a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Barcelona leva Hélder ...

quarta , Out. 17 2018
94

WS Europe Rinck Hockey ...

quarta , Out. 17 2018
124

FPP - Seniores Femininos ...

quarta , Out. 17 2018
95

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
55802

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
23742

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19048

Pedro Nunes- “Assumimos ...

quinta , Fev. 15 2018
179

Resumo 1/4 final Taça ...

segunda , Fev. 08 2016
754

Esta 2.ª Feira há ...

domingo , Jan. 07 2018
678

hnu

Hélder Nunes, que se iniciou no Barcelos e passou pelo HC Braga, está a caminho do FC Barcelona, indo fazer companhia a João Rodrigues que se mudou este defeso para o colosso catalão.
Hélder Nunes, de 24 anos, vai fazer companhia a João Rodrigues (ex-Benfica) no Barcelona em 2019/20, tendo um acordo com o clube catalão por quatro temporadas (até 2022/23). O médio, que terminará a ligação de sete anos com o FC Porto no final de 2018/19, vai tornar-se assim no terceiro português a jogar pelo Barça, seguindo as pisadas de João Rodrigues, o avançado que lá chegou esta época, e do médio Carlos Realista, que jogou no Barcelona em 1987/88.
Depois de no final da época passada ter sido abordado pelo Sporting e de este verão não ter chegado a um entendimento com os dragões para o prolongamento do vínculo, abrindo as portas à possível mudança para a Catalunha, O JOGO sabe que a esperada transferência do internacional português vai mesmo concretizar-se. Recorde-se que o interesse do Barcelona é antigo, sendo só agora, à terceira tentativa, que o mais titulado clube do mundo leva o melhor médio português.

Recentemente, em Barcelos, Hélder Nunes, com a camisola do FC Porto, defrontou a futura equipa na final da Taça Continental, ganha pela 18.ª vez pelo Barça, a que soma ainda 29 títulos de Espanha e 21 títulos europeus, o último dos quais conquistado, em maio, no Dragão Caixa.
Ao serviço do FC Porto, onde chegou em 2012/13, após duas épocas no HC Braga, clube que o foi buscar ao Óquei de Barcelos, Hélder Nunes, capitão portista desde 2015/16, conquistou dois Campeonatos Nacionais, quatro Supertaças e quatro Taças de Portugal e, em representação de Portugal, sagrou-se campeão europeu de seniores, sub-20 e sub-17 e ainda campeão mundial sub-20.
A última conquista celebrou-a na Mealhada no passado dia 7, erguendo a Supertaça após triunfo sobre o Sporting.
Já no próximo sábado, o FC Porto inicia a campanha na Liga Europeia jogando com o Saint-Omer em Vila Praia de Âncora, devido ao jogo de interdição que o Dragão tem de cumprir. No arranque do campeonato, no passado fim de semana, o FC Porto venceu o Oeiras em casa (7-1) e no dia 24 desloca-se a Viana do Castelo. O primeiro clássico disputa-se no dia 3 de novembro, na pista do Benfica.

Fonte/ Foto – Jornal “O Jogo”

44023175 2068570749876260 3176749427792543744 o

A WS Europe RH não aceitou a data proposta por Portugal e Espanha para a realização do tempo que falta do jogo referente ao Europeu Feminino.
Recordamos que as duas Federações tinham, avançado com o dia 24 de Outubro (uma quarta-feira), mas a indisponibilidade dos árbitros que estiveram no referido jogo, que teve que ser interrompido, inviabiliza a realização nessa data, com o organismo europeu a propor uma data que coincida com um fim de semana e seja posterior ao dia 1 de Novembro.
Resta agora esperar que as duas Federações acertem uma data que seja do agrado de ambas.

00001373

Publica-se o Quadro Competitivo de Seniores Femininos, conforme foi transmitido aos clubes.

Após consulta aos Clubes participantes no Campeonato Nacional da Época 2017/18, a opinião maioritária foi que esta prova dever-se-á realizar numa única fase regular, em sistema de campeonato, todos contra todos, a duas voltas, em que competem todos os Clubes inscritos, permitindo a melhoria das capacidades técnicas, táticas e físicas das atletas e adaptando-se à realidade, mas acima de tudo que todos os Clubes e respetivas atletas tenham a possibilidade de disputar o mesmo número de jogos, e possibilitar um maior número de jogos a todos os participantes.

