a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

quinta , Ago. 11 2022
53

Calendário da Elite Cup ...

quinta , Ago. 11 2022
79

WSE Continental Cup será ...

quarta , Ago. 10 2022
62

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62217

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31085

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25228

CN Sub13 2.ª Fase: FC ...

sábado , maio 07 2016
2163

HA Cambra Sub20 vence UD ...

terça , Nov. 04 2014
2922

Di Benedetto- “Temos de ...

quinta , Fev. 06 2020
913

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

10534773 889338004428036 6903433494766002570 nPedro Caeiro Gonçalves será o técnico responsável das equipas de Sub-13 e Sub-20 do Parede FC na época de 2014-2015.

Embora ainda muito jovem Pedro Gonçalves tem feito um trabalho meritório no Clube da Linha e é um dos mais irreverentes e dinâmico neste ressurgimento do Parede FC. E a confirmação disso está na entrega do cargo de Coordenador Técnico do HP do Clube, por parte dos responsáveis do Parede FC, prova cabal da qualidade que tem demonstrado nos três anos que leva na estrutura técnica do Clube.
Na entrevista que Pedro Costa realizou para a página do facebook do Parede FC, Pedro Caeiro Gonçalves deixou claro a sua empatia e o porquê da aposta no Clube da Linha.10372940 10152552155989703 6362968626170978619 o
Sobre as motivações que o levaram a permanecer no Parede, foi objectivo: "Acima de tudo fiquei no Parede porque sou feliz aqui. Ando no hóquei para ser feliz e não com outro objectivo qualquer. E qualquer pessoa que faça parte da família paredense, neste momento, é facilmente feliz. Sou daqueles que arrancou com este projecto do zero e, agora, olhar à volta e perceber que centenas de pessoas compreenderam este trabalho e estão prontas para dar tudo para o desenvolver, faz-me sentir uma paixão por aquilo que criámos que raramente senti na minha vida. Continuarei a falar deste projecto com o maior orgulho e a fazer do Parede um modo de vida. Estar no Parede, neste momento, não é dar treinos ou fazer jogos. É carregar o emblema mesmo que ele não se veja na nossa roupa. É ter o vermelho e o preto no coração e na mente e engrandecer o trabalho de todas as formas possíveis."
Nesta pequena entrevista que Pedro Costa realizou para a página do facebook do Parede FC, ficamos também a saber um pouco mais dos objectivos que Pedro Gonçalves tem para a próxima época.
"Para a equipa de SUB-13 o objectivo é "dar o salto". Tivemos um primeiro ano de aprendizagem, a criar bases que sustentassem uma outra ambição para a próxima época. Quero vê-los a dar tudo por este emblema, a serem felizes, a defenderem o clube, a ganharem quando for possível e a mostrarem que estão a assimilar o trabalho que temos diariamente.
Já nos SUB-20 terei um dos grandes desafios da minha carreira. O desafio de reconstruir uma equipa que ficou muito desfalcada e manter o mesmo nível exibicional, a mesma ambição, o mesmo perfil guerreiro quando é para trabalhar, a mesma felicidade e o mesmo orgulho em jogar no Parede. Quero que todos os meus jogadores sejam opções válidas para os Seniores e igualar ou melhorar os resultados desportivos da época passada. Espero, acima de tudo, que seja uma equipa que continuará a ter um lugar muito especial no coração dos adeptos.
Como Coordenador, quero apoiar ainda mais os treinadores. Temos uma equipa de técnicos muito jovem mas com uma dedicação brutal a este projecto. Sei que temos matéria humana para fazermos do Parede um grande clube, mas há algum trabalho técnico para melhorar e uniformizar. Alguém me disse que o meu estilo de coordenação passava por "mostrar o caminho a seguir". Hoje, digo mais: passa por ensinar e ser ensinado. Dar e receber. Ajudar e ser ajudado. Tudo em equipa. Tudo numa harmonização de esforços que nos levem mais longe."1555510 765404656821372 789241437 n
Os adeptos do Parede FC não foram esquecidos nesta entrevista e Pedro Gonçalves não deixou passar em claro o apoio e carinho que sentiu dos adeptos na época passada.
"Como disse um jogador meu, os adeptos foram a coisa mais bonita que este projecto conquistou. Houve fotografias da Final Four de Odivelas que me arrepiaram. Todos sabem o grito. Todos sabem as músicas. Todos têm um cachecol ou uma camisola. Todos falam do Parede todos os dias. Chamam-se cinco adeptos para ajudar e aparecem cinquenta. Que não se perca esta mística e esta vontade. Que continuem a preencher os vossos fins-de-semana a apoiar o clube. Que sofram e partilhem emoções com os vossos ídolos. Que sejam felizes e, acima de tudo, se um dia não estiverem tão felizes com alguma coisa, lembrem-se que somos uma família. E, numa família, todos os problemas se resolvem. Foi para esta massa associativa que trabalhámos durante dois anos”, finalizou este jovem técnico que é já figura incontornável desta nova fase do Parede FC no panorama hoquista regional.

Fonte: Página do facebook do Parede FC