a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

quinta , Ago. 11 2022
53

Calendário da Elite Cup ...

quinta , Ago. 11 2022
79

WSE Continental Cup será ...

quarta , Ago. 10 2022
62

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62217

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31085

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25228

II D - Limianos e Marco ...

sábado , Out. 07 2017
1317

João Silva e Carlos ...

terça , Jul. 07 2015
2093

Tiago Ferreira: “O ...

domingo , Set. 30 2018
1474

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

img 770x4332017 11 30 23 45 44 1339832

O Benfica entra amanhã (20 horas), no Pavilhão Fidelidade, na Luz, em desvantagem na 2ª mão da pré-eliminatória da Liga Europeia frente às espanholas do Plegamans, depois de ter perdido a 1ª por 1-0, na visita ao país vizinho. A passagem aos quartos-de-final está à distância de dois golos e a estrela das águias, Marlene Sousa, mostrou não faltar confiança ao balneário benfiquista.
"A desvantagem que temos é demasiado curta e está perfeitamente ao nosso alcance. Vamos fazer de tudo para passar e sei que o vamos conseguir. Temos de procurar o golo seja de que maneira for, evitando sempre alguma precipitação", anteviu a Record a jovem de 22 anos, esperando ter o apoio dos adeptos para a equipa alcançar "uma grande vitória". "Eles fazem parte do espetáculo e contamos com toda a gente amanhã. Jogar com palavras de apoio vindas da bancada é sempre diferente, sentes uma motivação muito maior. Os adeptos não vão defraudar e vão criar um ambiente difícil para as espanholas", disse, admitindo que a cultura do desporto feminino ainda não está muito enraizada em Portugal.
"Comparando com o masculino, há alguma diferença de mentalidades em relação ao desporto feminino, mas sei que irá melhorar. No Benfica não nos podemos lamentar, os adeptos dizem sempre ‘presente’", referiu.
As pentacampeãs nacionais acreditam que a caminhada de 2015 – onde o Benfica se tornou no primeiro campeão europeu português feminino – tem francas possibilidades de ser repetida e Marlene não se inibe em dizer que a Liga Europeia está entre os objetivos. "Nesse ano, fizemos história e podemos repetir o feito, queremos vencer tudo", rematou.

Foto|Fonte: Jornal "Record" - Autor: Daniel Monteiro

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeCabelo