a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CNF- Zona Sul- Turquel ...

quinta , Out. 06 2022
14

CNF- Zona Centro- ...

quinta , Out. 06 2022
7

Liga Placard- Resumo GRF ...

quinta , Out. 06 2022
18

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62510

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31376

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25404

Renato Garrido: “O jogo ...

quarta , Nov. 09 2016
1697

“Europe Cup” – 3 equipas ...

sexta , Jan. 18 2019
1139

Cacau- “Sabemos do nosso ...

quinta , Abr. 26 2018
1483

1 9 Cabeleireiro unissexo 3 Outubro

FilipeSantos

Veja o golo aqui

«Filipe Santos recorda o “golaço” ao Follonica, que este sábado venceu no Dragão o Follonica por 7-4 em jogo da quarta jornada da Liga Europeia

Estávamos em 2006/07: o FC Porto hexacampeão em hóquei em patins, “deca” quatro épocas depois, recebia o Follonica, bicampeão italiano, para a fase de grupos da Liga Europeia, e vencia por uns concludentes 5-1. O melhor daquele jogo estava guardado para o fim quando, a 42 segundos de a buzina soar pela última vez, Filipe Santos “bisou” com um “golaço” que fez levantar o Pavilhão Municipal de Fânzeres: o capitão passou com toda a classe por um adversário e, depois de ludibriar outros dois, desferiu um remate forte e colocado sem a mínima hipótese para o guarda-redes.

“Está na galeria dos meus melhores golos da carreira”, confessa o antigo número dois portista ao www.fcporto.pt para, logo a seguir, lembrar que a equipa do Follonica de hoje nada tem a ver com a daquele tempo, que tinha no plantel os irmãos Alessandro e Mirko Bertolucci, Alessandro e Alberto Michielo e ainda os portugueses Guilherme e Sérgio Silva, e que se tinha sagrado campeã europeia na época anterior.

Foi, aliás, em 2005/06 que as duas equipas se encontraram pela primeira vez nas competições europeias, tendo disputado três jogos: na fase de grupos, o Follonica levou a melhor, empatando em Fânzeres (4-4) e ganhando em Itália (3-2); depois venceu por 9-4 na final four, em Torres Vedras, onde conquistaria o maior troféu que ostenta no palmarés.

O histórico de duelos com a equipa da região da Toscana inclui ainda outros dois jogos, mais recentes, disputados em 2009/10, a contar para o playoff de acesso à final six da Liga Europeia. E aí o FC Porto foi mais forte: venceu por 6-4 no Palazzetto Armeni e por 5-2 no então recém-inaugurado Dragão Caixa (pode rever no vídeo abaixo o resumo desse jogo em que Filipe Santos também marcou).

Menos de oito anos depois, o Follonica regressa ao pavilhão portista numa fase menos brilhante da história, depois de ter dominado o hóquei italiano e até europeu durante a primeira década do século XXI. Na época passada foi quarto classificado da Serie A e nesta segue na sexta posição, com 24 pontos somados em 15 jornadas. No grupo B da Liga Europeia ocupa o segundo lugar.»

Veja o resumo

Foto|fonte: FC Porto

workshops para rodapé Noticias AutoManicura