No entanto para a presente época há que considerar o seguinte:

- O Campeonato Europeu de Seniores Femininos, disputou-se muito tardiamente, não permitindo o início do Campeonato Nacional mais cedo
- O Campeonato do Mundo a realizar-se em Julho de 2019, requer o normal tempo de preparação da Seleção Nacional de Seniores Femininos;

O intervalo de tempo é reduzido para acolher um campeonato a 30 jornadas

Face ao exposto, o Campeonato Nacional de Seniores Femininos realizar-se-á no seguinte formato:

- 1ª Fase - duas zonas (Norte e Sul) em sistema de campeonato todos contra todos a duas voltas, previsivelmente com 14 jornadas e com recurso a jornadas duplas;

- Fase Final 1 (Apuramento de Campeão) - 4 primeiros classificados de cada zona (num total de 8) em sistema de campeonato todos contra todos a duas voltas com 14 jornadas;

- Fase Final 2 (Apuramento de classificação do 9º ao 15º/16º lugar) - restantes Clubes de cada uma das zonas, em sistema de campeonato todos contra todos a duas voltas previsivelmente com 14 jornadas.

O sorteio da prova realizar-se-á no dia 22 de Outubro de 2018 às 18h00 na sede da FPP, devendo os Clubes proceder á respectiva inscrição até ao dia 21 de Outubro.

Aproveitamos ainda para comunicar que na Época 2018/19 nos jogos do Campeonato Nacional de Seniores Femininos será utilizado o sistema de Boletim Eletrónico, e que a duração dos jogos será de 50 minutos.

Abaixo indicam-se as datas de disputa de cada uma das fases assim como da Taça de Portugal:

Primeira fase
04.11.2018 - 1ª jornada
10.11.2018 - 2ª jornada
11.11.2018 - 3ª jornada
17.11.2018 - 4ª jornada
24.11.2018 - 5ª jornada
01.12.2018 - TP - 1ª Elim.- 1ª Mão
08.12.2018 - 6ª jornada
09.12.2018 - 7ª jornada
15.12.2018 - TP - 1ª Elim. – 2ª Mão
22.12.2018 - 8ª jornada
05.01.2019 - 9ª jornada
06.01.2019 - 10ª jornada
12.01.2019 - TP - 2ª Elim. – 1ª Mão
19.01.2019 - 11ª jornada
27.01.2019 - 12ª jornada
02.02.2019 - TP - 2ª Elim. – 2ª Mão
09.02.2019 - 13ª jornada
16.02.2019 - 14ª jornada

Segunda fase
03.03.2019 - 1ª jornada
09.03.2019 - 2ª jornada
16.03.2019 - 3ª jornada
23.03.2019 - 4ª jornada
30.03.2019 - 5ª jornada
06.04.2019 - 6ª jornada
13.04.2019 - 7ª jornada
20.04.2019 - 8ª jornada
27.04.2019 - 9ª jornada
04.05.2019 - 10ª jornada
11.05.2019 - 11ª jornada
18.05.2019 - 12ª jornada
25.05.2019 - 13ª jornada
01.06.2019 - 14ª jornada
08.06.2019 - TP - Final 4
09.06.2019 - TP - Final 4

Fonte/foto - FPP

44062978 1857666337615908 7961492507643084800 o

Em jogo referenteà 1.ª jornada do CN da 1.ª divisão, 2018/2019, triunfo do SC Tomar, no Municpal “Cidade de Tomar” frente ao CD Paço Arcos por 3-2.
Confira aqui os melhores momentos deste encontro, com imagens da “Cidade Tomar TV”.

Resumo do Jogo

2018 Nantes JoaoParreiraDeixou Portugal vão cerca de dois meses e aventurou-se em França onde joga no Nantes, adversário do OC Barcelos na 1ª mão da pré eliminatória da WS Europe Cup.
Como muitos jogadores portugueses, emigrou e junta o trabalho com a modalidade.
Chama-se João Parreira, é natural de Almada e ao Hóquei Minhoto falou deste jogo, realçando que não é todos os dias que se defronta  uma das melhores equipas do mundo, mas com imensa pena de não ser no municipal de Barcelos.


" Bem na teoria o Barcelos assume todo o favoritismo na eliminatória é um grande colosso europeu no que toca ao hóquei em patins.
Nós Nantes, vamos com o intuito de mostrarmos que somos uma equipa coesa e acima de tudo unida e que discutiremos a eliminatória até ao fim.
O Barcelos tem duas baixas de peso e vamos aproveitar esse aspeto também.
Acima de tudo que seja uma boa eliminatória e não vamos facilitar nada a vida ao Barcelos.
Tenho pena que não seja em Barcelos o jogo, porque é sempre um motivo extra jogar num pavilhão como o do OC Barcelos.
É sempre um privilégio jogar num pavilhão como é o de Barcelos mas visto por outro lado acho que podemos aproveitar esse ponto de não jogarem na casa deles ".

João Parreira falou também desta sua aventura em França e do seu percurso como jogador.

" A minha caminhada aqui no Nantes é bastante recente.
É a minha primeira época em Nantes estou aqui há apenas dois meses.
Comecei com 6 anos no clube da minha zona de habitação no Seixal FC onde permaneci dez anos até juvenil de primeiro ano.
Foi o clube onde dei os primeiros passos de patinagem, onde tive as primeiras bases e onde me formei enquanto jogador de hóquei em patins.
Em juvenil de segundo ano fui para o CACO, Clube Atletico de Campo de  Ourique onde permaneci cinco anos até à época transacta sénior de primeiro ano
Foi um clube que me deu as condições todas para ter uma formação e competição bastante elevada onde aprendi muito sobre hóquei e cresci muito como pessoa,
Este ano com 21 anos e sénior de segundo ano, decidi aceitar esta aventura e vir para França ".

E jogar em Portugal e contra uma equipa portuguesa é sempre especial ?

" Claro que sim, dá para matar sempre saudades e com jeitinho ainda conseguimos ver a família!,
Também para competirmos contra os melhores porque não é segredo nenhum que hoje em dia, Portugal tem o melhor campeonato do mundo e das melhores equipas do mundo e da Europa ".

Foto: DR

2018 NantesNa pré eliminatória da agora denominada WS Europe Cup ( ex Taça Cers ), o OC Barcelos defronta o clube francês do Nantes, em partida que se realiza em Fão ( Esposende ) sabado às 18.00H.
Em casa emprestada por castigo imposto pela Cers, o clube minhoto parte com natural favoritismo, apesar de não contar com Rúben Sousa e João Almeida suspensos.

Mas quem é este Nantes Atlantique Rink Hockey .

O nome Nantes Atlantique Rink Hockey surge após fusão em 1991 de dois clubes de hóquei em patins da cidade de Nantes.
Atualmente disputa o principal escalão francês após ter subido em 2015, depois de nos dois anos anteriores ter caído nos play-offs de promoção.
O Nantes encontra-se ao fim de três jornadas em sexto lugar com quatro pontos, depois em casa ter ganho ao Poiré Roller por 8-3 e  empatado a três bolas com o CS Noisy Le Grand.
A única derrota que sofreu aconteceu fora do seu reduto por 3-1 com o HC Quévert.
Na época passada terminou em sexto lugar com trinta pontos, a vinte e cinco pontos de distancia do campeão, o HC Quévert.
Quanto às competições europeias, o melhor que conseguiu foi chegar aos oitavos de final em 1995, tendo sido afastado pelo Paço d'Arcos no conjunto das duas mãos por 24-5.
Curiosamente nesse ano de 1995 o OC Barcelos venceu a Taça Cers após vencer o Tordera de Espanha.

Foto: DR

40773103 2116465685283163 1342722354299535360 o

Depois de um ano no “melhor campeonato do mundo”, o HCP Grândola está de regresso à 2ª Divisão e estreou-se no “Zeca Afonso” com a receção ao HC PDL que vinha de uma subida de divisão e que tinha uma dupla de ataque fortíssima. Jogo perigoso por ser o primeiro, onde existe sempre alguma ansiedade adicional, mas encarado com muita seriedade pelo Grândola, por isso o saldo foi extremamente positivo com uma vitória por 6-1.
Quanto ao jogo, o PDL apresentou-se com apenas 7 jogadores e, sem surpresas, adotou uma postura muito defensiva, num ritmo extremamente baixo, tentava ter a bola o máximo de tempo possível e só atacavam a baliza de Piteira pela certa e apenas em ações de Carlos Guimarães e Bruno Botelho.
O HCPG tentava “desmanchar” a defensiva açoriana mas também não impunha uma velocidade muito elevada no jogo, o que serviu para manter o PDL em jogo durante muito mais tempo. Mas foi com naturalidade que o HCPG chegou ao 1-0 por intermédio de José “Zezinho” Gonçalves aos 7 minutos de jogo.
O PDL mantinha a mesma estratégia e o HCPG ia criando algumas oportunidades de golo. Estava um jogo perigoso para Piteira, pois pouco era posto à prova, também porque a sua defensiva anulou por completo Guimarães e Bruno Botelho.
Aos 15 minutos é José “Tanaka” Bernardo quem marca fazendo o 2-0 numa recarga oportuna.
Até final da 1ª parte, além de umas quantas oportunidades desperdiçadas pelo HCPG, mais nada se alterou.
A 2ª parte começa praticamente com Tiago Botelho do PDL a ver cartão azul e Zezinho chamado ao livre-direto não consegue bater Ruben Moniz guardião do PDL.
No power-play o HCPG não trabalhou muito bem a sua superioridade e ainda teve uma desatenção grave com Guimarães a surgir isolado para Piteira que teve de se aplicar para defender e na recuperação de bola Tanaka com uma boa finalização aumenta para 3-0 aos 5 minutos.
Aos 7 minutos Zezinho redime-se e bisa no jogo fazendo o 4-0 numa finalização simples.
O HCPG dominava por completo o jogo e o PDL começava a quebrar física e emocionalmente. Prova disso é o cartão azul a Bruno Botelho aos 12 minutos por contestar uma decisão da equipa de arbitragem.
No mesmo minuto Tanaka marca o seu 3º golo no jogo num penalty muito bem marcado fazendo o 5-0.
Logo de seguida Tiago Botelho vê cartão azul pela segunda advertência e Piteira é substituído pelo Tiago Pereira na baliza.
Aos 18 minutos o HCPG atinge a sua 10ª falta e Bruno Botelho no livre-direto reduz para 5-1.
Até final assistiu-se a um jogo de um sentido com o HCPG a tentar mais golos e o PDL a defender como podia e a abdicar quase na totalidade de ir à baliza de Tiago.
Tempo ainda para Zezinho completar o seu hat-trick ao fazer o 6-1 já nos últimos segundos do jogo.
Bom começo de temporada para o HCPG que se estreia no seu “Zeca Afonso” com uma boa vitória, com destaque para os 3 golos cada para Zezinho e Tanaka e para o excelente trabalho defensivo ao anular por completo as duas unidades mais perigosas do PDL. Foi com um “Zeca Afonso” muito bem composto que se assistiu a este jogo, e que se assistiu à bonita cerimónia de apresentação de todas as equipas do HCPG, bem como, respetivos treinadores, staff e direção.

Fonte- HCP Grândola/ Ricardo Piteira

deolho no apito

A FPP anunciou as nomeações para os jogos dos diversos campeonatos nacionais, entre o dia 18 e 25 de Outubro, próximo.

Listagem das Nomeações

LOGO RFEP V PRINCIPAL

A Real Federação Espanhola de Patinagem, já respondeu ao comunicado que a WS Europe-Rink Hockey enviou à FPP e à RFEP, a referir que se teria que realizar o tempo ainda em falta da partida que opõem as duas seleções no passado sábado na Mealhada, sob pena, no caso da não realização desse período, o título europeu de seleções femininas não ser atribuído.
Segundo a RFEP depois de analisado o comunicado aceita que se realize o restante tempo em falta (1m e 45s), afirmando que o título deverá ser ganho dentro de rinque, ficando agora, apenas, a disponibilidade das atletas para a realização do mesmo.

44130521024 88bc6d3c0d z

Ao vencerem o Vendrell no Pavilhão destes por 5-1, o FC Barcelona isolou-se no comando da classificação da OK Liga depois do empate concedido pelo Lleida no recinto do Noia a 3 bolas.
A quarta jornada iniciou-se na passada sexta feira com o Igualada a vencer em Alicante o PAS Alcoy por 4-1, equipa esta, que ainda não somou qualquer ponto na prova.
Por outro lado o Sant Cugat, que recebeu o HC Liceo, num Pavilhão cheio até às “costuras” somou o seu primeiro ponto na sua história nesta Ok Liga após o empate a 3 bolas.
Nos restantes jogoas desta jornada quatro, o Girona empatou com o CH Lloret a 3 bolas, o CO Vic perdeu no seu recinto frente ao Reus Deportiu por 3-2, o Voltrgá também não aproveitou o fator casa, já que perdeu com o CH Caldes por 6-4 e o Calafell venceu o Alcobendas por 6-4.

Resultados/Classificação

Foto- RFEP