a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Ângelo Girão- “Estamos ...

sábado , Fev. 27 2021
37

“Hat Trick” de Ângelo ...

sábado , Fev. 27 2021
81

Paulo Freitas- “Podíamos ...

sábado , Fev. 27 2021
56

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60020

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27955

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22321

Alexandre Breda reforça ...

terça , Dez. 09 2014
2521

André Teixeira renova ...

terça , Jul. 17 2018
820

Vítor Hugo Moreira ...

quinta , Jul. 06 2017
1493

2 Barbeiro Março

1c4b0a76 5707 4382 b431 7de18cf03b6f

SC Tomar- GD Sesimbra 6-4

O SC Tomar somou a sua 11.ª vitória consecutiva no presente campeonato, ao bater este sábado o GD Sesimbra por 6-4, em jogo que contou para a 18.ª jornada do nacional da segunda divisão nacional.
Jogo onde a formações leonina partia como favorita e mostrou isso mesmo na maioria do tempo regulamentar, vencendo de forma justa, mas a passar desnecessariamente por “apertos”.
O SC Tomar desde cedo assumiu o protagonismo do jogo, perante um Sesimbra que não se confinava à sua zona defensiva, procurando sempre que podia acercar-se da baliza leonina, mas a ter dificuldades em criado perigo.
O primeiro golo aparece aos 9 minutos por intermédio de Hernâni Diniz e Ivo Silva aumenta para 2-0 aos 15 minutos. O Sesimbra responde poucos segundos depois por Bernardo Pinhal, mas até ao intervalo o SC Tomar marcaria por mais duas vezes. Primeiro por Filipe Vaz, à passagem do minuto 20, e por Ivo Silva, já ao cair do pano para o intervalo.
As equipas recolheram aos balneários segundos depois, e o resultado de 4-1 favorável aos nabantinos era justificado pelo maior pendor atacante, como pelo colectivo que se mostrava superior ao conjunto de Artur Pereira.
E a segunda parte não podia ter começado melhor para o SC Tomar com Filipe Vaz a bisar, logo ao minuto inicial desta etapa complementar, aumentado o placar para 5-1.
O SC Tomar a dominar e com um resultado tranquilo soube gerir o jogo a seu belo prazer, oportunidade então para Nuno Domingues começar a rodar a equipa. Oportunidade de descansar os mais utilizados e dar tempo de jogo aos demais. Pensou bem, mas tudo ia saindo mal.
Não que a culpa fosse só do técnico nabantino, ou dos intervenientes leoninos nessa altura do jogo. O SC Tomar baixou o ritmo a mostrar um jogo incaracterístico, e viveu um sobressalto nos últimos dez minutos de jogo.
Carlos Fonseca reduz de livre directo, a penalizar a 10.ª falta leonina, estavam então decorridos 15 minutos de jogo, e a partir daí foi o “ai jesus” para o técnico tomarense.
O Sesimbra sentiu o “cheiro” da tremideira, e sem nada a perder, arriscou. Pressionou alto, obrigando os jogadores leoninos a errar e perante as indecisões foi reduzindo. Bernardo Pinhal reduz para 5-3 ao minuto quinze e João Silva a pouco mais de três minutos para o final do jogo reduz para 5-4. Período de aflição no banco leonino, porque depois de um jogo pautado desde cedo pela bonança, o risco de empate era latente.
Hernâni Diniz, que se encontrava no banco, entra e a pouco menos de um minuto do fim faz o 6-4 para alívio dos simpatizantes leoninos, numa fase onde o empate poderia ter surgido do nada.
Terminava a partida pouco depois, para alívio do Tomar, e alguma desilusão do banco do Sesimbra que esteve perto de poder fazer uma surpresa em Tomar.
Triunfo que não se discute, perante um Sesimbra destemido e sem pudores, ia pondo em sentido a equipa líder da prova, que adormeceu cedo demais e por pouco não ganhava um pesadelo.

SC Tomar- 99 - Daniel Leal (gr), 4 - João Lomba, 7 - David Costa, 8 - João Pedro Almeida, 9 - Ivo Silva ©,18-Filipe Almeida, 44 - Hernâni Diniz, 74 - Pedro Martins, 96 – Filipe Vaz, 10 - Marco Gaspar (gr)
Treinador: Nuno Domingues

GD Sesimbra- 1 - Alexandre Maricato (gr),2 - Diogo Dias, 4 - Jorge Coelho, 5 - Bruno Fuzeta, 6 - Gonçalo Marcelino, 7 - João Filipe Silva "JoFi", 8 - Luís Pinhal, 9 - Bernardo Pinhal, 66 - Carlos Fonseca "Pica", 10 - Paulo Carapinha (gr)
Treinador: Artur Pereira

Foto- TM FOTO

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeCabelo