a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Entrevistas

À conversa com Sergi ...
SergiPunset
Foto CS Candelária - Serig Punset Estivemos à conversa ...
Ler
À conversa com João ...
JoaolealGulpilhares
Foto Facebook ACD Gulpilhares Estivemos à conversa com ...
Ler
À conversa com Miguel ...
MiguelFreitas
Miguel Freitas esteve à conversa com a Plurisports e falou ...
Ler
À conversa com Diogo ...
DiogoFernandes
Estivemos à conversa com o jovem guarda-redes Diogo ...
Ler
À conversa com André Gil
AndreGilFisica
Estivemos à conversa com o treinador da AE Física, André ...
Ler
À Conversa com João Costa
João Costa
João Costa esteve à conversa com a Plurisports e falou da ...
Ler
  • Hot
  • Top
  • Outras

Grândola soma o primeiro ...

domingo , Nov. 19 2017
37

Paulo Freitas: "É uma ...

domingo , Nov. 19 2017
137

2.ª Div. Norte: ...

domingo , Nov. 19 2017
245

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
22339

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
17739

Saiba quais os 10 ...

sexta , Ago. 19 2016
13293

Fase Final do CN ...

quinta , Fev. 18 2016
599

Pedro Nunes - “Estamos ...

sexta , Mar. 03 2017
434

Bruno e Roberto Di ...

sexta , Abr. 28 2017
1322

Portucale

img 770x4332017 06 17 22 20 20 1278711

Paulo Freitas sublinha o sofrimento que a equipa leonina teve de aprender a ultrapassar para conseguir tão importante vitória fora de portas
O treinador da equipa principal de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal, Paulo Freitas, não quis comentar as críticas lançadas à arbitragem pelo seu homólogo vianense, Renato Garrido, mas deixou apenas um alerta: "Vou só lembrar toda a gente que o segundo golo da Juventude de Viana resulta da 10.ª falta da equipa, que transformaram numa simulação. Sobre a arbitragem, não digo mais nada. No resto, estou muito satisfeito com o rendimento dos meus jogadores. Este é um pavilhão tremendamente difícil, de uma boa equipa, muito bem orientada, com um público fantástico à sua volta, mas hoje também tivemos um massa de adeptos maravilhosa que nos apoiou muito. Os campeões fazem-se com estes jogos, com este sofrimento. Sabíamos das dificuldades e aquilo que assumimos foi que iríamos ganhar o jogo na bola parada. Não foi na bola parada que daria a 10.ª falta, mas foi noutra, traduzida em penálti. Era isto que idealizava para esta fase da época, agora é preciso recuperar os jogadores, fazer uma viagem relaxada até Lisboa e já estamos a pensar no próximo jogo. O caminho é este: pensar sempre no próximo, querendo mais e melhor", comentou na zona de entrevistas rápidas, no final do encontro, à TVI24.

Fonte – Sporting CP * Foto - Jornal "Record"

workshops para rodapé Noticias DepilaçãoaLinha