a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Barcelos canta de Galo

quarta , Nov. 20 2019
136

AD Sanjoanense empata ...

quarta , Nov. 20 2019
154

Braga trava Benfica

quarta , Nov. 20 2019
80

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
57614

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
25538

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20347

Taça de Aveiro/Coimbra ...

sexta , Abr. 27 2018
528

Tiago Azevedo e Diogo ...

quinta , Jun. 25 2015
1205

Riba d'Ave HC e CH ...

terça , Jan. 23 2018
871

interioresinteriores

guillemperez1

Treinador catalão diz-se "muito feliz" por treinar equipa sénior na próxima temporada
Guillem Pérez vai ser treinador do Sporting CP na próxima temporada. O ex-técnico do Vendrell (Espanha), de 34 anos, aceitou o desafio de vir para Alvalade e está muito entusiasmado, mostrando ser conhecedor da grandeza do nosso Clube, pelo qual assinou por duas épocas. "Estou muito, muito feliz. Para mim é algo muito importante, um desafio incrível chegar a um Clube tão grande", afirmou à Sporting TV.
"Vir para Portugal, viver uma experiência assim, é um passo em frente na minha carreira, num Clube tão grande como o Sporting CP”, acrescentou o técnico catalão, que diz conhecer “tudo” sobre o hóquei nacional. “A Liga portuguesa é das melhores que há ou a melhor, acompanho quase todos os jogos e conheço muitos jogadores”, explicou, para elogiar de seguida a aposta forte desta direcção, presidida por Bruno de Carvalho, na modalidade. “Tem tido um crescimento muito rápido, na época passada a equipa ganhou a Taça CERS e a Supertaça, agora é subir e estabelecer-se entre as melhores, ser competitiva e ganhar, ganhar e ganhar", realçou.
Guillem Pérez, que terá como adjunto nesta aventura em Alvalade o Professor João Valente, definiu-se como “um treinador que gosta de jogo ofensivo mas sem esquecer a parte defensiva”. “Organizo bem a equipa, sou próximo dos jogadores e muito sincero com eles. Quero que o jogador se sinta importante, não sou eu o protagonista. Quero partilhar o que sei com todos e também aprender com eles, a minha filosofia passa por ganhar todos os desafios”, adiantou.
Treinador desde os seus 14 anos, o antigo seleccionador espanhol de sub-20 e ex-treinador adjunto da principal equipa nacional do país vizinho é um apaixonado pela modalidade, que praticou como atleta, tendo representando clubes espanhóis como o PHC Sant Cugat, Blanes HC, CP Tordera ou Shum Maçanet.

Fonte- www.sporting.pt

Foto- Jornal “A Bola”

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeSobrancelha