a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

16 Avos de Final da Taça ...

segunda , Jan. 24 2022
25

2.ª Sul- AE Física D ...

segunda , Jan. 24 2022
19

TP- Parede vence ...

segunda , Jan. 24 2022
18

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61645

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30166

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24459

WS Europe Cup- ...

segunda , Out. 25 2021
107

"João Rodrigues compara ...

sexta , Set. 28 2018
1068

CR Setúbal/Alentejo - ...

sexta , Set. 30 2016
1459

3 Cabeleireiro Inicial

Terronia

CDCucujaesvencefica

No seu penúltimo jogo em casa, perante os seus adeptos, o CD Cucujães, conseguiu uma importantíssima vitória, ao derrotar a Juventude Pacense, por 5-4, mantendo assim a equipa de Cucujães na luta pela manutenção, quando ainda estão em disputa nove pontos.
Numa entrada muito equilibrada, onde os guarda-redes das duas equipa negaram as chances de golos, mesmo ao minuto 13 quando Duarte Resende chamado a converter uma grande penalidade, acertou, junto ao solo, no poste direito da baliza de Jorge Mesquita. Mas ao minuto 22 e fruto de uma lance fortuito, a Juventude Pacense chegou a vantagem, após o remate de Luís Costa "Manucho", a embater no poste direito e depois na cabeça de José Martins, e a acabar no fundo das redes cucujanenses, estando, assim, inaugurado o marcador. Este golo abalou a equipa de Carlos Gonçalves, que até ao intervalo, acabou por consentir mais três golos, todos eles apontado pelo melhor marcador da equipa de Paços de Ferreira, Gil Vicente, que com os três golos marcados em Cucujães, completava 45 golos no presente Campeonato da 2ª Divisão Nacional.
O intervalo fez bem à equipa de Carlos Gonçalves, que motivou os seus jogadores para a reviravolta que começou logo a acontecer ao minuto 2 da segunda parte, quando, desta vez, o melhor marcador do CD Cucujães, Miguel Oliveira, fez o primeiro para a equipa da casa. O segundo tento não tardou, e três minutos depois, Duarte Resende não facilitou diante de Mesquita e reduziu para dois golos de diferença. Miguel Oliveira, voltou a aproveitar a facilidades da equipa do norte, e reduziu para a margem mínima, verificando-se um 3-4 ao minuto 8. No minuto seguinte, os árbitros Ricardo Sousa e António Bastos assimilam grande penalidade sobre Tiago Oliveira, e o próprio assumiu a responsabilidade e bateu Mesquita, restabelecendo a igualdade no marcador. Mas o minuto 10, foi o minuto de maior alegria no pavilhão de Cucujães, quando Miguel Oliveira rematou cruzado e colocado, do meio da rua, deixando sem reação Mesquita, completando a reviravolta no marcador. Os quinze minutos que separavam a equipa da vitória foram de muito sacrifício e entrega, onde o guardião do CD Cucujães, José Martins, esteve em alta, negando todas as bolas à equipa adversária.
No próximo fim de semana, o CD Cucujães cumpre um jogo em atraso deslocando-se a Braga, num jogo que se antecipa difícil, mas é encarado como uma final na luta pela manutenção.

Resultados

Classificação

Foto | Fonte: Parceria Blog CD Cucujães - Plurisports