a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

quinta , Ago. 11 2022
41

Calendário da Elite Cup ...

quinta , Ago. 11 2022
65

WSE Continental Cup será ...

quarta , Ago. 10 2022
52

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62209

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31080

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25221

SA Mérignac retira HC ...

terça , Abr. 28 2015
1859

Sporting vence e ...

sábado , Ago. 23 2014
2862

OK Liga- 6.ª jornada- ...

quarta , Out. 26 2016
1607

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

DSC 0778

A equipa do ACR Gulpilhares assinou hoje a presença na Final Distrital de Sub-13, juntando-se assim ao FC Porto ”A”. Na série “A” já tudo estava definido, no entanto a série B reservava-nos um excelente duelo entre duas equipas que procuravam o mesmo objetivo, a final distrital. Na primeira volta em Gulpilhares a equipa da casa conseguiu vencer o Juventude Pacense ”A” por 4-2, e por isso á equipa da Capital do Móvel a tarefa seria árdua, pois para se apurar para a final teria de bater o ACR Gulpilhares com uma vantagem de três golos. O início do jogo demonstrou algum nervosismo por parte das equipas, pois a responsabilidade do jogo estava na cara dos atletas. Uma final era o objetivo e por isso errar poderia deitar por terra essa possibilidade. A equipa da casa estava expectante e tentava contrariar um ACR Gulpilhares que partia em vantagem, com várias investidas á baliza de Nuno Reis que assegurou de forma segura a baliza da equipa visitante. Estava dividido o encontro com várias tentativas de ambas as formações, quando num cruzamento para a boca da área Rafael Oliveira a girar sobre o atleta Pacense e à meia volta a trair o guarda-redes João Nunes abrindo assim o marcador para o 0-1. Pouco depois e aproveitando alguma desconcentração Pacense, um cruzamento para o meia da área haveria de levar a bola sorrateiramente a embater no poste da equipa da casa, e a passo de caracol a entrar dentro da baliza quando as equipas ainda a procuravam. Com uma desvantagem de 2 golos tornava-se cada vez mais difícil á equipa Pacense contrariar esse resultado, foi quando a escassos segundos de terminar a partida, na marcação de uma falta no canto inferior esquerdo da baliza do ACR Gulpilhares, Francisco Mota a enviar a bola á baliza e a reduzir para 1-2, resultado que ficou ao intervalo. A 2ª parte trouxe-nos uma igualdade a 2 bolas, com ambas as equipas a lutarem insistentemente por um resultado positivo. Com grande insistência a equipa Pacense por intermédio de David Correia e Joel Carneiro conseguiu ainda chegar ao empate a três golos, numa altura em que ambas as equipas estavam nitidamente fatigadas, tal era a intensidade do jogo. Mas a 40 segundos do final da partida, haveria de ser novamente Rafael Oliveira a estragar ainda mais as contas da equipa da casa e a marcar o hat-trik no jogo e a dar nesta reta final o golo da vitória á equipa de Gaia, firmando assim com chave de ouro. Com este resultado, a equipa de Gulpilhares marca presença na final distrital ao lado do FC Porto “A”, numa luta a duas mãos que se espera intensa entre as equipas, e onde quem se afirmar mais forte, levará consigo o título de campeão distrital de Sub-13.