a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Sergi Miras com proposta ...

quarta , Jan. 23 2019
89

Eduard Lamas é alvo do ...

quarta , Jan. 23 2019
63

FPP- Nomeações de 23 ...

quarta , Jan. 23 2019
108

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56256

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24190

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19362

Seleção Sub20 de Espanha ...

terça , Out. 11 2016
842

Benfiquista Jordi ...

terça , Out. 06 2015
729

AP Porto vence "XIV ...

segunda , Fev. 27 2017
1763

Plurisports Barbeiro Pluriform

P9304921

União FE – HC “Os Tigres” 6-3

O União venceu na noite de 3.ª Feira o HC Tigres por 6-3 em jogo a contar para a 2.ª jornada da Taça APR/EKIS e que se encontrava em atraso.
Partida equilibrada e muito mexida esta que opôs o primodivisionário HC Tigres e o União FE com a formação da divisão secundária a vencer pela segunda vez a formação de Almeirim esta temporada.
Num jogo rápido e com constantes contra ataques de parte a parte foi o União a inaugurar o marcador por intermédio de Rui Alves, passavam 8 minutos de jogo. O mesmo jogador unionista poucos minutos depois aumentou para 2-0, mas o Tigres reduziu ainda antes do intervalo pelo internacional angolano Filipe Bernardino.
Início da segunda metade e o HC Tigres chega ao empate por Márcio Nunes, passavam então três minutos de jogo.
Com o jogo partido e com as equipas a manterem o mesmo ritmo demonstrado no primeiro tempo, seria a formação de Pedro Nobre a ser a mais beneficiada e mais acertiva na baliza adversária. Aproveitando alguma desatenção na defesa da formação que viajou de Almeirim, a equipa unionista em pouco mais de dois minutos (entre o minuto 8 e o minuto 10) faz três golos e coloca o marcador em 5-2. Carlos Fonseca por duas vezes e João Mendes foram os autores dos golos que deixaram a equipa da casa numa posição confortável para gerir não só a partida como o resultado.
Filipe Bernardino ainda reduz para 5-3 ao minuto quinze, mas David Vieira no minuto seguinte coloca a formação da cidade ferroviária a vencer por 6-3.
Até final maior pendor atacante do conjunto almeirinense, mas o desacerto na hora da verdade por parte dos avançados e uma boa exibição de Ricardo “Kaka” Correia acabaram por ser determinantes no resultado não se alterar até ao fim do jogo.
Triunfo justo do conjunto de Pedro Nobre que se coloca para já na liderança desta prova realizada pela AP Ribatejo e onde participam todas a equipas seniores desta Associação.
Rui Taborda o árbitro nomeado para este encontro, esteve à altura dos acontecimentos e passou praticamente ao lado do jogo, sinónimo de que os jogadores não dificultaram a vida e tentaram jogar o jogo pelo jogo.