assim a um Clube que conhece como poucos.

"Passados 4 anos... estou de volta para vestir de verde e branco. Alegria e orgulho é o que sinto por voltar à minha “casa”", acrescentou "Carlitos" Silva, após a oficialização com o SC Tomar.

34701443 10156147100840169 4340765335436132352 n

O GDS Cascais, está a trabalhar em pleno e a pensar já na próxima época, isto no que diz respeito à sua formação.
Pedro Ferreira, um dos técnicos da formação do Clube da Linha é um dos mais empenhados neste trabalho de prospeção e que tem como um dos objetivos principais a criação de equipas de Sub-15 e Sub-17.
Depois de no dia 18 ter havido treinos de captação os mesmos continuam e esta terça feira, dia 19 a partir das 19H30 horas haverá mais um treino de visionamento, que terá continuidade a 25 deste mês.
Qualquer informação suplementar poderá ser dada por Pedro Ferreira (916299523)

35532648 2041863636076702 2917113526558392320 n

A Direção do HCP Grândola informou através do seu departamento de comunicação que a equipa técnica dos nossos SENIORES sofreu alterações.
Nelson Mateus e José Agulhas estão de saída por razões pessoais.
Segundo o comunicado tornado publico, saem, deixando, no entanto, para trás uma época de excelente trabalho e de muitos sacrifícios.
Ambos entraram numa fase difícil da época, mas rapidamente colocaram em prática planos técnicos e táticos que permitiram alcançar resultados muito positivos em grande parte da época. Com toda a certeza que esta passagem pelo “melhor campeonato do mundo” muito contribuiu para o crescimento enquanto treinadores e pessoas”, pode ler-se.
Agradecemos pela dedicação e trabalho ao serviço desta equipa. As nossas portas continuarão abertas, esta casa também é vossa”, termina.

Fonte/Foto – HCP Grândola

img 770x4332018 06 19 01 14 39 1412045

Internacional encarnada iniciou a sua carreira desportiva no UDC Nafarros e chegou à Luz em 2013.
A equipa feminina do Benfica continua a fazer história no hóquei em patins português. As águias somaram o seu hexacampeonato nacional, com mais um saldo de 28 vitórias em outras tantas jornadas e com o máximo de golos marcados, 109, e apenas 10 sofridos.

Inês Vieira, de 25 anos, uma das habituais titulares da equipa liderada por Paulo Almeida, confessa que o segredo do sucesso na Luz está na forma como a equipa encara cada sessão de trabalho, cada encontro. "Impomos o máximo de exigência durante os treinos e os jogos", disse-nos a defesa/médio das hexacampeãs nacionais.

Iniciada na modalidade aos 13 anos, no Nafarros, Inês Vieira passou depois por Os Lobinhos até chegar ao Benfica, em 2013. "Não há comparação entre os três clubes. No Benfica encontrei o patamar que exigia neste desporto para alcançar os objetivos a que me propus", referiu. Seis edições do Campeonato Nacional da 1ª Divisão, seis títulos para o Benfica. Inês Vieira considera que o campeonato está mais fraco, mas acredita que em breve vai evoluir, devido às novas atletas que estão a aparecer. "Estão a surgir jovens jogadoras que vão fazer evoluir o hóquei feminino."

Regresso à Seleção

O Benfica compete, no fim de semana, na final four da Taça de Portugal. Depois, Inês Vieira junta-se ao estágio da Seleção Nacional, preparando o Europeu. Para Inês trata-se de um regresso à equipa portuguesa. "Estive afastada devido ao trabalho. Agora, com outro emprego, consigo ajustar. Estou muito feliz por voltar à Seleção Nacional", confessou.

Fonte/Foto – Jornal “Record”

MarinVemresolver

<Raúl Marín, avançado e capitão do Reus, vai ser jogador do Sporting em 2018/19.

Raúl Marín, avançado e capitão do Reus, vai ser jogador do Sporting em 2018/19. O melhor marcador da OKLiga, que completará 32 anos em outubro, é o terceiro reforço dos leões, a par de Gonçalo Romero (Forte dei Marmi) e Alvarinho (FC Porto), que deverá ser emprestado ao Barcelos, isto depois de fracassada a abordagem a Hélder Nunes, médio e capitão do FC Porto.

O Sporting, tal como fez com Matias Platero, em agosto do ano passado, terá de pagar uma cláusula de rescisão aos catalães, com os quais Marín tem mais um ano de contrato, e, caso mantenham o atual plantel, contarão 12 jogadores.

Marín, que chegou a ter convite da Oliveirense, jogará pela primeira vez no campeonato português, depois de três passagens pelo Reus, onde foi campeão de Espanha (2010/11) e europeu (2016/17), tendo representado Alcoy, Igualada, Vilanova e Barcelona, onde ganhou duas Ligas Europeias e duas OK Ligas.>

Foto±fonte: Jornal "O Jogo"

TorneioEncerramentoAPP

O Torneio de Encerramento da AP Porto disputou mais uma Jornada. Poderá acompanhar aqui todos os calendários e resultados ao longo da temporada. 

