a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Resumo do jogo ...

domingo , Mar. 24 2019
177

Turquel e Juv Viana ...

domingo , Mar. 24 2019
59

Ivo Silva reage ao ...

domingo , Mar. 24 2019
495

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56493

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24479

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19558

Convocatória Seleção ...

quinta , Jan. 29 2015
1631

João Mendes reforça ...

terça , Jul. 18 2017
1989

Torneio Abertura APL- ...

segunda , Set. 18 2017
707

Tui Na

EdoBoschViana12345

O Jornal "O Jogo" dá hoje destaque a Edo Bosch, que deverá terminar carreira no final da temporada, referindo-se ao "abandono de um gigante do hóquei em patins está para breve. Um dos obreiros do deva portista, atualmente a jogar no Viana, tomou a decisão mais dificil a poucos meses de completar 42 anos."

«Edo Bosch, guarda-redes do Juventude de Viana, está a cinco jogos do fim da carreira. O jogador, que ficará eternamente ligado ao inédito deca do FC Porto, conquistado entre 2001/02 e 2010/11, vai arrumar luvas, patins e capacete, encerrando uma brilhante carreira que conta 13 campeonatos, sete Taças de Portugal e Supertaças (FC Porto) e uma Taça CERS (Noia). 
A decisão, por motivos pessoais, chega após um ano a defender as cores do Viana, para onde se transferiu quando deixou o Dragão acompanhado por Renato Garrido, técnico dos minhotos que, como adjunto de Franklim Pais, também participou nos dez títulos consecutivos.
Na altura de se despedir dos azuis e brancos, dos quais fez parte desde finais da década de 90, equacionou o abandono, mas, impulsionado por um novo desafio, prolongou por mais uma época uma carreira que conta duas décadas de grandes exibições e que fizeram de Bosch um dos melhores de sempre. Ao hóquei nacional trouxe uma nova forma de defender que permitia ao FC Porto um jogo de ataque destemido e que acabaria por marcar as novas gerações de guarda-redes que o apontam como referência, caso de André Girão, guarda-redes do Sporting, que já o disse em diversas entrevistas.
Deixar de ver Edo Bosch na baliza pode ser algo dificil de interiorizar, mas está prestes a concretizar-se. Ao Juventude deViana, sexto classificado, restam cinco jornadas - Turquel (fora), Tomar (casa), Valença (fora), Candelária (casa), Paço de Arcos (fora) - e será precisamente em Paço de Arcos que Bosch se despede das pistas. No futuro, uma eventual colaboração com a equipa técnica do Viana não está descartada, mas Edo Bosch, que em setembro cumpre 42 anos, pretende visitar periodicamente Barcelona, onde jogará o filho Xano Edo. O guardião vai deixar saudades aos amantes do hóquei.»

Fonte: Jornal "O Jogo" | Foto: Facebook Edo Bosch - By Sonia Pinto

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva