a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

AD Valongo apresentou ...

terça , Jun. 18 2019
1016

OC Barcelos e " Zé Pedro ...

terça , Jun. 18 2019
155

Jorge Correia fica na ...

terça , Jun. 18 2019
127

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56856

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24843

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19818

Veja o golaço de Lucas ...

quarta , maio 02 2018
1419

Sub20 da AA Coimbra ...

domingo , Jan. 24 2016
1314

Pedro Próspero na equipa ...

sexta , Ago. 11 2017
937

interioresinteriores

CDCucujãesconjuntos1

«O Clube Desportivo de Cucujães entrava para esta partida com uma necessidade urgente de conquistar pontos para se manter na Segunda Divisão Nacional da modalidade. Esse querer tornou-se realidade, após a equipa de Carlos Gonçalves ter vencido o CH Carvalhos por 5-4, num jogo onde foi preciso "fazer das tripas, coração".

Para a história fica uma primeira parte muito equilibrada onde a turma cucujanense superou com distinção o ímpeto atacante dos visitantes, conseguindo também colocar a equipa dos Carvalhos em situações de perigo, fruto de boas jogadas de ataque da equipa da casa. Contudo, o CH Carvalhos foi oportuno, e fruto de um cartão azul mostrado a Pedro Costa, pelo árbitro António Gameiro, José Almeida aproveitou da melhor maneira o livre direto, batendo José Martins, inaugurando o marcador, à passagem do minuto 13. Até ao intervalo, o marcador não voltou a sofrer alterações, regressando as equipas aos balneários, com a equipa forasteira a vencer pela margem mínima.

No reatamento da partida, o CD Cucujães entrou em campo com o pensamento que a vitória não poderia fugir nesta jornada, e ao quarto minuto, Miguel Oliveira teve a oportunidade de bater pela primeira vez Pedro Guimarães, mas tal facto não se verificou, pois o melhor marcador cucujanense não foi eficaz na cobrança do livre direto da 10ª falta do CH Carvalhos. Foi então preciso esperar pelo minuto 12 para Duarte Resende aparecer em bom plano para reestabelecer o empate na partida. Contudo, no mesmo minuto, a equipa cucujanense comete a sua décima falta, e novamente diante de José Martins, na marca de livre direto, José Almeida não perdoou e bisou na partida. Mas o CD Cucujães não se dava por vencido, e novamente apareceu Duarte Resende, ao minuto 15, para, num lance de grande confusão, na área de Pedro Guimarães, a colocar a "redondinha" no fundo na baliza do CH Carvalhos, estabelecendo um empate a duas bolas. Mas o melhor ainda estava reservado para o fim. À passagem do minuto 18, o árbitro Hélder Pardal assinala grande penalidade contra o CD Cucujães, após entender que José Martins prendeu a bola, só que esta decisão muito duvidosa acabar por levar a uma assobiadela ao juiz ribatejano. Na conversão, Bruno Moreira não hesitou e voltou a colocar a equipa dos Carvalhos na frente do marcador. Mas no minuto seguinte apareceu o melhor marcador do CD Cucujães, Miguel Oliveira, que numa sticada de raiva, introduziu a bola na baliza dos visitantes, voltando a empatar a partida a três bolas. Ao minuto 21 mais um momento épico protagonizado pelo árbitro da partida Hélder Pardal, que mostrou o cartão azul a José Almeida, quando na verdade quem fez a falta merecedora da cartolina azul foi Bruno Moreira. Na sequência do lance, Duarte Resende apanhou pela frente Pedro Guimarães que impediu que o CD Cucujães se coloca-se pela primeira vez na partida a vencer. Não marcou o Duarte, acabou por bisar Miguel Oliveira que no mesmo minuto levou a pavilhão do CD Cucujães abaixo. A margem alcançada não permitia grandes descansos, e aproveitando uma equipa balanceada para o ataque, numa jogada de perfeito entendimento, Miguel Oliveira, apenas teve de encostar para fazer o 5-3, a um minuto do apito final. No minuto final, Rui Vidal ainda fez o quarto para a equipa dos Carvalhos, que foi insuficiente para os objetivos dos forasteiros, mas que pôs os corações cucujanenses a saltam até ao apito final, onde puderam relaxar depois da primeira vitória na presente temporada.

No próximo sábado, a equipa de Carlos Gonçalves cumpre a 11.ª jornada no Parque das Tílias, diante do Riba D'Ave HC, um dos líderes que entrará em campo de orgulho ferido depois de ter perdido nesta jornada nas Caldas das Taipas, diante do CART por 7-3.»

Resultados e classificação

Foto|Fonte: CD Cucujães

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação