a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“Carlitos” Silva assina ...

sexta , maio 29 2020
65

Paulo Almeida- “Ainda ...

sexta , maio 29 2020
73

Comunicado Conjunto das ...

sexta , maio 29 2020
105

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58772

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26625

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21232

FPP organiza formações ...

terça , Mar. 24 2015
1905

Resumo 7.ª Jor. 1.ª Div: ...

sábado , Nov. 19 2016
1375

1.ª D- Leões sem medo ...

quinta , Mar. 26 2015
1279

pluri unhas J

cabecalhoJPacenCom

No seguimento das notícias e comentários dos últimos dias, a Juv. Pacense decidiu lançar um comunicado, a relatar os factos ocorridos durante e no final da partida dos 1/8 Final da Taça de Portugal que ocorreu no passado sábado no Pavilhão Municipal de Paços de Ferreira e que a Juv. Pacense venceu por 4-2. O comunicado abaixo é da inteira responsabilidade do clube pacense, que pretende assim dar a sua opinião e visão do ocorrido. 

COMUNICADO

No seguimento do jogo para os Oitavos de Final da Taça de Portugal ocorrido no dia 14 de Março de 2015 que opôs a equipa sénior do CDC Juventude Pacense contra a Candelária SC, a Direção vem por este meio afirmar:

  1. O Clube e os seus responsáveis são completamente contra qualquer tipo de violência, seja ela verbal ou física;
  2. Lamentamos que os responsáveis do clube visitante se tenham sentido ameaçados durante a sua visita ao nosso recinto. Desde o primeiro momento que, dando seguimento à tradição do CDC Juventude Pacense, pretendíamos receber adequadamente o nosso adversário, não nos escusando, no entanto, a incitar a nossa equipa para que dessem tudo o que estivesse ao seu alcance para vencer a partida;
  3. Admitindo a existência de excessos de alguns adeptos afetos ao CDC Juventude Pacense, mas que nunca resultaram em violência física, é importante referir que:
    1. As reações mais fervorosas dos nossos adeptos só aconteceram após comportamentos menos adequadas de jogadores da Candelária SC. Assim, e só para citar os casos mais graves, verificou-se que um dos jogadores da Candelária SC passou grande parte do jogo a “interagir” com a bancada. Um outro jogador, após ter sido admoestado com o cartão azul, cuspiu em direção ao local em que se encontravam uma parte dos nossos adeptos. Não sendo desculpa para reações mais fervorosas, os jogadores em causa, sendo experientes e como largos anos de hóquei em patins, deveriam ter consciência das consequências que poderiam resultar destes atos;
    2. O treinador da Candelária SC, num momento de claro nervosismo, tentou reagir, tendo inclusive pegado na esfregona usada para usar de violência física para com os adeptos do CDC Juventude Pacense. É importante referir que, neste caso, como nos outros, os responsáveis do nosso Clube tudo fizeram para acalmar o treinador da Candelária SC e protegê-lo das consequências que poderiam surgir caso levasse essa sua intenção (manifestamente irrefletida) avante;
  4. Importa, em jeito de conclusão, ressalvar que:
    1. É totalmente falso que algum membro da comitiva da Candelária SC tenha sido violentado fisicamente;
    2. A segurança presente e a Direção do CDC Juventude Pacense estiveram sempre disponíveis para garantir a segurança da comitiva da Candelária SC, tendo inclusive acompanhado o seu autocarro até à saída dos limites do concelho de Paços de Ferreira;
    3. 99% dos adversários que nos visitam, assim como as diversas equipas de arbitragem, podem confirmar a nosso bem-receber, o que não implica que não tenhamos uma massa adepta fantástica, que acompanha em grande número a equipa a todos os pavilhões e que estará sempre ao lado dos nossos jogadores a apoiá-los e a “levá-los” para a vitória;
    4. Tendo em consideração o esforço dos nossos responsáveis, é com alguma estupefação que vemos noticiados factos supostamente ocorridos (sem que nos tenham pedido o contraditório) tendo por origem elementos ligados à equipa adversária e que passam uma imagem pouco real do que efetivamente aconteceu. Aliás, são falsas as notícias de que houve violência física durante o jogo de ontem, dentro e fora do recinto, o que poderá ser comprovado no vídeo do jogo que temos em nosso poder;
    5. Mais importante que tudo o resto e sendo esta a última vez que o Clube se referirá a este assunto, é de sublinhar o facto do CDC Juventude Pacense estar pelo segundo ano consecutivo nos ¼ de final da Taça de Portugal, depois de um excelente jogo de hóquei em patins contra uma equipa de enorme valia como é a Candelária SC. Refira-se que, tendo uma equipa 100% amadora e com 90% dos jogadores com origem na nossa formação, o CDC Juventude Pacense alinhou no jogo contra a Candelária SC com 3 juniores, o que seguramente valoriza ainda mais esta nossa vitória e demonstra que o futuro da nossa equipa está garantido por muitos e bons anos.

Paços de Ferreira, 16 de Março de 2015

A Direção do CDC Juventude Pacense