a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

quinta , Ago. 11 2022
48

Calendário da Elite Cup ...

quinta , Ago. 11 2022
73

WSE Continental Cup será ...

quarta , Ago. 10 2022
57

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62214

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31082

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25224

CN Sub-17- Zona Sul- SC ...

segunda , Mar. 14 2016
1665

Torneio Sub ...

quarta , Abr. 29 2015
1899

Luís Canavarro: “Não ...

sexta , Fev. 12 2016
2128

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

11034321 10200354735668233 8018882495829589437 o

A equipa B do SL Benfica venceu na noite de Sábado o União FE no “Albano Mateus” por 6-1, mantendo a perseguição ao SC Tomar e Grândola na luta pelo segundo lugar da tabela classificativa.
Embora a equipa encarnada partisse como favorita neste encontro, havia a curiosidade de saber como se portaria frente a uma equipa que no seu reduto apenas tinha consentido tres empates (Oeiras, Alcobacense e Nafarros).
O Benfica abriria ainda cedo, aos 4 minutos, o marcador através de “Xanoca” na transformação de uma GP. Numa fase de equilíbrio embora com algum ascendente dos encarnados, o União dispôs aos seis minutos de um LD (CA a Tiago Jorge), mas Carlos Fonseca a não conseguir ludibriar Diogo “Matraco” Rodrigues.
Com o Benfica a mostrar muita consistência colectiva e a imprimir um ritmo de jogo alto, o segundo golo acabaria por surgir no stique de “Xanoca” após um LD (por CA mostrado a João Mendes) marcado pelo mesmo jogador. Ricardo Correia defende mas acabaria por ser ultrapassado pela rapidez do jovem internacional português, na recarga.
Sempre mais forte nas transições e a não permitir grandes veleidades à equipa local a pressão das águias acabaria por ser recompensada por mais um golo, a 4 minutos do intervalo, por intermédio de Tiago Jorge, a aproveitar uma bola perdida após um remate de Tiago Godinho que embatera na barra e a sobrar para o capitão encarnado que não desperdiçou a oportunidade.
Resultado que se justificava quando soou para o intervalo, pelo jogo muito colectivo e acima de tudo, assertivo da formação de Jorge Godinho.
A segunda metade acabaria por confirmar o melhor conjunto em rinque, com o Benfica a deixar patente tanto em termos qualitativos como colectivos a sua superioridade perante o União FE.
Aos seis minutos os encarnados dispuseram de uma GP (CA mostrado ao guardião unionista) que não seria concretizada por “Xanoca” com Ricardo Rosa a opor-se de forma superior.
O União reduziu logo a seguir quando jogava em inferioridade numérica por Bruno Pereira, mas até ao fim só deu Benfica.
Tiago Jorge aumentou para 4-1 aos 20 minutos, um minuto depois foi a vez de André Eduardo aumentar para 5-1 com Tiago Jorge a fechar as contas e a fazer o hat trick a 2.48 do final da partida. Ainda tempo de “Xanoca” desperdiçar mais um LD, este a penalizar a 10.ª falta unionista.
Triunfo que permite ao Benfica manter a pressão sobre as equipas que seguem imediatamente à frente, somando agora 40 pontos, menos dois que Grândola e SC Tomar.
Quanto ao União manteve a 10.ª posição com 21 pontos, mas viu o S Alenquer B aproximar-se a ficar a um ponto da equipa de Pedro Nobre, fruto do triunfo sobre o Vasco da Gama.

Pavilhão “Albano Mateus” – Entroncamento

Árbitros: Paulo Romão e António Jardim, de Lisboa

União FE: Ricardo Correia (gr), Nuno Nobre, David Vieira, Rui Alves e João Mendes; Carlos Fonseca, Tiago Pereira, Pedro Brazete, Bruno Pereira (1) e Ricardo Rosa (gr)
Treinador: Pedro Nobre

SL Benfica- B: Diogo Rodrigues (gr) Pedro Martins, Alexandre “Xanoca” Marques (2), Tiago Jorge (3) e Diego Dias; Tiago Godinho, André Eduardo (1), Nuno Sousa, Gonçalo Conceição e Diogo Fernandes (gr)
Treinador: Jorge Godinho

Foto: Nuno Sousa