CALENDÁRIOS E RESULTADOS

imgS620I223879T20180619000618

<Guillem Cabestany era um treinador satisfeito pela conquista da Taça de Portugal por parte do FC Porto. Na hora do plantel ser recebido por Pinto da Costa no museu, o treinador dos dragões destacou a qualidade de jogo apresentada pelos seus jogadores.

«Estar no museu é sempre um motivo de alegria. Quando representas um clube como o FC Porto, o objetivo final é estar no museu, com o presidente, a entregar mais um troféu. Fica a sensação de dever cumprido na Taça de Portugal. A época foi muito boa a nível de jogo, de trabalho e acabar sem passar pelo museu tornaria o verão bem mais triste», admitiu Guillem Cabestany, que conquistou a terceira Taça de Portugal desde que chegou aos azuis e brancos.

«Na próxima época a equipa vai lutar e trabalhar para estar nas decisões. Para o ano haverá uma importante mudança da equipa, se calhar vamos precisar de alguns meses de adaptação, mas iremos trabalhar para estar aqui novamente o mais rapidamente possível», acrescentou.

Recorde-se que o FC Porto chegou ao final da temporada com dois troféus conquistados, Supertaça António Livramento e Taça de Portugal, tendo sido finalista vencido da Liga Europeia e terceiro classificado no campeonato.>

Fonte: Zerozero.pt ± Foto: FC Porto

entregataca3

<Presidente foi ao Museu para receber a 17.ª Taça de Portugal de hóquei em patins

A equipa de hóquei em patins do FC Porto foi esta segunda-feira ao Museu FC Porto entregar a Taça de Portugal conquistada na final frente ao Valongo (3-2), após prolongamento. Jorge Nuno Pinto da Costa marcou presença na cerimónia e elogiou o desempenho da formação azul e branca ao longo da temporada 2017/18.

O FC Porto conquistou a sua 17.ª Taça de Portugal de hóquei em patins, a terceira consecutiva, reforçando o estatuto de clube com maior número de troféus na história da competição. A taça já pode ser contemplada no espaço Na Hora do Museu FC Porto.

Pinto da Costa

“Numa época em que estivemos quase a atingir os objetivos principais, esta que é a 17.ª Taça de Portugal que o FC Porto vence significa o corolário de uma época difícil mas que termina com uma vitória. Foi uma vitória importante. Com o decorrer do jogo e o resultado, só com uma crença e uma vontade muito grandes e com muita categoria é que se consegue a 36 segundos do final dar a volta à situação e garantir a vitória com todo o mérito.”

“Fiquei muito feliz. Assisti ao jogo pela televisão e confesso que dei um salto no sofá quando foi golo porque foi uma jogada fantástica, tanto no passe como na finalização. Foi uma jogada de puro e fino hóquei, que me entusiasmou. Queria dizer-vos que é um orgulho muito grande. Como disse o Jorge (Silva) quando recebi a taça, é mais uma, mas é uma que tem um significado muito especial porque representa tudo o que fizeram durante a época.”

“Tenho a certeza que vamos continuar na onda das vitórias e tenho a certeza que os que vão sair vão levar o FC Porto no coração, da mesma forma que nós os teremos a eles. Esta secção é um abastecedor permanente do Museu FC Porto.”

Guillem Cabestany

“Estar no Museu é sempre um motivo de alegria. Ainda para mais, recolhendo o fruto de todo o trabalho que se fez ao longo da época. Quando representas um clube como o FC Porto, o objetivo final é estar no Museu, com o presidente, a entregar mais um troféu. Fica a sensação de dever cumprido na Taça de Portugal. A época foi muito boa a nível de jogo, de trabalho, e acabar sem passar pelo Museu tornaria o verão bem mais triste.”

“Veremos como será a próxima época. A equipa vai lutar e vai trabalhar para estar nas decisões. Para o ano há uma importante mudança da equipa, se calhar vamos precisar alguns meses de adaptação, mas iremos trabalhar para estar aqui novamente o mais rapidamente possível.”

Jorge Silva

“É o finalizar de uma época muito dura. Conseguimos dar esta alegria ao clube, esta modalidade dá imensos troféus ao Museu e no final de uma época que nos parecia estar a fugir entre as mãos, conseguimos entregar um dos troféus mais importantes a nível nacional. Tínhamos a noção que falhar a conquista deste troféu seria muito complicado para este grupo. Fomos fortes, fomos coesos, fomos uma equipa. É um prémio pela crença que demonstrámos no prolongamento.”

“Para mim é o último título conquistado pelo meu clube, nunca esquecerei o primeiro, que foi uma Supertaça, e não me esquecerei desta Taça de Portugal.”>

Foto±fonte: Zerozero.pt

facebook template jogadores meira

Faz parte da construção do nosso plantel para a próxima época reforçarmos a equipa e lidarmos com as mudanças.
E por entre as recentes contratações e reforços, chegou a altura de informar agora que o “nosso” Gonçalo Meira está de partida. Um dos internacionais SUB-20 do Hóquei Clube de Braga decidiu, após sete anos ao serviço do Clube, continuar a sua carreira fora da nossa estrutura.
Todos lhe desejamos as maiores felicidades e por certo continuaremos a encontra-lo no Pavilhão das Goladas, pelo menos uma vez por ano.

fonte: HC Braga