a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

HC " Os Tigres " renova ...

domingo , Jun. 23 2019
240

Gustavo Lima permanece ...

domingo , Jun. 23 2019
101

Dinis Abreu ruma ao Riba ...

domingo , Jun. 23 2019
272

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56871

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24858

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19837

Ângelo Girão: ...

domingo , Abr. 08 2018
516

Camp. Nac. Norte – 8.º ...

terça , Abr. 21 2015
835

Óquei de Barcelos tem ...

sábado , Mar. 11 2017
1770

interioresinteriores

15965958 944730958959880 7591397611181240243 n

HC Turquel – SC Tomar 3-1

O “Caldeirão” voltou a vibrar com o triunfo dos “Brutus dos Queixos” no dérbi regional que opôs a equipa de João Simões ao SC Tomar, numa partida onde era imperativo ao conjunto turquelense, vencer, para fugir aos últimos lugares.
Início de jogo de mútuo respeito. Se de um lado estava uma equipa sedenta da vitória, percebia-se também o receio de falhar, do outro lado estava um conjunto que sabia também que jogava frente a uma equipa matreira e que podia surpreender.
O Turquel deu alguma iniciativa ao SC Tomar e estes aproveitaram inaugurando o marcador aos 10 minutos por Ivo Silva a desviar o esférico de “Tuga” após uma defesa incompleta do guardião local. Foi o toque de reunir para os “Brutus dos Queixos” que a partir daí assumiram o risco. Foi uma fase de jogo aberta com oportunidades para os dois lados e aí brilharam os guarda redes que foram anulando uma atrás de outra as excelentes oportunidades que as equipas iam criando. Dois minutos após o golo sofrido o Turquel por intermédio de Vasco Luís desperdiça uma GP e aos 21 minutos é a vez de “Janeka” não conseguir enganar Nuno Peça na marcação de um LD após um Azul mostrado a Paulo Passos.
O golo do empate chegou ao minuto 22 por “Janeka” quando a equipa leonina jogava em inferioridade numérica.
Segunda parte com o Turquel a entrar mais forte e mais feliz, já que Luís Silva logo ao minuto inicial colocou o Turquel pela primeira vez em vantagem, numa seticada frontal e que, nos parece ter sofrido desvio, surpreendendo Nuno Peça.
A partir daí o jogo modificou-se, com o Turquel a recuar um pouco as linhas e a dar a iniciativa aos leões, preservando ao mesmo tempo a magra vantagem que dispunha.
Convidado a assumir o jogo o SC Tomar, vez o seu papel, mas falhou colectivamente. Provavelmente com mais posse de bola, esse aparente domínio não fez grande mossa ao Turquel que defendia bem e não permitia situações de apuro, como acontecera na primeira metade, junto à baliza de “Tuga”.
Muitas iniciativas individuais, e que invariavelmente morriam na “praia”. Ao mesmo tempo a equipa de João Simões apostava nas transições rápidas tentando surpreender o ultimo reduto leonino e também aqui, Nuno Peça atento e a tirar, por algumas vezes o “pão da boca” aos avançados locais.
Luís Silva ao minuto 10 tem oportunidade de ampliar a vantagem mas desperdiça o LD correspondente à 10.ª falta leonina. O mesmo sucede pouco depois por Ivo Silva que não consegue desfeitear “Tuga” na marcação de um LD após a 10.ª falta do Turquel, e que poderia ter dado o empate.
Vasco Luís, decididamente em noite não nas bolas paradas, aos 15 minutos volta a ter oportunidade de marcar mas não consegue enganar Nuno Peça aquando da marcação de um LD correspondente à 15.ª falta leonina.
A dois minutos do final, Ivo Silva vê Azul, por pretensa agressão a “Xanoca”, com o jogo parado, decisão muito contestada pelos leões, que ficaram em inferioridade para os últimos minutos do encontro.
O golo da tranquilidade dos “Brutus dos Queixos” aparece já nos segundos finais do jogo, de grande penalidade, com André Pimenta a não desperdiçar a oportunidade para fechar a contagem e garantir os três pontos para o HC Turquel.
Triunfo que se aceita, com o HC Turquel a mostrar mais maturidade em muitos períodos do jogo perante um SC Tomar que lutou, é certo, mas mostrou muita incoerência no seu jogo, que colectivamente foi “bola”.
O HC Turquel com este triunfo subiu ao 10.º lugar, agora com 10 pontos, com o SC Tomar a baixar ao nono posto, com 12 pontos.

Foto – Carmo Santos

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeSobrancelha