a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Xavi Malián- “Estamos ...

quinta , Jan. 21 2021
64

Resumo do HC Turquel- OC ...

quinta , Jan. 21 2021
147

“O desafio de hoje foi ...

quinta , Jan. 21 2021
68

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59918

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27845

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22206

J. Viana regressa aos ...

sábado , Fev. 13 2016
1173

HC Mealhada - III Edição ...

segunda , Dez. 12 2016
1150

Jogo na Embra foi ...

sábado , Nov. 10 2018
1820

2 Barbeiro

140073103 1859207867589986 8609482536358990272 o

Xavi Malián destacou a fase de pujança que os azuis e brancos vivem na antecâmara da receção ao HC Turquel, relativa à 16.ª ronda do campeonato (sábado, 14h00)
Com cinco vitórias nos últimos cinco jogos disputados, o hóquei em patins do FC Porto recebe o HC Turquel este sábado (14h00, FC Porto TV/Porto Canal), na 16.ª jornada da Liga. Antevendo a partida, Xavi Malián deixou elogios ao adversário, “uma equipa que sofre poucos golos, muito difícil de bater” e que “tem jogadores muito experientes misturados com outros mais jovens”. Ainda assim, o guarda-redes portista realçou o “momento muito bom” vivido pelo grupo, manifestando a determinação de “seguir nesta linha”.

O FC Porto é terceiro classificado, com 32 pontos, a um dos líderes Sporting e OC Barcelos, ao passo que o HC Turquel é penúltimo, com apenas nove.

Período de confiança
“Estamos numa fase em que o grupo tem muita união e isso é muito importante, sobretudo depois de ultrapassado o surto do novo coronavírus. O regresso foi um momento muito difícil fisicamente, mas temos vencido jogos e melhorado a nível físico, a equipa tem recuperado a confiança, estamos num momento muito bom e há que seguir nesta linha.”

O HC Turquel
“É uma equipa que sofre poucos golos, muito difícil de bater. Tem tido muitos resultados pela margem mínima, perdeu vários jogos por apenas um golo, contra nós contra o Benfica e empatou recentemente com o OC Barcelos. Isso mostra que é uma equipa muito competitiva que defende muito bem, tem jogadores muito experientes misturados com outros mais jovens. A partida vai custar-nos muito e temos de aplicar o nosso jogo na pista para que as coisas corram bem.”

Falta muito
“É sempre uma motivação tentar passar para primeiro no campeonato, mas a prova é muito longa. Há um mês ou dois estávamos em quarto ou em quinto e parecia que éramos os piores. Nem antes éramos os piores nem agora somos os melhores. Temos de prosseguir a nossa caminhada e conseguir bons jogos e bons resultados, porque isto será muito longo. Mas claro que nós queremos estar sempre na primeira posição.”

Fonte/Foto- FC Porto

janeiro Pluriform 3

hctocb1

O HC Turquel recebeu esta quarta feira o OC Barcelos e impôs um empte aos minhotos a 4 bolas, retirando a oportunidade do conjunto minhoto chegar à liderança da prova.
Um jogo onde a formação de Rui Neto esteve a vencer por 4-1 mas permitiu ao conjunto alvinegro a recuperação com o golo do empate a chegar nos segundos finais da partida.
Ficam aqui os melhores momentos deste encontro com as imagens a pertencerem à HCTV e a edição das mesmas à DN12.

Resumo do Jogo

janeiro Pluriform 2

alejandro dominguez thumbnail

Após a vitória do SL Benfica sobre o HC Braga por 5-1 esta quarta feira no Fidelidade em partida que se encontrava em atraso e referente à 12.ª jornada, o técnico encarnado mostrou-se satisfeito com a sua equipa e frisou isso mesmo nas declarações que fez à BTV.
Tínhamos dois jogos em atraso para recuperar na classificação. Este era um deles. Sabemos que este não é o lugar onde queremos estar, mas há ainda muitos jogos pela frente. O desafio de hoje foi encarado com muita seriedade da nossa parte. Apresentámos uma defesa muito agressiva, fizemos transições muito boas e estou muito contente porque isto dá-nos sensações muito boas para o que aí vem.”

janeiro Pluriform 1

Fonte/Foto- SL Benfica

festejos 1 new

O Benfica venceu esta quarta feira o HC Braga por 5-1 em jogo referente à 12.ª jornada, disputado no “Fidelidade”, com a equipa encarnada a aproximar-se dos seus mais diretos rivais na luta pela liderança.
A formação de Alejandro Dominguez chegou ao intervalo a vencer por 2-0 com golos de Ordoñez e “Vieirinha”.
Segunda metade onde a formação encarnada, não podia pedir melhor já que nos segundos iniciais desta etapa complementar Ordoñez aumentou para 3-0. Com a vantagem no marcador a equipa benfiquista soube gerir de forma inteligente as incidências do jogo perante um Braga inconformado, mas a eficácia da formação da Luz falou mais alto.
Diogo Rafael aos 9 minutos fez o 4-0 de GP e embora Ângelo Fernandes tenha reduzido aos 17 minutos Diogo Rafael responderia dois minutos depois com o 5-1, resultado que selou o marcador na Luz.
Triunfo justo da equipa encarnada que passa a somar agora 29 pontos, menos 4 que a dupla que lidera a prova, Sporting CP e OC Barcelos.

janeiro Pluriform 1

141100693 1897936750354085 3987439448124211458 o

O OCB lamenta a atitude persecutória de que foi alvo neste jogo.
O OCB vence sempre dentro do rinque e não admite ser vexado por ninguém, que, de forma ardilosa, de tudo fez para prejudicar o desempenho de uma equipa e uma direção que se batem pelo rigor, pelo respeito e pelo compromisso.
Exigimos respeito e tratamento igual entre todos os emblemas, sejam os que estão em rinque, seja aqueles a quem o desempenho desta equipa possa estar a incomodar.
Ninguém nos trava de igual para igual.
 
Fonte: OC Barcelos ( facebook )

turquel barcelos andre luis 2

O OC Barcelos deixou fugir no ultimo segundo, a hipótese de ser o novo líder do campeonato nacional da primeira divisão, após empatar na " Aldeia do Hóquei " com o aflito HC Turquel a quatro bolas, em jogo da 15ª jornada

O empate coloca aos barcelenses ( - 1 jogo ) com os mesmos trinta e três pontos do Sporting CP ( - 1 jogo ), mais um que o FC Porto ( - 1 jogo ) e mais três que a UD Oliveirense ( - 1 jogo ).



Quanto ao HC Turquel continua nos últimos lugares com apenas nove pontos alcançados.

Tudo corria bem ao Barcelos que com uma eficácia tremenda, chegou ao 3-0 nos primeiro três minutos com dois tentos de Miguel Rocha e um de Dario Gimenez.

Apreensivo com a postura da sua equipa, o treinador do HC Turquel pediu um " time out " para corrigir em especial a forma de defender.

No reatamento do jogo o HC Turquel beneficiou de uma grande penalidade que Vasco Luís aos 7' aproveitou para reduzir para 3-1.

Este tento animou a equipa da casa que tentou encurtar o marcador, mas na baliza do OC Barcelos, Conti Acevedo começou a brilhar com boas intervenções, uma delas aos 14' ao defender um livre direto de Vasco Luís por cartão azul exibido a Zé Pedro.



No entanto até ao intervalo o resultado não sofreu mais alteração, também graças a Diogo Almeida, guarda redes do Turquel que tirou o golo a Joca Guimarães e Reinaldo Ventura.

A segunda parte começou com o OC Barcelos a ampliar para 4-1 por Rafael Lourenço logo aos quarenta segundos.

O conjunto da casa a precisar de pontos tentou marcar, mas Conti Acevedo negou uma grande penalidade a Tiago Rafael.

Na terceira grande penalidade que aconteceu aos 13' o guarda redes do OC Barcelos não conseguiu evitar o 4-2, desta vez apontado por André Pimenta.

Logo a seguir o HC Turquel colocou o marcador em 4-3 por Vasco Luís, tento que animou o encontro.

No ultimo ataque sem guarda redes, o HC Turquel fez o empate por Miguel Vicente.

Na próxima jornada, o OC Barcelos recebe o vizinho HC Braga e o HC Turquel desloca-se ao FC Porto.

limianos1 1

“Este novo confinamento é a machada final para o Limianos e para todos os clubes que pretendem priorizar a formação. Numa altura em que estavamos expectantes face ao regresso da competição de que se ia ouvindo falar e nos deixava esperancados, recebemos esta notícia. Com estas medidas resta-nos oferecer resistência mas o cenário é desesperante” foi assim que Filipe André Carneiro, coordenador da Formação do Hóquei em Patins da AD ‘Os Limianos’, se pronunciou sobre as consequências do novo confinamento que entra em vigor esta sexta-feira.

Tal como em março de 2020, o desporto é obrigado a parar, apesar de todas as medidas que tomaram ao longo dos meses para seguir as indicações da DGS. Os clubes dotaram-se de planos de contingências, são muitos os cuidados no entra e sai do pavilhão, os atletas da Formação ainda não podem fazer treinos em conjunto, treinam menos tempo por treino e têm menos treinos. Mesmo assim, a decisão agora tomada pelo governo impede a continuidade dos treinos e dos jogos que não sejam na I Divisão das varias modalidades.

“NÃO VEMOS INTERESSE DO GOVERNO EM OLHAR PARA O DESPORTO COMO UM COMPLEMENTO AO COMBATE DO COVID-19”

André Carneiro Filipe referiu que “não conseguimos ver luz ao fundo no túnel, nem vemos interesse do governo em olhar para o desporto como um complemento ao combate do Covid-19” e adiantou: “vejamos, desporto é sinal de hábitos saudáveis, sinónimo de conhecimentos do corpo, conhecimento de regras, respeito por valores e pelo próximo. Não conheço um único clube que tenha sido responsável pela transmissão do vírus, e, embora já tivéssemos familiares e atletas afetados com o Covid-19, nunca a transmissão chegou ao seio do clube restringido-se a transmissão ao seio familiar e treinamos desde de Julho…”.

Por isso “não consigo perceber o porquê destas medidas generalizadas, sem estudos efetivos e sem sensibilidade do que realmente se passa todos os dias no terreno. É infelizmente a política que temos em Portugal”.

REDUÇÃO DO NÚMERO DE ATLETAS

Interrogado sobre se teme que o novo confinamento afaste ainda mais os atletas da modalidade e do clube, Filipe André Carneiro lembrou que “o Limianos tinha previstos competir esta época com equipas A e B em Sub-15 e Sub-13. Neste momento mal temos miúdos para competir com uma equipa em cada escalão. Estamos mesmo em risco de perder os poucos jogadores que foram resilientes durante este período e que demonstraram que, realmente, amam o Hóquei em Patins e querem muito fazer carreira desportiva na modalidade, mas com estas medidas tememos mesmo que venhamos a fechar as portas ou ter de recomeçar tudo do zero…”.

EQUIPA SÉNIOR COM GRAVES PROBLEMAS

Se o Limianos tem um problema grave na Formação, a situação dos Seniores, que militam no Campeonato Nacional da III Divisão, não é menos preocupante…

Os seniores são outro problema. As dificuldades económicas que o clube atravessa estão a ser severas face à inoperalidade que os constantes estados de emergência impuseram. A equipa Sénior já leva seis ou sete jogos em atraso face a situações que somos totalmente alheios, pois por nossa vontade jogaríamos tal como tem acontecido com a I Divisão, mas não nos permitem!”, disse Filipe André Carneiro, que para além de coordenador da Formação é o treinador da equipa Sénior.

“TEMOS UM MUNICÍPIO QUE POUCO OU NADA TEM ACUDIDO AOS NOSSOS PEDIDOS DE SOCORRO’”

Filipe André Carneiro referiu que “tem sido difícil obter apoios para o clube, os nossos patrocinadores estão muito preocupados e compreendemos que não nos possam ajudar muito mais, mas depois temos um município que pouco ou nada tem acudido aos nossos pedidos de ‘socorro’. Sei que a direção tem tentando agendar reunião com o município e os seus responsáveis e as pessoas continuam a ‘chutar’ para canto. O Limianos-Hóquei em Patins parece-me que é um bocadinho o ‘patinho feito’ da Vila, no entanto relembro que foi a única modalidade que representou o concelho ao mais alto nível, ao participar no Campeonatos Nacional da Divisão, a par da canoagem. Acho que a secção merecia mais respeito e mais carinho, até porque a solução é muito simples para continuarmos de pé. Basta haver boa vontade para que não tenhamos de fechar as portas de toda a secção, porque as pessoas que estão no Hóquei em Patins são pessoas idóneas e não vão, certamente, querer arrastar o clube para situações que ponham em causa o seu regresso num futuro incerto”.

“VALE A PENA COMPETIR ASSIM?”

Para Filipe André Carneiro a indefinição do tempo de confinamento também não ajuda na procura de uma solução de retoma…

“O facto de as medidas serem de tempo indefinido deixa-nos ainda mais preocupação e sem formas de programar como e quando regressar. Da forma como isto está leva a uma desmotivação total dos agentes do desporto e questiono-me até se não é melhor acabarmos de uma vez com este para-arranca e cancelarmos tudo de uma vez! Ou nos dão condições e confiam nos protocolos sanitários para competirmos sem interrupções inesperadas ou então mais vale ficarmos em casa e esperar por um regresso em que possamos trabalhar em condições. Da forma que as coisas estão a ser tratadas a verdade desportiva já nem existe…vale a pena competir assim?”.

Fonte- Desportivo do Minho/ Carla Noémia * Foto- Desportivo do Minho

janeiro Pluriform 4

135813389 2854836161420719 2818265700987085169 o

A retoma no Desporto, do escolar ao federado

A Câmara Municipal de Odivelas vai promover uma acção onde serão abordadas as boas práticas existentes em diversos contextos, com especial foco na sua implementação, conjunto de boas práticas e recomendações a retoma da área do Desporto nas suas diversas vertentes.


COVID vs. DESPORTO: A retoma no Desporto, do escolar ao federado

Atualmente a sociedade está mais atenta aos desafios que são colocados na área do Desporto. Não obstante a maior consciencialização para as necessidades específicas que no Desporto para com a pandemia que vivemos, o caminho trilhado é ainda menor do que aquele que está por vir. A prática desportiva, é um patamar de igualdade reconhecido por todos nas suas múltiplas valências, que vão muito além do exercício físico em si. A situação epidemiológica causada pela doença COVID-19 exigiu a todas as organizações desportivas, desde as federadas até as escolares, um conjunto de medidas extraordinárias de prevenção da sua transmissão.

A pandemia COVID-19 afecta e tem impacto em todos e em todos os contextos sociais, não sendo o contexto desportivo uma excepção.

Neste sentido, em linha com o processo de desconfinamento e com o gradual levantamento das restrições verificadas, mas também em tom de balanço, nesta ação serão abordadas boas práticas existentes em diversos contextos, com especial foco na sua implementação, conjunto de boas práticas e recomendações a retoma da área do Desporto nas suas diversas vertentes.

Promovido por: Câmara Municipal de Odivelas

Público-alvo: treinadores, pais, atletas, psicólogos, professores (de todos os ciclos de ensino, com especial ênfase em Educação Física), responsáveis de coletividades e clubes entre outros profissionais que trabalhem no meio da formação desportiva (nutricionistas, fisioterapeutas, preparadores físicos, médicos, psicólogos, etc..), profissionais responsáveis pela orientação e condução do exercício de atividades físicas e desportivas, professores de Atividade Física e Desportiva, responsáveis pelo Desporto Escolar, atletas, estudantes do curso de Desporto, público em geral.

Datas:
23 de janeiro de 2021 das 15h00 às 18h00
30 de janeiro de 2021 das 15h00 às 18h00
Local: Online, via zoom
Valor: Gratuito
Objetivos Gerais:

Conhecer os exemplos de boas práticas no âmbito da pandemia COVID-19;
Debater o papel da Escola enquanto promotor de medidas inclusivas, com especial foco na atividade desportiva;
Questionar o papel dos clubes e associações na promoção da prática desportiva em contexto de pandemia;
Debater as oportunidades e obstáculos no âmbito do desporto nas suas diversas valências devido a COVID-19;
Abordar o posicionamento das instituições públicas face as dificuldades encontradas;
Saber o importante papel das federações no combate a pandemia.

Ação creditada pelo IPDJ no âmbito da formação contínua, para treinadores, técnicos de exercício e diretores, na componente de formação geral:

N.º de Unidades de Crédito atribuídas: 1.2
Local: Odivelas (Online)
Formação Contínua (Técnicos de Exercício e Diretores)

Ação creditada pelo CENFORES no âmbito da formação contínua para professores – ACD.

