a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Leoas na Final da Taça ...

sábado , Jul. 02 2022
7

Sub-15- Fase Final- ...

sábado , Jul. 02 2022
8

Sub-19- Fase Final- ...

sábado , Jul. 02 2022
12

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62095

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30890

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25041

Reinaldo Garcia: ...

quarta , Jun. 20 2018
1263

João Santos reforça ...

terça , Jun. 02 2015
2164

AP Coimbra lança ...

segunda , Jul. 28 2014
2956

massagista inicial

SportingCP2015162

O Sporting conquistou hoje o Troféu Francisco Stromp com uma vistosa exibição frente ao Liceo da Corunha, actual vice-campeão de Espanha, tendo conseguido vencer por 3-1. Cacau (dois) e Luís Viana apontaram os golos ‘leoninos’ na partida.
Num dia de festa e com algumas actividades de hóquei e ginástica antes da apresentação oficial, os ‘leões’ entraram com vontade de dar prolongamento à festa e cedo colocaram à prova o guardião Xavier Malian, um dos melhores no primeiro tempo.
Cacau, aos nove minutos, inaugurou o marcador com um desvio oportuno após remate de meia-distância de Ricardo Figueira. Ainda assim, antes e depois do tento, os comandados de Nuno Lopes beneficiaram de flagrantes oportunidades de golo através de transições de 3x2 ou em ataque organizado. Em paralelo, nota para as excelentes indicações do sistema defensivo ‘leonino’ – apoiado no muro do costume, Ângelo Girão – contra um conjunto com nomes como Jordi e Pau Bargalló, Lamas ou Toni Pérez.
De forma injusta para o que se tinha passado durante a maior parte do tempo, e numa fase onde o Sporting rodava todos os jogadores do campo para tentar manter a mesma intensidade de jogo, German Nacevic aproveitou um raro desposicionamento defensivo para conseguir restabelecer o empate a quatro minutos do fim.
A etapa complementar começou com um ritmo mais baixo e com o Liceo a tentar assumir um pouco mais o jogo em termos ofensivos. Os espanhóis ainda beneficiaram de uma grande penalidade aos dez minutos, por suposto corte com o patim de Losna, mas Girão travou o remate de Jordi Bargalló e deu o mote para uma viragem completa na tendência, com os ‘leões’ a recuperarem o comando do jogo e a conseguirem algumas situações de vantagem junto da baliza galega.
Nessa fase, as entradas de Cacau, João Pinto e Viana acabaram por ser preponderantes para o resultado final: primeiro, aos 16 minutos, o internacional português assistiu o brasileiro para o 2-1; quatro minutos depois, foi a vez de Viana finalizar da melhor forma uma transição rápida conduzida por Tuco. Estava feito o 3-1 e o resultado final, mesmo com o Liceo a beneficiar de uma nova grande penalidade que Lamas atirou ao poste, antes de Zé Diogo travar a recarga.
No último teste antes do primeiro troféu oficial da temporada, a Supertaça de Portugal frente ao Benfica, em Aljustrel, o Sporting mostrou que atravessa já um bom momento, não só pelos resultados alcançados na pré-temporada (seis jogos, seis vitórias) mas também pela solidez defensiva e fio de jogo atacante que já consegue demonstrar.

Foto|Fonte: Sporting CP

workshops para rodapé Noticias NailArt