a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

quinta , Ago. 11 2022
1

Calendário da Elite Cup ...

quinta , Ago. 11 2022
1

WSE Continental Cup será ...

quarta , Ago. 10 2022
39

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62204

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31072

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25213

Reacções à goleada das ...

sábado , Dez. 20 2014
2192

Está a realizar-se em ...

sexta , Dez. 16 2016
1389

“Poka” e o jogo com o ...

terça , Nov. 04 2014
2793

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

Marc Figa

O jogador Marc Figa atualmente ao serviço do Enrile Pas Alcoy, conseguiu esta 3ª feira o seu passaporte nacional Chileno, e poderá alinhar pelo chile no próximo Mundial de La Roche-sur-Yon em França. O Hispano-Chileno nascido há 26 anos em Girona-Catalunha, irá juntar-se em junho à restante comitiva, quando o plantel liderado por Mauricio Llera se transferir para Barcelona, local onde será feita a última etapa da preparação antes da estreia no Campeonato do Mundo. Marc Figa Rengifo recebeu a nacionalidade por ser filho de pai espanhol e mãe chilena. No seu curriculum o atleta entre outros feitos, foi campeão do mundo com a seleção espanhola de sub-20, num torneio disputado no Chile em 2007. Para Marc Figa conseguir a Nacionalidade Chilena é um motivo de enorme satisfação, dizendo que «o Chile me abriu de novo a possibilidade», pois poderá ajudar um país por quem tem um enorme carinho. O atleta revelou em declarações que a demora na sua nacionalização, se deveu a um item pendente relacionado com a sua mãe. «O seu nome Chileno é Mireya del Carmo Rengifo Aguirre, mas quando veio para Espanha estava inscrito como Mireya Rengifo Aguirre e disseram que deveria de trocar de nome. Esse processo demora algum tempo.»
A sua integração na Seleção Nacional Chilena poderá ser alvo de algumas opiniões contrárias, e em relação a isso Marc Figa comentou: «Compreendo que possa ser complicado para os nascidos no Chile. Eu sou metade Espanhol, metade Chileno. Respeito as origens do meu pai e da minha mãe. Eu amo este desporto, e isso faz-me querer jogar ao máximo nível»

portadafiga

Foto:MarcFigafb