Programa*
Data – 23 de janeiro de 2021 das 15h00 às 18h00
15h00-15h30: Sessão de abertura
15h30-16h00: O impacto do COVID no Desporto

Psicólogo Desportivo – Jorge Silvério
16h00-18h00: Painel 1 – COVID vs. Desporto: Federado

ADOP – Carlos Santos
Comité Olímpico de Portugal – Pedro Roque
Ex-árbitro FIFA – Duarte Gomes
Moderador: Hugo Silva

Data – 30 de janeiro de 2021 das 15h00 às 18h00
15h00-16h30: Painel 1 – COVID vs. Desporto: Nas modalidades

Liliana Pitacho – Docente e Investigadora
Treinadores de Portugal – Pedro Sequeira
Moderador: Jorge Rafael
16h30-18h00: Painel 1 – COVID vs. Desporto: Escolar e Associativo

Desporto Escolar – Rui Carvalho
IPDJ – Vítor Pataco
Moderador: Paulo Sérgio

Processo de Inscrição: Após a inscrição a mesma será validada pela equipa técnica e receberá no prazo máximo de 48 horas um email de validação da inscrição com respetivo link de acesso as sessões zoom.

REGISTO AQUI

janeiro Pluriform 3

manuel boutoreira

A equipa da Galiza, o Deportivo Liceo, a única que disputa a OK Liga e que não pertence à Catalunha terminaa primeira volta da prova na liderança, somando 14 vitórias e apenas um empate nas 15 jornadas disputadas, com destaque para os triunfos alcançados no Palaugrana frente ao Barcelona e no recinto do Reus Deportiu.
Na jornada que encerrou a primeira volta e disputada esta terça feira o Liceo venceu no Riazor o Lleida por 2-1 com o Barcelona que segue na segunda posição a vencer no recinto do Voltregà por 5-1.
Nos restantes jogos desta partida destaque para o triunfo fora de portas do Caldes ao Noia por 7-4, o triunfo do Lloret sobre o Igualada por 5-3 e do Vic frente ao Mataró, no recinto destes, por 5-2.
Com alguns jogos ainda para se realizar para fechar esta primeira volta, fica ainda a dúvidas das oitos equipas que ocuprarão os primeiros oitos lugares de forma a poderem participar na Taça do Rei.

Resultados da 15ª jornada da Liga Masculina OK:

Deportivo Liceo - CE Lleida 2-1
CE Noia Freixenet - CH Caldes 4-7
CH Lloret 5-3 Igualada HC 5-3
CH Palafrugell - CP Taradell 3-1
CP Voltregà - Barça 1-5
CH Mataró - CP Vic 2-5
Garatge Plana Girona CH - CP Calafell Tot l'Any (adiado)

Jogos em atraso

CP Calafell - CH Palafrugell (10ª jornada)
CP Calafell - CE Noia (14ª jornada)
Girona CH - CP Calafell (15ª rodada)
CE Vendrell - Reus Deportiu (15ª rodada)

Classificação

1 – Depotivo Liceo 43 (15 J)
2 – Barcelona – 40 (15J)
3 – Caldes – 32 (15J)
4 – Lleida – 32 (15J)
5 – Reus Deportiu – 29 (14J)
6 – CP Voltrega – 21 (15J)
7 – Girona CH – 19 (14J)
8 – CE Noia – 17 (14J)
9 – CH Palafrugell – 17 (14J)
10 – CH Taradell – 14 (15J)
11 – CP Calafell – 13 (12J)
12 – Igualada HC – 13 (15J)
13 – CH Lloret – 12 (15J)
14 – CE Vendrell – 11 (14J)
15 – CP Vic – 10 (15J)
16 – CH Mataró – 5 (15J)

Foto- RFEP/Manuel Boutoreira

janeiro Pluriform 2

generica hoquei new

O SL Benfica informou no seu site oficial que o plantel sénior da equipa de hóquei em patins feminino está em isolamento profilático devido à COVID-19.

Face a esta situação, os próximos compromissos com o Sporting CP e o UD Vilafranquense terão de ser reagendados.

janeiro Pluriform 1

139786464 2917770545176564 5697971720955785581 o

A Comissão de Treinadores do “hóquei a Sul” vai levar a efeito no próximo sábado, dia 23 um colóquio denominado “Modelos de formação de jovens atletas” que terá a participação de Telmo Sousa, atual treinador do Termas OC.
Vai-se falar, debater, partilhar ideias, o Hóquei em Patins.
A entrada será permitida a todos os interessados em participar.
Para ter acesso à transmissão terá de enviar uma mensagem para o Whatsapp (+351 910721419) com o texto “Quero participar” e será facultado o Link da Tertúlia. (30min antes)

janeiro Pluriform 3