a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

XI Torneio “Cidade de ...

domingo , Abr. 21 2019
29

2.ª D- Empate com ...

domingo , Abr. 21 2019
33

II Norte - Briosa vence ...

domingo , Abr. 21 2019
235

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56589

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24568

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19613

Taça “APL”- Final Four ...

quinta , Jun. 18 2015
1253

Fim de Semana de ...

quinta , Out. 30 2014
2066

Campeonatos Regionais da ...

segunda , Jan. 08 2018
474

DI Q

EleicoesFap12345

«Com 16 votos a favor e quatro contra, o candidato Hirondino Garcia foi eleito hoje, em Luanda, presidente da Federação Angolana de Patinagem (FAP), para o quadriénio 2016/2020.
O líder da Lista B e vice-presidente da lista cessante (substitui Carlos Alberto Jaime “Calabeto”) derrotando Dionísio Viegas (lista A).
Associações e clubes dos círculos eleitorais das províncias de Luanda, Huíla, Namibe, Benguela e Huambo participaram no ato eleitoral num total de 20 votantes.
Depois de percorrerem algumas províncias do país para apresentarem os seus programas às associações, hoje ficou conhecido o sétimo líder da FAP, que tem na presidência da mesa da assembleia José Pedro de Morais.

Hirondino Garcia será coadjuvado por Damásio Caissara.
O vencedor, embora seja uma lista de continuidade, propõe-se nos próximos quatro anos a trabalhar numa gestão mais participativa e apostar nos escalões de formação.
Também defende que os clubes e as Associações devem tomar parte das decisões, prometendo torna-las colegiais e inclusivas, para conseguir uma gestão melhorada da FAP.
Em relação ao acto realizado em Luanda, nas instalações da FAP, a comissão eleitoral presidida por Ilídio Cândido, integrada por João Francisco (secretário), e Eleutério de Almeida (vogal), existiram protestos por parte de lista derrotada, que alega ter enviado um documento de “impugnação” ao Ministério da Juventude e Desportos (MJD), com alegações de “irregularidades” na condução do processo.
O referido grupo, que abandonou a sala antes da votação, era liderado pelo antigo árbitro de futebol Dionísio de Almeida. O ato eleitoral foi acompanhado por um representante do MJD.
Nos últimos 12 anos, a federação foi liderada por Carlos Alberto Jaime " Calabeto" . O novo elenco toma posse esta sexta-feira.»

Foto|Fonte: ANGOP

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeCabelo