a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª D- Resumo do CD Paço ...

sexta , Jan. 28 2022
17

Fim de semana de jogos ...

sexta , Jan. 28 2022
15

FPP- Nomeações de 28 ...

sexta , Jan. 28 2022
20

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61651

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30174

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24466

2.ª D- Sul- Leões ...

domingo , Fev. 28 2016
1898

Sergi Miras com proposta ...

quarta , Jan. 23 2019
1833

Convocatória da Seleção ...

sexta , Mar. 09 2018
1268

3 cabeleireiro inicial

Terronia

P1013656

SC Tomar – CD Paço Arcos 4-1

O SC Tomar recebeu e venceu este sábado o CD Paço de Arcos por 4-1 em jogo que encerrou a 1.ª volta do nacional da 1.ª divisão.
Partida onde a formação leonina entrava como favorita, até pelos resultados obtidos nas ultimas jornadas, em particular no seu reduto, mas a encontrar um Paço Arcos, intenso e matreiro à procura de roubar pontos na cidade do nabão.
Primeira parte de equilíbrio, embora com o SC Tomar a ter mais posse de bola perante um Paço Arcos expectante e na procura de um erro na defesa contrária.
Com as defesas a superiorizarem-se aos ataques foi Rui Pereira a quebrar o nulo numa jogada de oportunidade após uma defesa de Diogo Alves, corria o minuto 12. Até ao intervalo foi a formação leonina a ser mais perigosa mas Diogo Almeida a segurar a vantagem mínima.
O SC Tomar entrou na etapa complementar mais pressionante mas o Paço de Arcos muito atento não foi permitindo veleidades à equipa da casa. Mas o conjunto leonino tanto porfiou que acabaria por chegar ao empate numa jogada de insistência e onde Ivo Silva foi mais rápido que a defesa da linha, estavam então decorridos 10 minutos deste período.
O golo motivou ainda mais a formação do SC Tomar e três minutos depois é João Lomba a não perdoar após passe de Pedro Martins a colocar o SC Tomar pela primeira vez na frente do marcador.
O Paço Arcos teve que mudar o seu estilo de jogo, abriu mais espaços, perante um SC Tomar a manter-se em ritmo alto e a procurar o golo da tranquilidade. Mais velocidade no jogo acabou por ser sinónimo de mais faltas, e aí a equipa lisboeta a ser mais penalizada. Aos 15 minutos Paulo Passos não consegue converter o LD a penalizar a 10.ª falta do CDPA mas João Sardo pouco depois faz o 3-1 na conversão de um LD após um Azul mostrado a Nelson Ribeiro.
Uma vantagem aparentemente tranquilizadora, mas a equipa de Luís Duarte nunca baixou os braços obrigando o SC Tomar a atenções redobradas.
O Paço de Arcos a perder procurou a bola, defendendo quase a campo inteiro, e com isso mais propenso a fazer faltas. Foi sem surpresas que a 15.ª falta da formação forasteira apareceu e João Sardo, mais uma vez, chamado a marcar, não perdoou na cara de Diogo Almeida, fazendo o 4-1, faltavam então pouco menos de dois minutos para a conclusão da partida.
A equipa de Nuno Domingues ainda teve oportunidade soberana de aumentar o score, na conversão de um LD, após um Azul mostrado a André Centeno ( que nos pareceu demasiado rigoroso), mas o capitão leonino, Ivo Silva a não conseguir enganar “Matraco” que substituiu Diogo Almeida (que levou Azul por palavras, após a admoestação ao CA a André Centeno).
Triunfo do SC Tomar justo numa partida onde a formação ribatejana mostrou mais argumentos ao longo dos 50 minutos perante um Paço de Arcos abnegado, com “ganas”, é certo, mas a mostrar dificuldades, em particular nas transições atacantes.
Após esta jornada 13, o SC Tomar soma 18 pontos, enquanto o Paço Arcos vai mantendo os 8 pontos.

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação