a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

FC Alverca termina com ...

segunda , maio 23 2022
115

Tiago Almeida deve ...

segunda , maio 23 2022
81

Play- Off – Resumo do SC ...

segunda , maio 23 2022
38

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61972

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30705

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24909

Torneio de Encerramento ...

quarta , maio 11 2016
2050

David Nunes reforça ...

sábado , Ago. 29 2015
1709

Sub15 do Académico do ...

domingo , Jul. 02 2017
2459

ventosaterapia

PC131122

Juventude Ouriense – União FE 8-8

O derbi “made in Ribatejo” saldou-se por um empate, num jogo com 16 golos, adrenalina QB, emoção e suspense até ao apito final.
O União entrou melhor na partida chegou ao 2-0, com o Ouriense a reduzir pouco depois. Mas até ao intervalo foi novamente a equipa da cidade ferroviária a marcar, com as duas formações a recolherem aos balneários com o resultado a registar 4-2 para os visitantes.
Resultado que se aceitava, já que o conjunto unionista tinha sido neste primeiro período a melhor equipa em rinque, frente a um Ouriense a apostar muito nas jogadas individuais, mas a esbarrar numa defesa bem orientada.
A segunda metade iniciou-se com mais um golo do União FE, passavam cerca de 5 minutos de jogo, e até aos 10 minutos desta etapa complementar foi o União a marcar chegando ao 7-1. A J. Ouriense mostrava, neste período algumas dificuldades em criar perigo, e quando fazia o guarda redes unionista mostrava-se presente e atento.
Quem assistia ao jogo, certamente pensaria tudo menos que o União esbanjasse tamanha vantagem. Mas foi o que aconteceu. Os dez minutos seguintes foram de loucos, com o Ouriense a chegar ao empate e a colocar-se em vantagem no marcador ao fazer o 8-7. Pavilhão ao rubro, emoção a rodos, nervos à flor da pele, perante um União que de forma inesperada, deixou-se enlear e adormecer perante a fúria de Favinha e companhia.
Mas a equipa unionista respondeu com um golo que ditou o empate a 8 bolas, faltam pouco menos de 3 minutos para terminar a partida. Até ao apito final do árbitro Teófilo Casimiro, oportunidades flagrantes para as duas equipas, mas a bola teimosamente fugiu da linha fatal.
Empate que se acaba por justificar num jogo intenso e que valeu a deslocação de quem teve a oportunidade de assistir in loco a este encontro.
Arbitragem contestada dos dois lados, num jogo que nem sempre foi fácil de dirigir. Muitos nervos dentro e fora de rinque e as peripécias deste encontro acabaram por potenciar ainda mais o desagrado de um lado e outro.
Os golos do Ouriense tiveram a chancela de Gonçalo Favinha (2), Hélder Ferreira (2), Tiago Barreiros (2), Carlos Clemente e Tiago Rodrigues. Do lado do União, Pedro Brazete apontou 4 golos e os restantes foram da autoria de Rui Alves (3) e Francisco “Chiquinho” Maia.

workshops para rodapé Noticias AutoManicura