a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Barcelos canta de Galo

quarta , Nov. 20 2019
25

AD Sanjoanense empata ...

quarta , Nov. 20 2019
29

Braga trava Benfica

quarta , Nov. 20 2019
15

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
57608

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
25534

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20345

SL Benfica venceu UDO e ...

sábado , Mar. 12 2016
1231

Resumo 1.ª Div. 20.ª ...

sexta , Abr. 08 2016
1002

João Lima: “No FC Porto, ...

terça , Nov. 01 2016
1605

interioresinteriores

img 770x4332017 06 17 22 20 20 1278711

«Paulo Freitas elogiou o ambiente vivido na recepção ao rival e explica como os adeptos empurraram a equipa em diversos momentos do encontro

O treinador da equipa principal de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal, Paulo Freitas, comentou assim as incidência do dérbi da modalidade, que teve lugar ao final desta tarde de sábado, no Pavilhão João Rocha: “Teve tudo, só faltou mesmo ganhar. Ambiente fantástico e já agradeci aos adeptos que nos empurraram em vários momentos do jogo. Grande Sporting, grande Benfica, com conhecimento mútuo por parte dos técnicos e com componente táctica. Conhecemo-nos bem. Foi um dérbi com emoção, golos, a minha equipa com uma capacidade fantástica de reagir à adversidade do golo sofrido. Depois, o momento do jogo: não concretizámos a bola parada que daria o quarto golo e no seguimento sofremos o segundo. Foi um dérbi que teve isto tudo".

O técnico leonino expicou ainda que não houve qualquer tipo de gestão do resultado. "Fizemos o que o Benfica faria se tivesse a ganhar por dois golos. Obrigámos o adversário a fazer deslocações mais largas para ganharmos mais espaço na pista. Tentámos fazê-lo. Não por gestão, pois íamos na mesma para a baliza. Nunca sentimos que já tínhamos o jogo ganho porque com equipas deste nível nunca se pode pensar isso. O que nos faltou? Marcar mais um golo e continuar no registo mais acentuado na defesa como tínhamos feito. A forma como sofremos o 2.º, não devia ter acontecido. Não olhamos para a classificação. Actuamos nas causas e as causas são os jogos. Já temos a agulha virada para Itália para assegurarmos já a presença na fase seguinte da Liga Europeia", rematou.»

Foto|fonte: Sporting CP 

workshops para rodapé Noticias DepilaçãoaLinha