a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Elite Cup- “hat trick” ...

sexta , Set. 20 2019
130

Elite Cup- Oliveirense ...

sexta , Set. 20 2019
199

FC Porto entra com o ...

sexta , Set. 20 2019
133

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
57283

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
25245

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20154

Paulo Freitas: "Vão ter ...

sábado , Jan. 06 2018
577

Hóquei NO Feminino. ...

sexta , Jun. 12 2015
933

HC Portimão vence ...

segunda , Jun. 27 2016
1469

interioresinteriores

EdoeEdo1

O Jornal Record aproveitou a ocasião de Alejandro Edo se ter sagrado Campeão Europeu Sub17, para entrevistar o jovem atleta, que curiosamente é filho do mítico guarda-redes espanhol Juan Edo Bosh. Confira aqui a reportagem lançada pelo conhecido diário desportivo:
«A expressão "filho de peixe sabe nadar" assenta que nem uma luva... nas luvas de Edo Bosch e Alejandro Edo. O filho do guarda-redes do FC Porto, de apenas 14 anos, escolheu vestir as cores de Portugal e defendeu a baliza da equipa nacional de sub-17, recém-sagrada campeã da Europa. Podia ter optado pelo amarelo e vermelho de Espanha, como o pai, mas a escolha foi feita com lucidez. "Sou 100 por cento português e sei que o meu pai fica feliz com as minhas conquistas. Espanha é só para férias", conta-nos Alejandro.
O pai, de facto, não leva a mal. "É com orgulho que o vejo defender a baliza de Portugal. Ele nasceu cá e eu gosto muito deste país. O Porto acolheu-me de uma forma fabulosa e só tenho de agradecer por isso."
O antigo internacional espanhol conta que nunca influenciou Alejandro para jogar à baliza, mas quando viu o filho fazer essa escolha, suspirou de alívio. "Ele queria ser jogador de campo quando começou, mas depois escolheu a baliza. Primeiro disse à mãe e depois contaram-me. Claro que fiquei contente porque na baliza posso ajudá-lo mais." Alejandro explica por que mudou de ideias: "Queria seguir a carreira do meu pai. O trabalho de guarda-redes é solitário, mas eu gosto. Desde pequeno que levo o hóquei muito a sério e quero ser bom, como o meu pai. Mas quero ganhar mais títulos que ele!", atira, em tom de desafio. Edo Bosch sorri: "No outro dia disse-me que já estava a ganhar por 2-0 porque venceu um título europeu e foi chamado à seleção com 14 anos, enquanto eu só fui aos 15..."
O último jogo do Europeu, com a Espanha, o pai Edo não conseguiu ficar no pavilhão até ao fim. "De fora sofre-se muito. No pavilhões às vezes dou por mim a tocar nas pessoas que estão à minha frente com os pés, como se estivesse a defender..."

De volta ao Dragão na baliza dos Sub15
Depois de vários anos no Infante Sagres, Alejandro Edo está de regresso ao FCPorto (onde começou) para defender a baliza do seu escalão, os Sub15. Edo Bosch – que está há 17 anos nos dragões – sabe o que o espera: "Ele agora vai sentir ainda mais a pressão de ganhar. Mas é o momento certo para chegar a este clube." O guardião, de 40 anos, já alertou o filho para as possíveis comparações que possam vir a ser feitas. "Um dos maiores conselhos que lhe dou é que tem de ignorar isso, até porque as bolas que eu defendo não são as bolas que ele vai defender."»

Foto|Fonte: Jornal Record

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva