a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“Um sonho tornado ...

sexta , Jul. 01 2022
21

Campeões Nacionais de ...

sexta , Jul. 01 2022
20

Fase de Apuramento de ...

sexta , Jul. 01 2022
18

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62092

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30888

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25039

Tiago Godinho pode estar ...

quarta , Mar. 30 2016
2127

HC Turquel protestou ...

quinta , Out. 23 2014
3473

Moçambique- Desportivo ...

sábado , maio 19 2018
1013

massagista inicial

a3

ADJ Vila Pria - Parede FC 5-6

Arrancou este domingo a fase de apuramento nacional da 3ª divisão, com o Parede FC a ir ao Minhota o recinto do ADJ Vila Praia, única formação nos nacionais que ainda não conhecera a derrota.
Perante uma boa moldura humana em Vila Praia onde se destaca pela positiva os cerca de vinte adeptos que viajaram da Parede o jogo foi emotivo com a incerteza no resultado a durar ate ao ultimo segundo.
O triunfo sorriu ao Parede por 6-5.
É caso para dizer que na terceira divisão também há boas equipas de hóquei em patins.
Jogo equilibrado, taco a taco, com as equipas a mostrarem o seu melhor e ambas na busca do triunfo, dando ainda um colorido maior ao jogo. Entrega, e muita vontade num jogo aberto com transições rápidas a proporcionarem situações de golo para ambos os lados.
Foi o Parede a inaugurar o marcador logo ao minuto dois por Diogo Pereira. O Vila Praia procurava o empate mas foi novamente a equipa forssteira a marcar desta feita por Ricardo Rocha.
Perante a desvantagem o treinador Rui Neto pediu um tempo de desconto, alertou os seus jogadores e estes corresponderam logo a seguir empatando o encontro com golos de Rui Araújo e Eduardo João, este de livre directo. Mas ainda antes do intervalo o Parede FC voltaria a ganhar vantagem por intermédio de Simão Lage.
Para a segunda parte a ADJ Vila Praia entrou a pressionar e graças à irreverencia de Telmo Ramos não só fez o empate como colocou os minhotos a vencer por 4-3.
O mesmo jogador depois de ver de forma injusta um cartão azul, voltou a marcar elevando para 5-3.
A resposta do Parede foi imediata com Simão Lage a fazer o 5-4.
Os golos que deram o triunfo ao Parede surgiram já na parte final do encontro, primeiro por Ricardo Rocha de livre directo e no ultimo minuto por Ricardo Lopes.
Uma vitoria do Parede pela forma como defendeu e saiu para o ataque enquanto a derrota para o Vila Praia se deve em grande parte à grande exibição do guarda redes visitante.
Nota pela negativa para a dupla de arbitragem, em especial de Orlando Panza que acabou por o principal protagonista em vez dos jogadores.

Fonte / Foto – www.hoqueiminhoto.blogspot.pt

workshops para rodapé Noticias DepilaçãoaLinha