a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Leões tornaram fácil o ...

sábado , Out. 24 2020
91

Oliveirense sorri no ...

sábado , Out. 24 2020
71

Águias de volta aos ...

sábado , Out. 24 2020
73

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59532

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27422

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21832

Moçambique já pensa no ...

quinta , Set. 14 2017
994

João Lomba reforça o SC ...

quinta , Ago. 09 2018
1174

I Torneio Regional do ...

terça , Dez. 08 2015
1439

Pluriform PP1

2.ªDivZonaNorte

Realizou-se este fim de semana, a 8.ª Jornada do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão – Zona Norte e a verdade é que numa jornada que pareceria relativamente fácil de prever, foram muitas as surpresas, com a classificação a estar muito baralhada. Do 1.º ao 10.º lugar vão apenas 7 pontos de distância, o que torna possível que todas estas equipas estejam ainda na luta pelos primeiros lugares.

Famalicense AC 3-1 CI Sagres
O Famalicense, depois de duas vitórias muito saborosas, a equipa de Fernando Almeida voltou a vencer, desta feita frente ao 1.º classificado, o CI Sagres, por 3-1. Numa exibição personalizada, Tiago Crespo (2g) e André Barbosa deram três importantes pontos ao Famalicense AC, que com esta vitória fica um pouco mais tranquilo na classificação, provando que apesar de um mau início, os famalicenses têm equipa para mais e melhor.

HC Mealhada 1-2 AA Espinho
Na Mealhada, também houve emoções fortes, com a AA Espinho a conseguir uma vitória curta por 1-2, mas que lhes permite agora somar 16 pontos e igualar o CI Sagres na liderança. Ainda assim, a Académica de Espinho teve que trabalhar e suar muito para conquistar os três pontos, com HC Mealhada a vender bem cara a derrota e quase que conseguia tirar um ponto deste encontro, provando que a equipa de Filipe Faria ainda irá ter algo a dizer neste campeonato e que não será assim tão fácil sair dos jogos sem qualquer ponto.

Riba d’Ave HC 7-3 HA Cambra
Em Riba d’Ave, a equipa melhor classificada também não venceu, com o RAHC a conquistar 3 importantes pontos, depois de ter ganho por 7-3. Num jogo bem conseguido por parte da equipa da casa, o HA Cambra saiu derrotado, sem margem para dúvidas, de Riba d’Ave, deixando fugir, ainda mais, o grupo da frente. Quem se destacou foi Vítor Hugo, que assinou um poker, ajudando e de que maneira o Riba d’Ave a somar agora 9 pontos, estando agora no 9.º lugar.

Juv. Pacense 6-1 ACR Gulpilhares
A Juventude Pacense recebeu e venceu a ACR Gulpilhares, voltando novamente às vitórias. Depois de três derrotas consecutivas, os pacenses voltaram aos triunfos, desta feita por 6-1, frente à ACR Gulpilhares, voltando à 4.ª posição da classificação. Já a ACR Gulpilhares, dá mostras de ser uma equipa algo irregular, tendo em conta que na jornada anterior tinham derrotado o HC Braga, em casa e desta feita acabaram com uma derrota por números claros, que os deixa na 12.ª posição, com 6 pontos em 5 jogos disputados.

CD Cucujães 2-8 HC Marco
Na Vila do Couto, o CD Cucujães, que na temporada anterior fazia do seu reduto uma autêntica fortaleza, acabou derrotado por 2-8 frente ao HC Marco, que até à data apenas tinha vencido uma partida, tendo sido alcançado na classificação pela equipa de Marco de Canavezes. Numa partida de grande desacerto para os locais, o HC Marco foi mais forte e conquistou três importantes pontos, que lhes permitem agora somar 6 pontos, os mesmos que o CD Cucujães, que tem mais um jogo realizado.

GDC Fânzeres 2-3 CRPF Lavra
No pavilhão de Fânzeres, emoção foi a palavra da ordem, com o CRPF Lavra a conquistar uma vitória muito suada e muito disputada. Numa partida que foi sempre pautada pelo equilíbrio, os forasteiros começaram a vencer, mas a equipa da casa conseguiu dar a volta, chegado a estar a vencer por 2-1. Ainda assim, o CRPF Lavra não baixou os braços e Marcelo Leite empatou para depois João Santos marcar o tento da vitória, que permitiu à equipa de Matosinhos conquistar uma importante vitória fora de portas, que permite à equipa de Lavra estar a apenas 6 pontos da liderança, com apenas 5 jogos realizados, o que deixa excelentes perspetivas, depois de um arranque menos conseguido.

Escola Livre 7-2 Valença HC
Finalmente no jogo realizado em Oliveira de Azeméis, também houve uma espécie de surpresa, não pelo vencedor, mas pela diferença bem patente no resultado. A equipa da Escola Livre recebeu e venceu o Valença HC por 7-2, não dando grandes hipóteses aos visitantes, que depois de um início auspicioso, somam agora a sua segunda derrota consecutiva. Com este resultado a Escola Livre soma agora 13 pontos em 6 jogos, enquanto o Valença HC ficou com 10, em 6 partidas disputadas.

Resultados

Classificação